Show simple item record

dc.contributor.authorSousa, Solange Meira dept_BR
dc.contributor.otherBernardino, Elizabethpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagempt_BR
dc.date.accessioned2015-02-19T19:23:03Z
dc.date.available2015-02-19T19:23:03Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/37158
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Elizabeth Bernardinopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Defesa: Curitiba, 27/11/2014pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Prática profissional de enfermagempt_BR
dc.description.abstractResumo: SOUSA, S. M. Gerenciamento de enfermagem na linha de cuidado: em busca do cuidado integral. 119fls. (Dissertação) Mestrado em Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Universidade Federal do Paraná, 2014. Para adequar-se ao modelo de assistência à saúde no Brasil proposto pelo SUS, o Hospital de Clínicas/ UFPR adotou um modelo gerencial baseado em linhas de cuidado, organizado em Unidades Gerenciais, no qual cada unidade é composta por serviços afins, com atendimento centrado nas necessidades de saúde. Nessa perspectiva, a integralidade da atenção perpassa toda a lógica da organização profissional, das linhas de cuidado aos serviços que compõem a rede em busca do cuidado integral. Trata-se de um estudo de caso único integrado de múltiplas unidades de análise, desenvolvido na unidade gerencial Cardiovascular e Pneumologia (UCP), que objetivou: apreender como o cuidado integral é compreendido pelos enfermeiros; descrever o gerenciamento de enfermagem da UCP; e compreender a integração existente entre a equipe de enfermagem, a equipe multiprofissional e os serviços que compõem a UCP com vistas ao cuidado integral. Os participantes foram 13 enfermeiros da UCP. A coleta de dados ocorreu de fevereiro a maio de 2014, período no qual foram realizadas entrevistas, 103 horas de observação não participante e verificação de documentos. A análise dos dados foi mediada pelas proposições do estudo de caso e pelos objetivos que correspondem às categorias analíticas. A amostra foi predominantemente feminina (84,6%); médias de 46,6 anos de idade, 6,2 anos no serviço em questão e 16,5 anos de formação. Os resultados indicam um gerenciamento voltado para a resolução dos problemas, com vistas ao atendimento das necessidades de saúde, enfatizando a coordenação do cuidado e a formação generalista como aspectos favoráveis, subsidiados pelo uso de ferramentas gerenciais. Quanto à compreensão do cuidado integral, o mesmo é entendido a partir de dois aspectos: os cuidados realizados pela enfermagem integralmente a partir das necessidades dos usuários, tendo em vista os recursos humanos e a competência técnica necessários à prática profissional, e os cuidados prestados pela equipe multiprofissional, que levam em conta a especificidade de cada profissional. A integração entre a equipe de enfermagem subentende uma interdependência entre os membros, pautada pela comunicação e pela articulação do enfermeiro; já a integração da equipe multiprofissional é visualizada principalmente entre a enfermagem e a medicina; por fim, a integração entre os serviços é determinada pelo fluxo. Apreende-se, a partir do estudo, o gerenciamento de enfermagem voltado às necessidades de saúde, configurado em uma lógica clínica, na qual as ações realizadas pela equipe de enfermagem e multiprofissional seguem a organização da linha de cuidado da UCP, sendo estabelecida por meio dos processos de trabalho que garantem a assistência necessária à resolução dos problemas de saúde da população. É possível, a partir dos subsídios deste estudo, ressignificar o cuidado e o gerenciamento de enfermagem na UCP, na tentativa de que sejam reconhecidos também como elementos para o cuidado integral, podendo, por analogia, contribuir para a operacionalização da tão almejada integralidade da atenção no HC/UFPR. Descritores: Sistema Único de Saúde. Integralidade em Saúde. Hospitais de ensino. Enfermagem. Gerência.pt_BR
dc.description.abstractSOUSA, S. M. Nursing care management: searching for integrated care. 123 p. (Dissertation) Nursing Master’s Degree. Nursing Postgraduation Program. Federal University of Paraná, 2014. In order to adapt to the health care model in Brazil, proposed by SUS, Hospital de Clínicas/UFPR adopted a management model based on lines of care, organized in Management Units, where each unit entails related services, and caring is centered on health needs. In this perspective, integrated care as a SUS guideline, pervades all professional organization logistics, from the lines of care to services which comprise the network, searching for integrated care. It is a unique integrated case study of multiple analytical units, developed at Cardiovascular and Pneumology Management Unit (CPU), which objectified to apprehend how integrated care is understood by nurses; to describe nursing management at the CPU and to understand the existing integration between the nursing team, the multiprofessional team and the services which comprise the Cardiovascular and Pneumology Management Unit (CPU), aiming at integrated care. The participants were 13 nurses from the CPU. Data collection was held from February to May, 2014, when the interviews were carried out, 103 hours of non-participant interviews and document checking. Data analysis was mediated by the case study propositions as well as the corresponding objectives to the analytical categories. The sample was predominantly female (84.6%), average age of 46.6 years, 6.2 years working at the unit and 16.5 years of education. Results point out problem-solving centered management, aiming to meet health needs, stressing care coordination and general education as favorable aspects, founded on the use of management tools. As for the understanding of integrated care, it is understood from two aspects: integrated nursing care viewing users’ needs, keeping in mind human resources and technical competency required by professional practice, and care rendered by the multiprofessional team, taking into account each professional’s specificity. The integration between the nursing team implies interdependence among its members, based on nurses’ communication and articulation, while the integration of the multiprofessional team is ultimately viewed between nursing and medicine. Finally, service integration is determined by its flow. It is apprehended, from the study, nursing management centered on health needs, configured in a clinical logic, where the actions carried out by the nursing and multiprofessional teams follow the organization of the CPU line of care, being established by means of work processes, which enable the necessary care to solve population’s health problems. Underpinned by this study, it is possible to provide nursing care and management at the CPU with a re-meaning, in the attempt to recognize them as elements for integrated care as well, and by analogy, they may contribute to the operationalization of the desired integrated care in the current health system in the Hospital de Clínicas/UFPR. Descriptors: Unified Health System. Integrality in Health. Hospitals, Teaching. Nursing. Managementpt_BR
dc.format.extent118f. : il. algumas color.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.titleGerenciamento de enfermagem na linha de cuidado : em busca do cuidado integralpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record