Show simple item record

dc.contributor.authorTorrealba, Mercedes Nohely Rodriguez, 1994-pt_BR
dc.contributor.otherMercês, Nen Nalú Alves das, 1962-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagempt_BR
dc.date.accessioned2021-08-13T13:03:53Z
dc.date.available2021-08-13T13:03:53Z
dc.date.issued2021pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/71494
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Nen Nalú Alves das Mercêspt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Defesa : Curitiba, 12/02/2021pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 94-112pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Prática Profissional de Enfermagempt_BR
dc.description.abstractResumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a esperança e a depressão maior em pacientes com câncer de cabeça e pescoço em tratamento quimioterápico e/ou radioterápico. Trata-se de um estudo de natureza quantitativa, do tipo observacional e analítico, vinculado a um projeto maior denominado: construindo processos de cuidado na interface do cuidar em situações de enfermidade grave, da linha de pesquisa de Processo de Cuidar em Saúde e Enfermagem, conduzido no ambulatório do Serviço de Cabeça e Pescoço, de um hospital oncológico situado na cidade de Curitiba, Paraná, Brasil. A amostra por conveniência foi composta por 60 pacientes com câncer de cabeça e pescoço em tratamento quimioterápico e/ou radioterápico. A coleta de dados ocorreu entre maio e setembro de 2020, com a aplicação de questionário sociodemográfico e clínico elaborado pela autora, Patient Health Questionnaire-9, para avaliar a depressão maior e a Escala de Esperança de Hert. Utilizou-se para analisar os dados a estatística descritiva, teste não paramétrico de Mann-Whitney, Kruskal-Wallis e a Correlação de Spearman. Os resultados mostraram que 61,7% dos pacientes eram do sexo masculino, com idade variando de 34 a 80 anos; diagnóstico de câncer localizado na cavidade oral (53,3%), laringe (33,3%), orofaringe (5,0%) orofaringe e nasofaringe (8,3%); 28,3% relataram ter histórico de depressão. Na análise de correlação dos escores do Patient Health Questionnaire-9 com o sexo, obteve-se média de 7,7±6,2 com nível maior de depressão nas mulheres do que nos homens. A média do escore de esperança no sexo masculino foi de 41,6±2,4 e no sexo feminino 40,8±4,0, não apresentando significância estatística nesta correlação (p=0,662). Entretanto, durante a pandemia, 35% (n=21) dos participantes manifestaram sentimentos de angústia, ansiedade e medo, sendo este último predominante; ao associar o escore do Patient Health Questionnaire-9 com estes sentimentos, obteve-se média de 8,2±6,2 (p= 0,123). Houve significância estatística entre esperança e o número de filhos (p=0,034), verificou-se que os participantes com três filhos ou mais, obtiveram maior escore de esperança. Na associação das variáveis escolaridade com o escore do Patient Health Questionnaire-9, observou-se que a maior depressão estava presente nos participantes com maior nível de escolaridade, obtendo o valor de significância de p= 0,019. Conclui-se que a utilização de ferramentas que mensurem os níveis de esperança do paciente em tratamento quimioterápico e/ou radioterápico, fornecem as profissionais de saúde suporte para a implementação de ações direcionadas para o enfrentamento da doença e minimização de sintomas depressivos dessa população.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The objective of this study was to evaluate hope and major depression in patients with head and neck cancer undergoing chemotherapy and/or radiation therapy. This is a quantitative, observational and analytical study, linked to a larger project called: building care processes at the interface of care in situations of serious illness, from the research line of the Care Process in Health and Nursing, conducted at the Head and Neck Service outpatient clinic of an oncology hospital located in the city of Curitiba, Paraná, Brazil. The convenience sample consisted of 60 patients with head and neck cancer undergoing chemotherapy and / or radiotherapy. Data collection took place between May and September 2020, with the application of a sociodemographic and clinical questionnaire prepared by the author, Patient Health Questionnaire-9, to assess major depression and the Hert Hope Scale. Descriptive statistics, non-parametric Mann-Whitney test, Kruskal-Wallis and Spearman's correlation were used to analyze the data. The results showed that 61.7% of the patients were male, with ages varying from 34 to 80 years old; diagnosis of cancer located in the oral cavity (53.3%), larynx (33.3%), oropharynx (5.0%) oropharynx and nasopharynx (8.3%); 28.3% reported having a history of depression. In the correlation analysis of the Patient Health Questionnaire-9 scores with sex, an average of 7.7 ± 6.2 was obtained with a higher level of depression in women than in men. The average hope score in males was 41.6 ± 2.4 and in females 40.8 ± 4.0, with no statistical significance in this correlation (p = 0.662). However, during the pandemic, 35% (n = 21) of the participants expressed feelings of anguish, anxiety and fear, being fear one of the predominant feelings expressed when associating the score of the patient health questionnaire-9; Obtaining an average of 8.2 + 6.2 (p= 0.123). There was statistical significance between hope and the number of children (p = 0.034), it was found that the participants with three children or more, obtained a higher hope score. In the association of the education variables with the score of the Patient Health Questionnaire-9,it was observed that larger sings of depresion were found in the participants with a higher level of education, obtaining the significant value of p = 0.019. It is concluded that the use of tools that measure the patient's hope levels in chemotherapy and / or radiotherapy treatment, provide health professionals with support for the implementation of actions aimed at coping with the disease and minimizing depressive symptoms in this population.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (123 p.) : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectPescoço - Doençaspt_BR
dc.subjectTumores de cabeça e pescoçopt_BR
dc.subjectEsperançapt_BR
dc.subjectDepressãopt_BR
dc.subjectTratamento farmacológicopt_BR
dc.subjectInfecções por coronavíruspt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.titleEsperança e depressão em pacientes com câncer de cabeça e pescoçopt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record