Show simple item record

dc.contributor.authorRibeiro, Thiago Oliari, 1993-pt_BR
dc.contributor.otherZanoveli, Janaina Menezespt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Farmacologiapt_BR
dc.date.accessioned2019-09-26T17:20:20Z
dc.date.available2019-09-26T17:20:20Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/63330
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Janaina Menezes Zanovelipt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Farmacologia. Defesa : Curitiba, 26/06/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 53-62pt_BR
dc.description.abstractResumo: Estudos apontam que a atividade do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal (HPA) está desregulada no diabetes mellitus e como uma consequência os níveis de cortisol/corticosteroide encontram-se aumentados. No entanto, pouco se sabe sobre o impacto dessa desregulação e o envolvimento dos receptores mineralocorticóides (MR) e glicocorticoides (GR) na memória aversiva e na resposta do tipo ansiosa associada ao diabetes. O primeiro objetivo deste estudo foi avaliar a extinção da memória do medo e a generalização dessa memória de medo em ratos com diabetes induzido por estreptozotocina (DBT) e ratos não-DBT juntamente com a expressão dos receptores mR e GR no hipocampo (HIP) e córtex pré-frontal (CPF), duas áreas cerebrais que medeiam parte das respostas defensivas. No segundo conjunto de experimentos, tendo em vista que estudos apontam um efeito benéfico da ativação de MR ou bloqueio de GR nos parâmetros específicos relacionados ao diabetes, avaliamos o efeito da ativação de MR e do bloqueio de GR na aquisição da extinção da memória do medo e na generalização de memórias de medo. Quando apropriado, o comportamento do tipo ansioso foi avaliado. Para isso, ratos machos da linhagem Wistar receberam uma dose de estreptozotocina (60 mg/kg; i.p.) para induzir o diabetes, os animais normoglicêmicos (NGL) receberam o tampão citrato. Após quatro semanas, todos os animais (DBT, NGL e/ou não-DBT, i.e. animais que não se tornaram DBT após injeção de estreptozotocina) foram submetidos a um protocolo de medo contextual condicionado e o comportamento de congelamento foi avaliado como índice para a memória de medo. Os resultados mostraram uma dificuldade de extinção e uma maior generalização das memórias de medo no grupo DBT quando comparados aos grupos não-DBT, enquanto a expressão de MR e GR no HIP e CPF de todos os grupos de animais foram similares. Uma dose única de fludrocortisona, agonista MR, facilitou a aquisição da extinção da memória do medo e prejudicou sua generalização, enquanto a mifepristona, antagonista GR, prejudicou a generalização da memória do medo. No entanto, este efeito foi bloqueado por dose prévia do antagonista MR, espironolactona. Todos os tratamentos foram capazes de exercer efeitos do tipo ansiolítico. Em conjunto, esses resultados indicam que a ativação de MR em animais DBT parece ser primordial para facilitar a aquisição da extinção da memória do medo e dificultar a generalização da memória do medo, sem descartar o envolvimento do comportamento emocional nesses processos. Palavras-chave: estreptozotocina, diabetes, hipocampo, córtex pré-frontal, receptor de glicocorticoides, memória aversiva, ansiedade, medo condicionado ao contexto.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: It is know that hypothalamus-pituitary-adrenal axis (HPA) activity is dysregulated in the diabetes mellitus showing increased cortisol/corticosteroid levels. However, little is known about the impact of this dysregulation and of the involvement of mineralocorticoid (MR) and glucocorticoid (GR) receptors on aversive memory and anxiety-like response associated with diabetes. The first aim of this study was to evaluate the fear memory extinction and the generalization of this fear memory in streptocotocin-induced diabetic (DBT) rats and non-DBT rats alongside the expression of the MR and GR receptors in the hippocampus (HIP) and prefrontal cortex (PFC), two brain areas involved in the mediation of defensive responses. In the second set of experiments, since some studies point out a beneficial effect of MR activation or GR blockade on specific parameters related to diabetes we intended to evaluate the effect of the MR activation and GR blockade on the acquisition of fear memory extinction and on the generalization of fear memories. When appropriated, anxiety-related behavior was evaluated. For that, male Wistar rats received one injection of steptozotocin (60 mg/kg; i.p.) to induce diabetes, the normoglycemic (NGL) animals received the citrate buffer. After four weeks, all animals (DBT, NGL and/or non-DBT, i.e. animals that did not become DBT after streptocotocin injection) were subjected to a conditioned contextual fear protocol and the freezing behavior was evaluated as an index for fear memory. The results showed an impaired extinction and enhanced generalization of fear memories in the DBT group when compared to the non-DBT groups, whereas the expression of MR and GR in the HIP and PFC of all groups of animals were similar. The single injection of MR agonist fludrocortisone was able to facilitate the acquisition of fear memory extinction and to impair its generalization, while the injection of GR antagonist mifepristone impaired the generalization of the fear memory. However, this effect was blocked by the previous injection of the MR antagonist spironolactone. All treatments were able to exert anxiolytic-like effects. Taken together, these results indicate that MR activation in DBT animals seems to be primordial in facilitating the acquisition of the fear memory extinction and impairing the generalization of fear memory, without discarding the involvement of emotional behavior in these processes. Keywords: streptozotocin, diabetes, hippocampus, prefrontal cortex, glucocorticoid receptor, aversive memory, anxiety, contextual conditioned fear.pt_BR
dc.format.extent62 p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDiabetespt_BR
dc.subjectHipocampo (Cerebro)pt_BR
dc.subjectMemoriapt_BR
dc.subjectAnsiedadept_BR
dc.subjectFarmacologiapt_BR
dc.titleEfeito de fármacos que atuam em receptores glicocorticoides e mineralocorticoides de animais diabéticos sobre a extinção e generalização de memória condicionada aversivapt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record