Show simple item record

dc.contributor.authorAnjos, Rodolfo Cabral dos, 1994-pt_BR
dc.contributor.otherCalazans, Veronica Ferreira Bahr, 1979-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Filosofiapt_BR
dc.date.accessioned2020-09-29T21:29:59Z
dc.date.available2020-09-29T21:29:59Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/68020
dc.descriptionOrientadora: Prof.a. Dra. Verônica Ferreira Bahr Calazanspt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Filosofia. Defesa : Curitiba, 04/03/2020pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 94-97pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta dissertação é o resultado da pesquisa que desenvolvemos durante o curso Mestrado Profissional em Filosofia, na linha de pesquisa filosofia e ensino, para a obtenção do grau de mestre. O objetivo geral deste trabalho é analisar as potencialidades presentes na teoria habermasiana do agir comunicativo de promover um ensino emancipatório de filosofia. Este, diferentemente da proposta idealista kantiana, centrada nos imperativos categóricos e apriori do sujeito, propõe-se a posteriori, por via dialógica, levar a um consenso racionalmente motivado. Participaram desta pesquisa, em sua aplicação prática, 28 (vinte e oito) alunos entre 17 e 18 anos, que compunham uma turma de terceiro ano, do curso de educação profissional técnica de nível médio da UTFPR. Recorremos a questionários e entrevistas com grupos focais antes e depois da nossa intervenção prática, a fim de conseguirmos mensurar a nossa hipótese, a saber: o quanto a teoria habermasiana, seja enquanto referencial teórico presente no currículo, seja enquanto teoria que ilumina a prática docente, auxilia em uma maior autonomia ante uma percepção crítica da sociedade. Percebemos, com a ajuda de critérios pré-estabelecidos, que o apelo provocado por uma racionalidade comunicativa nos moldes habermasianos nos alunos amplia tanto quantitativamente, quanto e sobretudo qualitativamente a sua formação da vontade e consequentemente, dando-lhes mais autonomia de análise e posicionamento. Aqui pretende-se apontar para novas possibilidades de abordar a relação ensino/aprendizagem e emancipação, partindo de uma racionalidade comunicativa, e não encerrar um debate que ecoa no horizonte do ensino de filosofia no Brasil há tantos anos. Palavras-chave: Agir Comunicativo. Emancipação. Ensino de filosofia.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This dissertation is the result of the research that we have developed during the Professional Masters in philosophy, in the "philosophy and teaching" research line, in order to accomplish the master's degree. The main objective of this work in to analyze the potentialities which are in the habermasian theory of communicative action in promoting an emancipatory philosophy teaching. This one, differently from Kant's Idealism's proposal, centered on categorical imperatives and the subject's a priori, proposes itself a posteriori, through dialogical way, to take to a rationally motivated consensus. Twenty-eight (28) between 17 and 18 year old students, that were part of a third grade high school at the course of professional technical education of UTFPR, have participated at this research. We have made use of questionnaires and interviews with focalized groups before and after our practical intervention, in order to be able to measure our hypothesis, which is: how much the Habermasian theory, either as theoretical reference present in the curriculum, or as theory that illuminates the teaching practice, helps to achieve a bigger autonomy before a critical perception of the society. We have realized, with the aid of pre-established criteria, that the provoked call for a communicative rationality on the students along the lines of Habermas enlarges, both quantitatively and mainly qualitatively, its will-formation and, consequently, providing them more analysis and positioning autonomy. It's intended here to point to new possibilities of approaching the teaching/learning and emancipation relationship, starting from a communicative rationality, and not finishing a debate that echoes in the horizon of the philosophy teaching in Brazil for so many years. Keywords: Communicative action. Emancipation. Philosophy teaching.pt_BR
dc.format.extent129 p. : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectHabermas, Jurgen, 1929 - Crítica e interpretaçãopt_BR
dc.subjectFilosofiapt_BR
dc.titleTeoria do agir comunicativo e novas perspectivas de ensino/aprendizagem : filosofia e emancipação no ensino médio técnicopt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record