Show simple item record

dc.contributor.advisorMendonça, Francisco de Assis, 1960-pt_BR
dc.contributor.otherEndlicher, Wilfriedpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Geografiapt_BR
dc.creatorSchmitz, Lisana Katiapt_BR
dc.date.accessioned2024-04-04T18:03:27Z
dc.date.available2024-04-04T18:03:27Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/36121
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Francisco Mendonçapt_BR
dc.descriptionCoorientador : Prof. Dr. Wilfried Endlicherpt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geografia. Defesa: Curitiba, 16/04/2014pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: A cidade de Curitiba experimentou intenso crescimento demográfico nas últimas décadas, ultrapassando 1,75 milhões de habitantes em 2010 (IBGE, 2010) e, embora apresentando taxas de crescimento próximas de 1% ao ano, segundo o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba tem previsão de acréscimo de cerca de 130 mil habitantes para 2040 (IPPUC, 2013). O município possui 435 quilômetros quadrados de superfície, praticamente toda loteada, e para acomodar o crescimento previsto para as próximas décadas deverá sofrer o aumento da taxa de densidade, o qual se reflete em adensamento, verticalização e na consolidação da ocupação especialmente na região sul da cidade. Paralelamente ao crescimento demográfico, seguem em curso diversas obras de reestruturação urbana, tanto em decorrência do processo de metropolização e revisão do plano diretor, como de preparação para receber a copa do mundo de 2014 e também do início da construção da primeira linha de metrô. A passagem do metrô no Eixo Estrutural Sul, induzirá à aceleração da consolidação urbana na área e impactará o clima e o conforto térmico urbano. Considerando os prognósticos divulgados pelo Painel Intergovernamental sobre mudanças climáticas (Intergovernmental Panel on Climate Change – IPCC) da ONU, que prevê um aumento nas temperaturas médias variando entre 1,8oC e 4,0oC, a questão do conforto térmico nos espaços abertos urbanos torna-se de extrema relevância. Por esse motivo, o objetivo geral da pesquisa é o de simular as condições climáticas futuras em cenários do microclima local, para os anos de 2036 e 2061, e com base nesses cenários, avaliar o conforto térmico em espaços abertos, assim como diretrizes de desenho urbano que possam mitigar os efeitos do aquecimento global na área estudada do Eixo Estrutural Sul de Curitiba-Paraná e em novas áreas de ocupação urbana. A metodologia baseia-se no Sistema Ambiental Urbano (MENDONÇA, 2004), sendo essa desenvolvida por meio de etapas relativas à: 1) fundamentação teórica; 2) levantamento e sistematização de dados, tanto de caracterização do clima como do meio ambiente em área do Bairro Batel no Setor Especial Estrutural – zoneamento onde se insere o Eixo Estrutural Sul; 3) Modelagem de cenários para o clima urbano e conforto térmico presente e futuros considerando as transformações para os próximos 50 anos; 4) simulação da aplicação de diferentes ações de desenho urbano para a melhoria do conforto térmico, utilizando o software ENVI-met; e, 5) Indicação de diretrizes de desenho urbano que contribuam para a melhoria do conforto térmico, tanto para ocupações em consolidadas ou em consolidação, como no caso da área estudada, assim como para novas ocupações. Os resultados obtidos, através da simulação de cenários futuros e de cenários de intervenção em aspectos do desenho urbano, demonstram que até mesmo ações simples, de curto e médio prazo, podem influenciar o microclima e o conforto térmico urbano, sendo possível estabelecer diretrizes de intervenção capazes de reduzir significativamente os efeitos do aquecimento global sobre o microclima e o conforto térmico nos espaços abertos do Setor Especial Estrutural curitibano nos próximos 50 anos.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The city of Curitiba tried intense demographic growth in the last decades, crossing 1,75 million inhabitants in 2010 (IBGE 2010) and, although presenting growth rate close from 1% the year, according to the Institute of Research and Urban Planning of Curitiba already exists forecast of demographic growth about 130 inhabitants to 2040 (IPPUC, 2013). The municipal district possesses 435 square kilometers of surface, practically all lotted, and for to accommodate the growth foreseen to next decades it should suffer the increase of the urban density, which reflects itself in density, verticalization and in the consolidation of the urban occupation especially in the south area of the city. Parallel to the demographic growth, they proceed in course several work of urban restructuring, so much due to the metropolization process and revision of the master plan, like of preparation to receive the World cup of 2014 and also to begin the build of the first subway line. The passage of the subway in the Structural Axis South, it will induce to the acceleration of the urban consolidation in the area and will impact the climate and the urban thermal comfort. Considering the prognostics published by the Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC) of the UN, that foresees an increase in the mean temperatures varying between 1,8°C and 4,0°C, the theme of the thermal comfort in the open spaces becomes extreme relevance. For that reason, the general objective of the research it‘s of simulating the future climatic conditions in sceneries of the local microclimate, for the years of 2036 and 2061, and with base in those sceneries, to evaluate the thermal comfort in open spaces, as well the urban drawing guidelines that can mitigate the effect of the global warming in the study area of the Axis Structural South of Curitiba-Paraná and in new areas of urban occupation. The methodology bases itself on the Urban Environmental System (MENDONÇA 2004), being that developed through relative stages to the: 1) theoretical fundament; 2) field survey and systemization of data, so much of the characterization of the climate as well of the urban environment in area of the Neighborhood Batel in the Structural Special Sector, zone where it?s inserted the Structural Axis South; 3) modeling of actual and future sceneries of the urban climate and thermal comfort, considering the transformations of the next 50 years; 4) simulation of the application of different actions of urban design to the improvement of the thermal comfort, using the software ENVI-met; and, 5) indication of guidelines from urban design that can contribute to the improvement of the thermal comfort, so much for consolidated occupations or in consolidation, like in the study area, as well to the new occupations. The obtained results, through the simulation of future sceneries and of intervention sceneries in aspects of the urban design, demonstrate that even simple actions, of short and medium period, can influence the microclimate and the urban thermal comfort, being possible to establish intervention guidelines capable to reduce the effects of the global warming significantly on the microclimate and the thermal comfort in the urban open spaces of the Curitiba's Structural Special Sector in the next 50 years.pt_BR
dc.format.extent298f. : il. algumas color., tabs., grafs., maps.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectGeografiapt_BR
dc.subjectClimatologia urbanapt_BR
dc.subjectPlanejamento urbano - Fatores climáticospt_BR
dc.subjectConforto termicopt_BR
dc.titleReestruturação urbana e conforto térmico em Curitiba/PR : diagnóstico, modelagem e cenáriospt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record