Show simple item record

dc.contributor.advisorKlock, Umbertopt_BR
dc.contributor.authorMoura, Guilherme Benhourpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Curso de Engenharia Industrial Madeireirapt_BR
dc.date.accessioned2019-04-01T17:54:35Z
dc.date.available2019-04-01T17:54:35Z
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/46996
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Umberto Klockpt_BR
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Curso de Engenharia Industrial Madeireira.pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: O gênero Eucalyptus é o principal fornecedor de fibras curtas para a fabricação de celulose e papel no Brasil, representando cerca de 86% da produção brasileira. Em 2014 a sua produção atingiu produção de 16,5 milhões de toneladas de polpa. Desde a introdução do Eucalyptus dunnii Maiden no Brasil, este tem apresentando satisfatório crescimento, característica a qual aliada a sua resistência ao frio vem atraindo a atenção de empresas produtoras de celulose da região sul do pais.O objetivo deste estudo foi determinar as características e propriedades da polpa celulósica e do papel obtido através de processo Kraft de baixo número Kappa, de amostras de madeira de E. dunnii com 4, 6 e 7 anos de idade, provenientes do Estado do Rio Grande do Sul. As condições de cozimento utilizadas foram: AA de 20%, sulfidez de 25% e fator H de 1100, realizado em duplicata. O rendimento médio bruto, número Kappa, e características do licor de cozimento foram determinados. Realizou-se a sequência de branqueamento D(EP)DP para posteriormente a manufatura das folhas de papel branqueado com 4 tempos de refinação (0, 15, 30 e 45 minutos), para a verificação do desenvolvimento de propriedades físicas, ópticas e mecânicas. Foram determinadas as seguintes propriedades de acordo com as normas da Technical Association of the Pulp and Paper Industry: espessura, densidade aparente, volume aparente, alvura e opacidade, índice de tração, índice de rasgo e índice de arrebentamento de cada tratamento, branqueado e não - branqueado. As folhas foram confeccionadas com gramaturas de 60 ± 3 g.m-2 . As amostras apresentaram características químicas e físicas adequadas para a produção de celulose e papel. Os papéis produzidos resultaram em boa resistência mecânica, elevada alvura (88,6%) para os branqueados e elevada opacidade (97,5%) para os não - branqueados. O maior rendimento bruto da polpa foi 51,7% com número Kappa de 9,6, obtido com 6 anos de idade. Analisando os resultados obtidos, verificou-se a viabilidade da utilização da espécie Eucalyptus dunnii como matéria-prima para a produção de polpa celulósica e papel.pt_BR
dc.format.extent74 f. : il., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.subjectEucalipto - Aplicação industrialpt_BR
dc.subjectPolpação alcalina por sulfatopt_BR
dc.subjectPolpa de madeira - Branqueamentopt_BR
dc.subjectCelulosept_BR
dc.subjectPapel - Confecçãopt_BR
dc.titlePolpa celulósica e papel de Eucalyptus dunnii Maiden com 4, 6 e 7 anospt_BR
dc.typeMonografia Graduação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record