Show simple item record

dc.contributor.advisorLobo, Lúcio Souza, 1965-pt_BR
dc.contributor.authorLuz Neto, João Pedropt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Filosofiapt_BR
dc.date.accessioned2019-10-18T13:27:14Z
dc.date.available2019-10-18T13:27:14Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/62214
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Lúcio Souza Lobopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Filosofia. Defesa : Curitiba, 14/02/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 86-90pt_BR
dc.description.abstractResumo: Este trabalho discorre sobre a resposta formulada pelo filósofo medieval Pedro Abelardo (1079-1142) à questão dos universais, a partir do seu livro Logica Ingredientibus. A questão, que se iniciou no medievo a partir da Isagoge de Porfírio, discute sobre a natureza dos universais e suscitou diferentes respostas ao longo do tempo. Considerando como hipótese o deslocamento do eixo ontológico para o lógico-semântico realizado pelo filósofo, o texto desta dissertação que segue fará uma exposição analítica da Logica Ingredientibus. Após investigados os argumentos contrários às teorias de Guilherme de Champeaux (tanto a Teoria da Essência Material quanto as teorias da indiferença) e favoráveis à tese da significação, conclui-se que Abelardo postula uma tríplice significação para os universais (real, intelectual e imaginária), o que indica um deslocamento para o sentido lógico-semântico que não exclui a discussão ontológica. O resultado endossa a importância de Pedro Abelardo para o panorama geral da discussão dos universais no medievo, haja vista a originalidade de suas ideias. Palavras-chave: Pedro Abelardo; Universais; Significação.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: his research adresses the answer given by the medieval philosopher Peter Abelard (1079-1142) to the problem of universals, at his book Logica Ingredientibus. The problem, introduced in the Middle Ages by Porphyry's Isagoge, discusses about the universals nature and roused different answers during the ages. Considering as my hypothesis the displacement of the ontologic view on the universals to the logicalsemantic realized by the philosopher, the text of this research exposes analytically the Logica Ingredientibus. After investiganting the arguments that invalidates the theories of William of Champeaux (both the Material Essence Realism and the Indifference Realism) and those favorable to the signification thesis, I conclude that Abelard postulates the triple signification to the universals (real, intellectual and imaginary), what appoints a displacement to the logical-semantic view that doesn't ignore the ontological discussion. This result endorses the importance of Peter Abelard to the general panorama of the problem of universals during the Medieval Ages, for the originality of his ideas. Keywords: Peter Abelard; Universals; Signification.pt_BR
dc.format.extent98 p.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectAbelardo, Pedro, 1079-1142 - Crítica e interpretaçãopt_BR
dc.subjectOntologiapt_BR
dc.subjectUniversais (Filosofia)pt_BR
dc.subjectFilosofiapt_BR
dc.titleAbelardo e os singulares : a resposta do Palatino à querela dos universais em sua obra Logica Ingredientibuspt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record