Show simple item record

dc.contributor.advisorDieter, Jonathan, 1984-pt_BR
dc.contributor.authorDanilussi, Maikon Tiago Yamada, 1993-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor Palotina. Programa de Pós-Graduação em Biotecnologiapt_BR
dc.date.accessioned2021-04-12T13:17:48Z
dc.date.available2021-04-12T13:17:48Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/61893
dc.descriptionOrientador: Prof. Jonathan Dieterpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor Palotina, Programa de Pós-Graduação em Tecnologia de Bioprodutos Agroindustriais. Defesa : Palotina, 14/02/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 22-27pt_BR
dc.description.abstractResumo: A cultura do milho (Zea Mays L.) e a cultura da soja (Glycine max (L.) Merril), são as culturas com maior expressão em commodities no Brasil, ambas com suas vantagens, sendo os grãos mais cultivados no país. O incremento de biofertilizantes suínos e avícolas nas culturas, se dá pelo alto valor nutricional dos biofertilizantes, como também a alta produção dos dejetos na região oeste do Paraná. Foram realizados em delineamento inteiramente casualizado, realizados no município de Palotina-Pr, em casa de vegetação com ambiente controlado, em caixas plásticas contendo areia lavada com água destilada, esterilizada e peneirada. Sendo duas culturas (soja e milho) no qual os tratamentos são doses de cama de aviário (0; 2; 4; 6; 8; e 10 t ha-1) e doses de dejeto suíno (0; 25; 50; 75; e 100 m3 ha-1). A germinação das culturas do milho e da soja não se altera dentre a cama de aviário e na germinação do milho nas doses de dejeto suíno, mas o dejeto diminui a germinação da soja. O índice de clorofila Falker na soja diminui com o incremento dos biofertilizantes e o milho aumenta ao índice de clorofila com o incremento das doses. Os comprimentos radiculares decaem com a elevação das doses dos biofertilizantes e os comprimentos aéreos elevam com incrementos dos biofertilizante. Palavras-chave: Dejeto suíno, cama de aviário, fertilizantes.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Maize (Zea Mays L.) and soybean (Glycine Max (L.) Merril) are the crops with the greatest expression in commodities in Brazil, both with their advantages, being the most cultivated grains in the country. The increase of pig and poultry biofertilizers in the crops is due to the high nutritional value of the biofertilizers, as well as the high production of the wastes in the western region of Paraná. They were carried out in a completely randomized design, carried out in the municipality of Palotina-Pr, in a greenhouse with controlled environment, in plastic boxes containing sand washed with distilled, sterilized and sieved water. (2, 4, 6, 8 and 10 t ha-1) and doses of wastewater suine (0; 25; 50; 75; and 100 m3 ha-1). Germination of maize and soybean crops does not change between avian bed and germination of corn at doses of wastewater suine, but wastewater suine decreases the germination of soybean. The Falker chlorophyll index in soybean decreases with increasing biofertilizers and maize increases the chlorophyll content with increasing doses. The root lengths decrease with increasing doses of biofertilizers and the aerial lengths increase with biofertilizer increments. Keywords: Wastewater suine, poultry litter, fertilizer.pt_BR
dc.format.extent27 p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectSuino - Estercopt_BR
dc.subjectAviariopt_BR
dc.subjectAdubos e fertilizantespt_BR
dc.titleGerminação de soja e milho com uso de biofertilizantespt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record