Show simple item record

dc.contributor.advisorHorochovski, Rodrigo Rossipt_BR
dc.contributor.authorBelotto, José Carlos Assunçãopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná, Setor Litoral, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentávelpt_BR
dc.date.accessioned2017-12-12T15:06:08Z
dc.date.available2017-12-12T15:06:08Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/51802
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Rodrigo Rossi Horochovskipt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Litoral, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentável. Defesa: Matinhos, 30/06/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 132-141pt_BR
dc.description.abstractResumo: O presente trabalho aborda o modelo de planejamento urbano que privilegia o transporte individual por automóvel, padrão que se espalhou pelo planeta e chegou ao Paraná. O espaço urbano é restrito e o número continuamente crescente de carros vem causando transtornos para a qualidade de vida urbana. Existe a alternativa da mobilidade sustentável, mas o automóvel é um dos ícones do capitalismo e está enraizado na cultura dos povos do mundo. Principalmente no pós Segunda Guerra Mundial o capitalismo tornou-se sinal de sucesso, expandiu-se ainda mais e norte ou o formato de desenvolvimento praticamente em todo o planeta, influenciando o planejamento urbano e desenhando as cidades contemporâneas para o consumo e para os automóveis. Mas em apenas algumas décadas este modelo começa a demonstrar sinais de saturação. A sociedade começa a despertar para finitude dos recursos naturais e os danos da poluição para o meio ambiente e para a qualidade devida humana. Mas mudar a cultura é um processo lento e depende do engajamento popular. Esta pesquisa faz uso da observação participante e da pesquisa documental para construir o resgate histórico de como se deu atuação do movimento que defende a bandeira da mobilidade sustentável e de uma cidade mais humana no Paraná .As ações deste movimento que bradou pela bicicleta, no início caracterizadas pelo anarquismo, mas com o apoio da academia ganharam fundamento e pro atividade até que finalmente o governo estadual incorporasse a ciclomobilidade em sua agenda. Este estudo recupera como se deu essa trajetória, quais foram os atores e como se deu a construção do decreto 1517/2015 que cria um programa para fomentar o uso da bicicleta no estado. O resultado do relato histórico sobre a trajetória e as ações do cicloativismo paranaense, em especial a atuação do Programa de Extensão CICLOVIDA da UFPR em confronto com o estudo das políticas públicas, espondese o método como foi edificado o CICLOPARANÁ pode ser considerado, como um processo deconstrução ocorrido no modelo Bottom up. Palavras-chaves: Ciclomobilida de.Políticas Públicaspt_BR
dc.description.abstractAbstract: The present work talks about the urban planning model that focuses on the individual transportation by car, pattern that has spread all over the planet and has been established in Paraná State. The urban space is restricted and the continuously growing number of motor vehicles has been causing disorders to the urban life quality. There is the alternative of the sustainable mobility, but the car is one of the capitalism icons and is deeply settled in the culture of different people in the world. Especially in the period post 2ndWorld War, the capitalism has become a success sign, expanded even more and predisposed the development format to all corners of the earth, influencing the urban planning and drawing the modern cities towards the consumerism and the vehicles. Nonetheless, after a few decades, this model starts to show saturation signals. Society starts to awake to the finiteness of natural resources and to the damage that pollution causes to the environment and to the of human life quality. But changing the culture is a slow process and depends on popular engagement. This study makes usage of participant observation and documentary research to build the historicalrescue of how was the acting of the group that advocates for the sustainable mobility and for a more human city in Paraná. These group's actions in the direction of the bicycle usage, considered in the beginning as an anarchist movement, conquered the Academy Support and developed foundation and pro-activity, what lead the Government to, finally, add cycle-mobility in its agenda. This study rescues how was transposed this path, who were the actors and how was created decree 1517/2015, which builds a program to foment the bicycle usage in the state. The result of the historical report about the trajectory and actions of the cycle activism in Paraná State, especially the UFPR Extension Program CICLOVIDA performance, in addition to the public policies study, aims to answer the f the method how it was created CICLOPARANÁ might be considered a Bottom-up construction process model. Keywords: Cycle-Mobility. Public Policies. Cycle Activism. Sustainable Mobility. CICLOPARANÁ.pt_BR
dc.format.extent141 f. : il. algumas color., gráfs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectDesenvolvimento Territorial Sustentávelpt_BR
dc.titleCiclomobilidade : um estudo de caso sobre a participação da UFPR na implantação do CicloParaná, programa paranaense de mobilidade não motorizada por bicicletapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record