Show simple item record

dc.contributor.authorZechlinski, Beatriz Polidoript_BR
dc.contributor.otherMartins, Ana Paula Vosnept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Humanas, Letras e Artes. Programa de Pós-Graduaçao em Históriapt_BR
dc.date.accessioned2012-08-23T15:38:00Z
dc.date.available2012-08-23T15:38:00Z
dc.date.issued2012-08-23
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/27579
dc.description.abstractResumo: Esta tese tem como tema a escrita produzida por mulheres na França, no século XVII. O estudo preocupa-se com as relações sociais e culturais entre homens e mulheres de letras, buscando problematizar as ligações entre cultura escrita, espaço e sociabilidades. Para tanto, estudamos a vida e a obra de três autoras que participaram dos espaços letrados da França nesse período: Madeleine de Scudéry (1607-1701), Madame de La Fayette (1634-1693) e Jacqueline Pascal (1625-1661). Com a análise de tratados morais e de correspondências objetivamos compreender o pensamento dessas escritoras e a inserção delas nos ambientes de pessoas letradas - os salões literários e os monastérios, em especial. Analisamos as práticas de sociabilidades das quais elas participaram e como elas reagiram aos debates intelectuais europeus desse período que tratavam das diferenças de gênero. Dessa forma, esta tese se inclui na área da História das Mulheres e dos Estudos de Gênero, a partir da perspectiva da História da Cultura Escrita e da Leitura no período moderno.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTeses - Históriapt_BR
dc.subjectEscritoras francesaspt_BR
dc.subjectRelações de gêneropt_BR
dc.subjectSociabilidadept_BR
dc.subjectRelações homem-mulherpt_BR
dc.subjectLiteratura francesa - Sec. XVIIpt_BR
dc.titleTrês autoras francesas e a cultura escrita no Século XVIIpt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record