Show simple item record

dc.contributor.advisorKlitzke, Ricardo Jorge, 1964-pt_BR
dc.contributor.authorLoiola, Pedro Lício, 1988-pt_BR
dc.contributor.otherRocha, Márcio Pereira da, 1965-pt_BR
dc.contributor.otherVidaurre, Graziela Baptistapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2022-05-10T18:28:05Z
dc.date.available2022-05-10T18:28:05Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/66151
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Ricardo Jorge Klitzkept_BR
dc.descriptionCoorientadores: Prof. Dr. Márcio Pereira da Rocha, Profª. Dra. Graziela Baptista Vidaurrept_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa : Curitiba, 26/11/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Tecnologia e Utilização de Produtos Florestaispt_BR
dc.description.abstractResumo: Este estudo visou fornecer subsídios técnicos sobre o comportamento da secagem de três espécies de pinus tropicais, sendo utilizada duas metodologias para a secagem em estufa convencional e três para a secagem em alta temperatura, sendo avaliada a taxa de secagem e a qualidade da madeira seca. Portanto, para a construção deste trabalho, foram desenvolvidos três capítulos que abordaram sobre: 1) Propriedades físicas das madeiras de Pinus caribaea var. caribaea, Pinus caribaea var. hondurensis e Pinus oocarpa; 2) Secagem convencional da madeira de Pinus caribaea var. caribaea, Pinus caribaea var. hondurensis e Pinus oocarpa para produção de lápis e 3) Secagem em alta temperatura da madeira de Pinus caribaea var. caribaea, Pinus caribaea var. hondurensis e Pinus oocarpa para a produção de lápis. O Capítulo 1, teve por objetivo investigar as propriedades físicas da madeira de três espécies de Pinus para a manufatura de lápis. Para tanto, foram avaliadas as propriedades físicas (massa específica básica, anidra e verde), assim como, as características de estabilidade dimensional da madeira. O Capítulo 2, teve por objetivo avaliar a qualidade da madeira seca pelo método de secagem em estufa convencional, sob seus aspectos qualitativos de ocorrência de empenamentos de três espécies de Pinus para a manufatura de lápis. Foram avaliados os parâmetros de taxa de secagem, tempo de secagem, contração da madeira e a qualidade da madeira seca. O Capítulo 3 teve por objetivo avaliar a qualidade da madeira seca pelo método de secagem em altas temperaturas, sob seus aspectos qualitativos de ocorrência de empenamentos duas espécies de Pinus para a manufatura de lápis. Foram avaliadas três temperaturas máximas de secagem (90; 135 e 165 ºC), os parâmetros de taxa de secagem, tempo de secagem e a qualidade da madeira seca também foram mensurados. As espécies de pinus tropicais possuem baixas massas específicas, as quais, enquadram-se como madeiras leves. Para a secagem em estufa convencional as madeiras com 40 mm de espessura tiveram os melhores resultados para a incidência de empenamentos. Já na secagem em alta temperatura, independente da temperatura houve incidência de empenamentos na madeira.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This study aimed to provide technical subsidies for the drying behavior of three species of Pinus, focusing on two ones for drying in conventional kiln and three methodologies for drying at high temperatures. Thus, for the development of this work, three chapters were developed that focused on: 1) Physical properties of Pinus caribaea var caribaea, Pinus caribaea var. hondurensis and Pinus oocarpa woods; 2) Conventional drying of Pinus caribaea var caribaea, Pinus caribaea var. hondurensis and Pinus oocarpa for pencil production 3) Drying at high temperatures of Pinus caribaea var caribaea, Pinus caribaea var. hondurensis and Pinus oocarpa for pencil production. The purpose of Chapter 1 was to investigate the physical properties of wood from three Pinus species for the manufacture of pencils. For that, the physical properties (basic specific gravity, anhydrous and green), were evaluated, as well as the dimensional stability characteristics of the wood. The objective of Chapter 2 was to evaluate the quality of dry wood by the conventional kiln drying method, under its qualitative aspects of the occurrence of warping in three species of Pinus for the manufacture of pencils. The parameters of drying rate, drying time, wood retraction and dry wood quality were evaluated. The aim of Chapter 3 was to evaluate the quality of dry wood by the drying method at high temperatures, under its qualitative aspects of occurrence of warping in three Pinus species for the manufacture of pencils. Three maximum drying temperatures (90; 135 and 165°C) were evaluated. The parameters of drying rate, drying time and dry wood quality were also measured. The species of tropical Pinus have low specific mass, being classified as light woods. For conventional kiln drying the wood with 40 mm thickness had the best quality indexes. Drying at high temperatures, regardless of temperature, presented incidences of wood entanglement.pt_BR
dc.format.extent1 recurso online : PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectMadeira - Secagempt_BR
dc.subjectMadeira - Qualidadept_BR
dc.subjectPinheiropt_BR
dc.subjectMadeira - Produtospt_BR
dc.subjectRecursos Florestais e Engenharia Florestalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleQualidade da madeira de espécies de pinus tropicais para a produção de lápispt_BR
dc.typeTese Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record