Show simple item record

dc.contributor.advisorGil Filho, Sylvio Fausto, 1963-pt_BR
dc.contributor.authorMartins, Danilo Henriquept_BR
dc.contributor.otherTorres, Marcos Albertopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Geografiapt_BR
dc.date.accessioned2017-09-28T20:18:08Z
dc.date.available2017-09-28T20:18:08Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/47988
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Sylvio F. Gil Filhopt_BR
dc.descriptionCoorientador : Prof. Dr. Marcos A. Torrespt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geografia. Defesa: Curitiba, 17/05/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências : fls. 147-152pt_BR
dc.description.abstractResumo: A Colônia Penal Agroindustrial do Paraná (CPAI) é uma Unidade Prisional de segurança média, localizada na cidade de Piraquara, Paraná. A CPAI atende indivíduos em privação de liberdade do sexo masculino, gozando do benefício de regime semiaberto e, atendendo a legislação vigente, assegura o cumprimento da assistência religiosa. Logo, tal característica despertou o interesse pela compreensão da religião para o indivíduo privado de liberdade nesta Unidade Prisional. Assim, o método monográfico e a metodologia dramatúrgica de Erving Goffman foram transpostos ao categorial geográfico espaço, ao espaço do cotidiano goffmaniano. Desta forma, as proposições teóricas defendidas por Goffman ([1959] 2005), [1961] 2013) acerca dos conceitos de Instituição Total e Representação Teatral, indagou a existência de um "Espaço Total" dentro de Unidades Prisionais. Desta maneira, a presente pesquisa foi estruturada a partir de cinco questões norteadoras: 1) Identificar o sentido da Religião para o privado de liberdade na Colônia Penal Agroindustrial do Paraná; 2) Propor uma Geografia Social a partir da Metodologia de Erving Goffman, categorizando o espaço enquanto Espaço Cotidiano e Espaço Total; 3) Aplicar a metodologia goffmaniana na compreensão da espacialidade da religião para o indivíduo privado de liberdade; 4) Caracterizar a espacialidade da religião no cotidiano do cárcere; 5) Identificar os papéis de representação dos detentos no palco cotidiano carcerário através da religião. Por conseguinte, para responder às questões norteadoras, utilizamos a metodologia qualitativa da observação participante e a técnica de entrevista. A observação participante, registrada por meio de cinco Diários de Campo, demonstrou as representações dos indivíduos em privação de liberdade, a problemática envolvendo o relacionamento entre agentes penitenciários e encarcerados, a existência de relações de poder entre praticantes de distintas denominações religiosas, o predomínio da doutrina evangélica, a existência de atores cínicos e sinceros dentro dos alojamentos evangélicos, a mortificação do eu, as táticas de adaptação no cárcere e o sistema de privilégios. (GOFFMAN, [1959] 2005, [1961] 2013). Quanto às entrevistas, doze indivíduos em privação de liberdade foram entrevistados. Dividido em três perfis distintos para cada quatro entrevistados, procuramos identificar o sentido da religião para os chamados Atores Veteranos de Conversão, os Atores Convertidos dentro da CPAI e os Atores Não Convertidos da CPAI: "Não-pessoa". A partir dos resultados, podemos afirmar que a religião assume distintos sentidos para o privado de liberdade no Espaço Total da Colônia Penal Agroindustrial do Paraná. Palavras-chave: Unidade Prisional. Espaço Total. Metáfora Teatral. Instituição Total. Erving Goffman.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The Paraná Agroindustrial Criminal Colony (CPAI) is a medium security facility located in the city of Piraquara, Paraná. The CPAI assists to the male inmates, they enjoy the benefit of the work prison semi-open conditions and according to the current legislation the CPAI ensures the fulfillment of religious assistance. Based on this fact and its relevant characteristic it raised an interesting issue for understanding of the religion to the person deprived of freedom in this correctional facility. In this way, the monographic method and the dramaturgical methodology by Erving Goffman were transposed to the geographical category space and the quotidian space concept Goffmanian thinking. Consequently the theoretical propositions defended by Goffman ([1959] 2005), [1961] 2013), about the concepts of total institution and theater representation, it leads to ask for the existence of a "total space" within Prison Units. In this way, the present researching was structured and guided for five questions 1) identify the meaning of the Religion for the one deprived of freedom in the Agroindustrial Penal Colony of Paraná state 2) To propose a Social Geography based the Methodology Goffman's, by categorizing the space between the quotidian space and total Space; 3) Apply the Goffmanian methodology and understanding the spatiality of religion for the individual deprived of liberty; 4) Characterize the spatiality of religion in the everyday life of the prisoner ; 5) Identify the roles of representation of the inmates in the daily prisons scene by the point of view of the religion, to answer that guiding questions: we used the qualitative methodology of participant observation and interview technique. Participant observation,it was reported in five Field Diaries, they demonstrated the representations of individuals in deprivation of liberty, the problematic involving the relationship between penitentiary and prison officer staff as well as the existence of power relations between believers of different religious branch, the predominance of Evangelical doctrine, the existence of cynical and sincere actors within the evangelical lodgings, the mortification of the self, the tactics of adaptation in the jail and the system of privileges.(GOFFMAN, [1959] 2005, [1961] 2013). As for the interviews, 12 individuals in deprivation of liberty were interviewed. Divided into three distinct profiles, for every four respondents, we sought to identify the meaning of religion for the so-called Veteran Conversion Actors, Converted Actors within the CPAI, and the Non-Converted Actors of the CPAI: "Non-Person." From the results, we can affirm that the religion assumes different meanings for the one deprived of freedom in the Total Space of the Agroindustrial Penal Colony of Paraná State. Keywords: prison unit, Total Space, dramaturgical approach metaphor, Total Institution, Erving Goffman.pt_BR
dc.format.extent163 f. : il. algumas color., grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectGeografiapt_BR
dc.subjectPrisõespt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleUnidade prisional como espaço total : a religião na colônia penal agroindustrial do Paranápt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record