Show simple item record

dc.contributor.authorMacedo, Jocir Pereira Lima dept_BR
dc.contributor.otherAraujo, Rosane Cardoso dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes. Programa de Pós-Graduação em Músicapt_BR
dc.date.accessioned2011-01-05T09:41:09Z
dc.date.available2011-01-05T09:41:09Z
dc.date.issued2011-01-05
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/24972
dc.description.abstractResumo: A tensão muscular excessiva representa um obstáculo bastante comum enfrentado por músicos frente à necessidade de expressar fisicamente o conteúdo de uma obra musical. Pesquisadores vêem o problema da tensão na execução não apenas como limitador da qualidade da performance, mas como um dos mais importantes fatores de risco para o desenvolvimento de lesões neuromusculares em nstrumentistas. A literatura apresenta o problema como produto de uma diversidade de fatores, físicos e emocionais, o que aponta para a necessidade de um enfoque interdisciplinar, envolvendo áreas como a medicina, a fisioterapia, a psicologia e a pedagogia do ensino instrumental. Em nossa pesquisa, nos propomos a investigar o fenômeno da tensão excessiva no universo da performance pianística. Uma survey de pequeno porte, realizada por meio de um questionário aplicado a 14 estudantes de graduação em piano, levantou dados acerca de suas opiniões e experiências relacionadas ao tema. Os resultados revelaram a tensão excessiva como um problema bastante relevante e com elevada incidência: afeta a todos os respondentes, sendo que 57,15% experimentam-na freqüentemente ou sempre em suas execuções. Na visão dos entrevistados, a questão se constitui numa das principais causas de dificuldades enfrentadas por pianistas, apenas superada pela maneira de estudar, técnica e ansiedade. A ansiedade e a maneira de estudar foram apontadas como os fatores mais responsáveis pelo próprio excesso de tensão muscular. Tal percepção é concordante com outras pesquisas já desenvolvidas sobre este tema e, além de revelar o grau de consciência acerca do problema, é indicadora de que estratégias que visem minimizar e eliminar a tensão muscular excessiva requerem a abordagem da ansiedade e a avaliação dos procedimentos usados na prática diária do piano. Os dados obtidos podem indicar possíveis direcionamentos para novas pesquisas nas modalidades qualitativas e exploratórias, ou mesmo quantitativas, que investiguem populações e amostras maiores.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTempo (Musica)pt_BR
dc.subjectDissertações - Musicapt_BR
dc.subjectPianistaspt_BR
dc.subjectTensão muscularpt_BR
dc.subjectLesões por esforços repetitivospt_BR
dc.titleTensão muscular excessiva na performance pianísticapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record