Show simple item record

dc.contributor.advisorPedrosa-Macedo, Jose Henriquept_BR
dc.contributor.authorRocha, Márcio Pereira da, 1965-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2013-06-14T15:16:22Z
dc.date.available2013-06-14T15:16:22Z
dc.date.issued2013-06-14
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/26668
dc.description.abstractEste estudo foi desenvolvido a fim de determinar a relação entre as espécies de insetos da família Scolytidae (Coleoptera) e qualidade de sítio em plantações de Eucalyptus grandis. O grau de infestação de um dos tralhões infestado por Premnobius cavipennis (Coleoptera, Scolytidae), também foi avaliado. As amostras foram feitas a cada quinze dias, com uso de armadilhas etanólicas (Modelo Escolitídeo/Curitiba). As armadilhas foram instaladas uma em cada talhão. As coletas de dados da amostragem foram feitas entre julho de 1991 e julho de 1992, em plantios da companhia "Chamflora Agrícola Ltda.". Um total de oito talhões localizados em Mogi Guaçu, Brotas, Altinópolis e São Simão, todos situados no Estado de são Paulo, Brasil, foram utilizados neste estudo. Uma análise quantitativa foi feita para as espécies de Scolytidae encontradas em cada talhão, utilizando índices para cada uma das seguintes características: Freqüencia, Constância, Dominância e Diversidade. O índice de Similaridade foi aplicado para a delimitação das comunidades florestais a respeito da família Scolytidae, distribuídas entre 43 espécies. A espécie Premnobius cavipennis foi a mais frequente, representando 97,96 % de todos os insetos da família Scolytidae coletados durante o período. As espécies do gênero Cryptocarenus e Hypothenemus, representaram 54% do restante dos escolitídeos coletados, e foram mais freqüentemente encontradas em talhões com maiores taxas de crescimento. As condições climáticas não influenciaram na distribuição qualitativa das populações de Scolytidae. As características físicas do solo nos diferentes talhões, influenciaram no Incremento Médio Anual (IMA) em volume, assim como no índice de sítio dos talhões florestais. Com respeito ao talhão infestado com Premnobius cavipennis, estes insetos foram encontrados em 7,6 % das árvores, preferencialmente as árvores com crescimento sob "estresse", que apresentaram 100% de infestação. Com a pressão populacional de Premnobius cavipennis, aquelas árvores saudáveis e vigorosas tornaram-se também infestadas.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectIndice de sitio (Floresta)pt_BR
dc.subjectEscolitideopt_BR
dc.subjectEucaliptopt_BR
dc.subjectSitios florestais - Qualidadept_BR
dc.subjectEucalipto - Doenças e pragaspt_BR
dc.subjectInsetos florestaispt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleOs escolitideos e a qualidade de sitio em povoamentos de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maidenpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record