Show simple item record

dc.contributor.authorBinotto, Carolina, 1994-pt_BR
dc.contributor.otherSato, Alessandro Jefferson, 1982-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor Palotina. Curso de Graduação em Agronomiapt_BR
dc.date.accessioned2021-03-16T14:41:29Z
dc.date.available2021-03-16T14:41:29Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/61742
dc.descriptionOrientador : Alessandro Jefferson Satopt_BR
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Palotina, Curso de Graduação em Agronomiapt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : O Brasil é o terceiro maior produtor de frutas no mundo, seguido de China e Índia. Caracterizam-se como pequenos frutos, as frutíferas como a amora-preta, framboesa, mirtilo, morango e physalis. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a adaptabilidade de pequenos frutos na região de Palotina-Pr. O experimento foi conduzido na Universidade Federal do Paraná – Setor Palotina. Para a caracterização dos aspectos fenológicos e produtivos das diferentes espécies de pequenos frutos, foi adotado o delineamento experimental inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e cinco repetições, sendo uma planta por parcela, totalizando 25 plantas. O plantio foi realizado em dezembro de 2016, após três meses foi realizada a primeira poda de manutenção e em seguida a adubação. Em junho foi realizada a poda de inverno e no inicio de agosto realizada a colheita das framboesas Heritage e Golden Bliss, em novembro a colheita das amoras Xavante e Tupy e do híbrido Boysenberry. Após a colheita os frutos foram contados, pesados e congelados. Para as analises químicas realizadas os frutos foram descongelados e foi medido o teor de SST com o auxilio de refratômetro digital e AT obtido por titulação. O hídrido Boysenberry apresentou maior massa fresca por fruto, porém uma baixa concentração de sólidos solúveis. Destaque para a cultivar de amorapreta Tupy pois apresentou melhores resultados no teor de SST/AT maior produção por planta e produtividade. Em relação às cultivares de framboesa, a Heritage apresentou maior massa fresca e menor numero de frutos por planta, a cultivar Golden Bliss apresenta menor massa fresca e maior número de frutos por planta. Palavras-chave: Rubus spp.; Rubus idaeus L.; Clima subtropical;pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (27 p.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectAgronomiapt_BR
dc.titleCaracterização produtiva de cultivares de amora-preta, framboesas e híbrido no Oeste do Paranápt_BR
dc.typeMonografia Graduação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record