Show simple item record

dc.contributor.advisorFaro, Vitor Pereirapt_BR
dc.contributor.authorMoscateli, Douglas Correiapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Construção Civilpt_BR
dc.date.accessioned2017-12-11T16:57:16Z
dc.date.available2017-12-11T16:57:16Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/51724
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Vítor Pereira Faropt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Construção Civil. Defesa: Curitiba, 27/06/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 122-127pt_BR
dc.description.abstractResumo: O presente trabalho tem por objetivo analisar o fator de segurança de taludes projetados pelo método teórico e prático de regressão, desenvolvido por Lopes (1981), o qual se baseia na estimativa da estabilidade de taludes artificiais, a partir do exame de cicatrizes de escorregamentos naturais. Para isso, mediante o emprego do software Slope/W, comparou-se os principais métodos de análise por equilíbrio limite: Fellenius, Bishop Simplificado, Morgenstern e Price, Spencer, com a metodologia proposta por Lopes. Para o desenvolvimento da pesquisa, foram utilizados dois estudos de caso estabilizados pelo Método de Lopes: o primeiro encontra-se entre os municípios de Concórdia e Erechim, logo depois da ponte na divisa dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, mais precisamente na cidade de Marcelino Ramos - RS, no entorno do km 2,0 da rodovia BR-153, região esta afetada por instabilidades devidas às chuvas ocorridas em maio de 2010 e em junho de 2014; o segundo será o talude da rodovia PR 408 - km 19,8, localizado no município de Antonina - PR, no qual a ruptura da encosta resultou da ocorrência de fortes chuvas que atingiram a região entre os dias 10 e 11 de março de 2011, ocasionando problemas de instabilidades, com interdição parcial do tráfego desta rodovia. O histórico dos escorregamentos e também os estudos preliminares que subsidiaram esta pesquisa, como coletas de amostras, estudos geológicos e geotécnicos, caracterização da região e demais dados, foram em sua maior parte cedidos pela empresa Engemin Engenharia e Geologia Ltda., a qual, foi consultora e projetista das soluções para as referidas instabilidades. A metodologia de trabalho consistiu em realizar três frentes distintas para a obtenção dos parâmetros de resistência do solo, utilizados nas análises: a primeira por ensaios de laboratório a partir de amostras indeformadas coletadas em campo, a segunda por retroanálise aplicada ao método clássico de Morgenstern e Price e a terceira por retroanálise aplicada ao método de Lopes. Obtidos os diferentes pares c/ foi então possível a realização de análises comparativas parametrizadas de estabilidade, onde, além da variação dos métodos de análise e dos parâmetros, considerou-se também três posições para o nível d'água, saindo da situação mais otimista até a mais pessimista, considerando que o funcionamento dos drenos estaria em boa, intermediária ou má condição (entupido), representando o N.A drenado, no meio e na superfície do talude, respectivamente. Verificou-se que: o FS dos taludes analisados pelos métodos clássicos, com os parâmetros obtidos em laboratório, apresentou valores muito próximos entre si e, superiores ao estimado por Lopes, demonstrando assim, um conservadorismo do método de regressão. A mesma situação foi verificada com os parâmetros obtidos pela retroanálise de Morgenstern e Price, no entanto, com FS um pouco mais baixos do que os de laboratório. Para a análise clássica feita com os próprios parâmetros estimados por Lopes, os FS deram muito próximos aos que o método determina, comprovando que os cálculos intrínsecos ao Método de Hoek, o qual Lopes se fundamenta, e a própria metodologia aprimorada por Lopes, estão coerentes com os métodos clássicos. Palavras-chave: Estabilidade de Taludes. Método de Lopes. Retroanálise.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The objective of this thesis is to analyze the safety factor of slopes projected by the theoretical and practical regression method, developed by Lopes (1981), which is based on the estimation of the stability of artificial slopes through the inspection of soil evidence resulting from landslides. For that, it was used the software Slope / W to compare the main methods of limit equilibrium analysis: Fellenius, Simplified Bishop, Morgenstern and Price, Spencer, using the methodology proposed by Lopes. To develop this research, two case studies were used, both stabilized by the Lopes' Method. The first one is located between the cities of Concordia and Erechim, just after the bridge in the border of the states of Santa Catarina and Rio Grande do Sul, more precisely in the city of Marcelino Ramos - RS, located at the second kilometer of the BR-153 highway. This region was affected by instabilities due to the rains from May 2010 and June 2014. The second one is the slope located at kilometer 19.8 of the PR 408 highway, in the city of Antonina - PR. The occurrence of heavy rains in this region during March, 2011, resulted in a slope rupture that caused instability problems, with partial interdiction of the traffic of this highway. The landslides historic and the preliminary studies that supported this research, such as sample collections, geological and geotechnical studies, region characterization and other related data, were mostly provided by Engemin Engenharia e Geologia Ltda company - consultant and designer of the solutions to the mentioned instabilities. The thesis methodology consisted of three different fronts to obtain the parameters of soil resistance used in the analyzes: the first by laboratory tests from undeformed samples collected at the site; the second by a retro-analysis applied to the classic Morgenstern and Price method; and the third by retro-analysis applied to the Lopes method. Once the different pairs c/f, were obtained, it was possible to perform parametrized comparative stability analyzes, which considered, besides the variation of the analysis methods and the parameters, three positions for the water level. This analyses considered since the most pessimistic until the most optimistic scenario, considering that the drains would be in good, intermediate or bad condition (clogged), representing the drained water level, in the middle and in the surface of the slope. It was verified that the safety factor of the slopes analyzed by the classical methods with the parameters obtained in laboratory, presented values close to each other and higher than the ones estimated by Lopes. This demonstrates a conservatism of the regression method. The same situation was verified with the parameters obtained by the Morgenstern and Price retroanalysis. For the classical analysis made with the parameters estimated by Lopes, the safety factor was very close to what the method determines, proving that the calculations intrinsic to the Hoek's Method, which Lopes is based, and the observational methodology improved by Lopes, are consistent with traditional methods. Key words: Slopes Stability. Lopes' Method. Retroanalysis.pt_BR
dc.format.extent136 p. : il. algumas color., mapas, gráfs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectConstrução civilpt_BR
dc.titleTaludes estabilizados por retroanálise - análise crítica e comparação com métodos tradicionais de análise de equilíbrio limitept_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record