Show simple item record

dc.contributor.authorMorales, Henrique de Paivapt_BR
dc.contributor.otherZacarkim, Carlos Eduardopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor Palotina. Curso de graduação em Ciências Biológicaspt_BR
dc.date.accessioned2017-06-09T20:58:27Z
dc.date.available2017-06-09T20:58:27Z
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/47526
dc.descriptionOrientador : Zacarkim, Carlos Eduardopt_BR
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Palotina, Curso de Graduação em Ciências Biológicas.pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo : Este trabalho teve como objetivo testar dois métodos de censo visual voltados ao levantamento de espécies da fauna aquática, ambos realizados na Bacia do Rio Paraná 3 na cidade de Foz do Iguaçu, especificamente no Refúgio Biológico Bela Vista da Usina de Itaipú. O registro das espécies foi realizado por meio de filmagens subaquáticas no modo estacionário e por transecto percorrido em mergulho. Foi observado um total de 10 espécies de peixes pertencentes a duas ordens e cinco famílias. Na ordem Perciformes, a família Cichlidae foi a que apresentou maior diversidade, sendo identificadas quatro espécies: Cichla kelberi (Kullander & Fereira, 2006), Cichla piquiti (Kullander & Ferreira, 2006), Geophagus brasiliensis (Quoy & Gaimard, 1824) e Crenicichla britskii (Kullander, 1982). Da Ordem Characiformes, a família Characidae teve um total de 3 espécies visualizadas, sendo elas Astyanax altiparanae (Garutti & Britski, 2000), Brycon orbignyanus (Valenciennes, 1850) e Salminus maxillosus (Cuvier, 1816). Da família Anastomidae, foi identificada a espécie Leporinus friderici (Bloch, 1794), enquanto da família Prochilodontidae identificada a espécie Prochilodus lineatus (Valenciennes, 1836). Por fim, tratando-se de peixes, da família Hemiodontidae, identificada a espécie Hemiodus orthonops (Eigenmann & Kennedy, 1903). O método realizado em transectos mostrou-se mais eficiente em termos de biodiversidade, tendo sido registradas 09 espécies diferentes, enquanto o método estacionário I e II resultou num total de 05 espécies observadas, sendo as espécies do estacionário I, as mesmas do estacionário II. O método de filmagens em si mostrou-se eficiente para o levantamento de espécies, já que possibilita a observação do comportamento animal em seu habitat natural, porém para melhor eficiência tal método pode ser complementado com outras técnicas de amostragem.pt_BR
dc.format.extent19 p. : Digital.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.subjectEstacionáriopt_BR
dc.titleCenso visual para estudos ictiofaunísticos de água doce.pt_BR
dc.typeMonografia Graduação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record