Show simple item record

dc.contributor.advisorLange, Rogério Ribas, 1954-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterináriaspt_BR
dc.creatorSantin, Paula Gabrielapt_BR
dc.date.accessioned2023-11-16T20:58:23Z
dc.date.available2023-11-16T20:58:23Z
dc.date.issued2017pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/48222
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Rogério Ribas Langept_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias. Defesa: Curitiba, 27/03/2017pt_BR
dc.descriptionInclui referências : f. 39-47pt_BR
dc.descriptionArea de concentração : Ciências veterináriaspt_BR
dc.description.abstractResumo: Como primeiros organismos adaptados ao meio, as bactérias estão há milhares de anos em transformação, entretanto os primeiros relatos de aplicações e pesquisas que temos para controlar as bactérias patogênicas não passam de 4.000 anos. Um longo período adaptativo possibilitou as bactérias uma resistência às condições externas e internas muito mais adequada, estando sempre um passo à frente da medicina e da ciência. A resistência de bactérias a antimicrobianos vem sendo estudada principalmente para o entendimento de seus mecanismos e diferenças para tentar conter seus avanços. Diante do exposto, o presente estudo tem como objetivo realizar um comparativo microbiológico de cepas de bactérias resistentes ou não ao antimicrobiano rifampicina. Este estudo está dividido em dois capítulos, sendo o primeiro capítulo uma revisão sucinta sobre os antimicrobianos e os mecanismos de resistência adotados por algumas bactérias contra estes. Já o segundo capítulo como uma análise prática, previamente autorizado pela comissão de ética da UFPR, comparando o crescimento microbiológico e desempenho em frangos de corte entre um controle negativo e duas cepas de Salmonella Enteritidis. Uma das cepas apresentadas era de origem tradicional e outra possuía uma resistência aos Antimicrobianos da família das rifampicinas, que age na síntese de ácidos nucleicos das bactérias. Foram utilizados 108 pintinhos de um dia, machos da linhagem Cobb®, três tratamentos, Tratamento controle (TC), Salmonella Enteritidis (SE) e Salmonella Enteritidis resistente (SEres), sendo aplicadas quatro repetições em grupos de nove aves cada. As aves foram eutanasiadas por deslocamento cervical e necropsiadas aos 9, 14 e 21 dias de idade, onde foram coletados fígado e ceco para contagem microbiológica. Todas as aves foram pesadas para análise de conversão alimentar (CA), ganho de peso (GP) e consumo médio de ração (CRM). Observou-se em todos os períodos que não houve diferença estatística no desempenho das aves, mas a contagem microbiológica demonstrou que a bactéria que possuía uma resistência a antimicrobianos, mesmo sem a presença especifica deste composto nas aves, se mostrou estatisticamente maior (P?0,05) em todos os períodos e órgãos. Deste modo observou-se que a contagem do crescimento microbiológico por bactérias resistente se mostrou maior. Palavras-chave: Salmonella Enteritidis, resistência bacteriana, síntese ácidos nucleicos, efeito de antimicrobianospt_BR
dc.description.abstractAbstract: As the first organisms adapted to the environment, bacteria are for thousands of years in transformation, however the first reports of applications and research that we have to control the pathogenic bacteria are not more than 4,000 years. A long adaptive period allowed bacteria a much more adequate resistance to external and internal conditions, being always one step ahead of medicine and science. Resistance of bacteria to antimicrobials has been studied mainly for the understanding of their mechanisms and differences to try to contain their advances. In view of the above, the present study aims to perform a microbiological comparison of strains of bacteria resistant or not to the antimicrobial rifampicin. This study is divided into two chapters, the first chapter being a succinct revision on the antimicrobials and mechanisms of resistance adopted by some bacteria against them. The second chapter, as a practical analysis, previously authorized by the ethics committee of UFPR, comparing the microbiological growth and performance in broilers between a negative control and two strains of Salmonella Enteritidis. One of the strains presented was of traditional origin and another had an antimicrobial resistance of the rifampicin family, which acts on the nucleic acid synthesis of the bacteria. A total of 108 day-old chicks, males of the Cobb® strain, three treatments, Control Treatment (CT), Salmonella Enteritidis (SE) and resistant Salmonella Enteritidis (SEres) were used, and four replicates were applied in groups of nine birds each. The birds were euthanized by cervical dislocation and necropsied at 9, 14 and 21 days of age, where liver and cecum were collected for microbiological counting. All birds were weighed for feed conversion analysis (FCA), weight gain (WG) and average feed intake (AFI). It was observed in all periods that there was no statistical difference in the performance of the birds, but the microbiological count showed that the bacterium that had an antimicrobial resistance, even without the specific presence of this compound in the birds, was statistically larger (P?0,05) in all periods and organs. In this way, it was observed that the count of microbiological growth by resistant bacteria was higher. Key words: Salmonella Enteritidis, bacterial resistance, nucleic acid synthesis, antimicrobial effectpt_BR
dc.format.extent48 f. : tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectMedicina veterináriapt_BR
dc.subjectSalmonela enteritidispt_BR
dc.subjectFarmacologia veterináriapt_BR
dc.titleComparativo microbiológico de Cepas de bactérias resistentes ou não ao antimicrobiano rifampicinapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record