Show simple item record

dc.contributor.advisorSahr, Cicilian Luiza Lowenpt_BR
dc.contributor.authorSoares, Joélcio Gonçalvespt_BR
dc.contributor.otherPacheco, Francisco Javier Llerapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Geografiapt_BR
dc.date.accessioned2017-08-09T18:47:20Z
dc.date.available2017-08-09T18:47:20Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/46468
dc.descriptionOrientador : Profª. Drª. Cicilian Luiza Löwen Sahrpt_BR
dc.descriptionCoorientador : Prof. Dr. Francisco Javier Llera Pachecopt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geografia. Defesa: Curitiba, 22/02/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências : fls. 220-229pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentraçãopt_BR
dc.description.abstractResumo: A comunidade de Witmarsum no Paraná, idealizada e habitada por um grupo etnoreligioso Menonita, apresenta processos participativos que sinalizam para uma cultura de trabalho coletivo e de uso comum de recursos. Estes preceitos permeiam a trajetória de organização de seu espaço de vivência, tanto no âmbito econômico como social. Têm-se como elementos gerenciadores de tais processos a Cooperativa Mista Agropecuária Witmarsum e a Associação de Moradores Proprietários de Witmarsum. Por suas características etnoreligiosas, a fé menonita, aliada às suas instituições, também exerce um papel sobre a coesão social do grupo. Historicamente vinculada a culturas de trabalho coletivo e ao uso comum de recursos para o desenvolvimento das atividades econômicas tradicionais, para a gestão de suas estruturas sociais e para a manutenção de sua religião, Witmarsum assiste, a partir dos anos 2000, a agregação de uma nova atividade, o turismo. Considerando este preâmbulo, a problemática desta pesquisa é a busca sobre até que ponto houve e como ocorreu a transposição das culturas de trabalho coletivo e de uso comum de recursos preexistentes para a organização da atividade turística em Witmarsum. A partir dessa questão de partida, passou-se a identificação de manifestações de trabalho coletivo e uso comum de recursos, tanto na trajetória da comunidade em suas diversas atividades, como também no processo recente envolvendo o desenvolvimento do turismo. O estudo utilizou-se de metodologias diferenciadas, a saber: levantamento de bibliografia teórico conceitual e metodológica; levantamento de bibliografia regional e local sobre a comunidade; e realização de entrevistas em profundidade com membros da comunidade. Com a interação das análises dos dados primários e secundários levantados sobre a comunidade, permeadas pelos elementos derivados do aporte teórico tomado, inferiu-se que ocorre apenas parcialmente a transposição das culturas de trabalho coletivo e de uso comum de recursos preexistentes na comunidade, para o desenvolvimento do turismo cooperativo em Witmarsum. O melhor aproveitamento dessa transposição ocorreu na fase inicial de organização da atividade turística, que embora fomentado por entidades externas à comunidade, encontraram nela certa ressonância. Entretanto, a organização cooperativa atual do turismo mostra um processo de fragmentação e individualização que é reflexo do contexto da comunidade também no que se refere à religiosidade, Cooperativa de produção e Associação de Moradores. Todavia, o histórico de luta, de trabalho coletivo e de uso comum de recursos de Witmarsum ainda está presente, embora parcialmente, na narrativa do produto turístico que vem sendo vendido e reformatado. Palavras chave: Cultura de trabalho coletivo. Uso comum de recursos. Menonitas. Turismo Cooperativo. Witmarsum-PR.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The community of Witmarsum in Paraná has been conceptualized and lived as an ethno-religious group of Mennonites since 1950 and still today shows characteristics of a collective working culture and the common use of resources that are coining the organizational trajectory of its lived space, both in social and economic aspects. Basic structural elements of these processes are the Mixed Agricultural Cooperative of Witmarsum and the Association of Resident Proprietors of Witmarsum. Due to its ethno-religious characteristics, the Mennonite belief is important for the social cohesion of the group in connection with the community institutions. Historically linked to collective working cultures and the common use of resources for the development of its traditional economic activities, the management of its social structures and the preservation of its religion, Witmarsum has experienced - since the first decade of the Millennium - the aggregation of a new type of economic activity: tourism. Framed by these experiences, this research is venturing into the question of if and how the already existing collective working culture and the common use of resources have been transposed to the organization of tourist activities in Witmarsum. Based on this research question, various forms of collective work and the common use of resources could be identified, both for the trajectory of the community in its diverse activities and during the recent process that incorporates the development of tourism. The study applies a differentiated set of methodologies, like bibliographical research on concepts and methodology, and on regional and local studies on the community; also, in-depth interviews with community members have been applied. The analytical interaction of primary and secondary data on the community, framed by the theoretical approach, has demonstrated that only a partial transposition of collective working cultures and the pre-existing common use of resources in the community can be verified to promote the development of a tourism cooperative in Witmarsum. The situation only could be observed in the initial implementation phase of tourism when it received a certain positive response by the community, though induced by an external organization. Today, however, the organization of the cooperative reveals processes of fragmentation and individualization coinciding with the actual situation of the community in general, as these processes can also be observed in respect to religion, production cooperative and Residents' Association. However, the historical experience of struggle, collective work and common use of resources is still present in the narratives of the tourist product of Witmarsum - though only partially - as it is sold in a new format. Keywords: Collective working culture. Common use of resources. Mennonites. Tourism cooperative. Witmarsum, PR.pt_BR
dc.format.extent235 f. : il. algumas color., mapas, grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectGeografiapt_BR
dc.subjectTurismo - Aspectos sociaispt_BR
dc.subjectGrupos etnicospt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleCulturas de trabalho coletivo e de uso comum de recursos : o desenvolvimento do turismo na comunidade etnoreligiosa de menonitas em Witmarsum no Estado do Paranápt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record