Show simple item record

dc.contributor.authorOliveira, Gustavo Ramos dept_BR
dc.contributor.otherSoccol, Carlos Ricardo 1953-pt_BR
dc.contributor.otherSa, Maria de Fatima Grossi dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Tecnologia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologiapt_BR
dc.date.accessioned2014-09-12T17:03:20Z
dc.date.available2014-09-12T17:03:20Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/36109
dc.description.abstractResumo: No atual cenário bioenergético e agropecuário, o desenvolvimento de tecnologias que minimizem a exploração de recursos naturais não renováveis e impactos ambientais é estratégico e de interesse público. Sendo também relevante, a aptidão agrícola do Brasil, e o fato do país ser altamente dependente de importações de fertilizantes. Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo colaborar na validação de uma nova técnica de compostagem acelerada e de peletização de coprodutos agroindustriais, especificamente da cama de aviário para a produção de fertilizantes do tipo composto orgânico e organomineral. Análises físico-químicas foram conduzidas para determinar os componentes dos produtos obtidos pela referida tecnologia. A capacidade do processo em absorver resíduos agroindustriais foi avaliada através de análise de parâmetros agronômicos, em experimentos realizados a campo experimental e comercial. Também foi analisada a viabilidade para implantação de unidades fabris na região de Formosa – GO e de Toledo – PR em diferentes cenários econômicos, desenhados em Plano de Negócios oportunamente analisado pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná – FIEP. Os resultados demonstraram boa humificação dos resíduos agroindustriais utilizados no processo de compostagem, e os fertilizantes produzidos, a partir do composto orgânico obtido, apresentaram qualidade e resposta positiva na produtividade das culturas desafiadas a campo, como apresentado no milho (+33%), no feijão (+9%) e na soja (+25%). Ademais concluímos que a utilização da tecnologia, foco deste estudo, é eficiente na transformação de cama de aviário em composto orgânico e em fertilizante organomineral peletizados de alto valor agregado e possui capacidade de implantação em diferentes regiões brasileiras, conforme análise técnica da FIEP.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleValidação do processo de digestão e peletização de cama de aviário para a produção de fertilizante organomineralpt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record