Show simple item record

dc.contributor.authorAbbud, Maria Cecíliapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Biológicas. Programa de Pós-Graduaçao em Ecologia e Conservaçaopt_BR
dc.contributor.otherMonteiro Filho, Emygdio Leite de Araujo, 1957-pt_BR
dc.date.accessioned2013-10-08T12:26:46Z
dc.date.available2013-10-08T12:26:46Z
dc.date.issued2013-10-08
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/32191
dc.description.abstractResumo: O Brasil possui 72 espécies pertencentes à família Psittacidae, sendo que 22 estão ameaçadas de extinção. Amazona brasiliensis (papagaio-de-cara-roxa), além de ser uma dessas espécies, é endêmico de uma área restrita entre o litoral sul do Estado de São Paulo e o litoral norte do Estado de Santa Catarina. Em 1997, a Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental - SPVS - iniciou o Projeto de Conservação do Papagaio-de-cara-roxa através da educação para conservação dos moradores da Ilha Rasa. Em 1998, o projeto foi expandido com o monitoramento de ninhos da espécie nas ilhas Rasa, Gamelas e Grande, locais de alimentação, dormitório e reprodução. No ano de 2003, iniciaram as instalações de ninhos artificias de madeira e o censo anual e a partir de 2006, foram instalados ninhos artificiais de PVC. O objetivo deste estudo foi avaliar a efetividade das ações de manejo do projeto para a população de Amazona brasiliensis no litoral paranaense, com base na análise dos dados obtidos no monitoramento dos ninhos nos períodos reprodutivos de 2003 a 2012 (exceto 2007/2008). Foram analisados dados gerais dos nove anos de reprodução e seu sucesso aparente. Taxas de ocupação, postura, eclosão e sucesso e de perda foram obtidas para os ninhos. Após, foram encontradas as médias e modas para o número de ovos, filhotes e filhotes com sucesso por casal, realizadas comparações entre os períodos reprodutivos e os tipos de ninhos através de testes não paramétricos de Mann-Whitney e Kruskall-Wallis e testadas as possibilidades de correlações dos resultados anteriores com temperatura, precipitação e umidade através da Correlação de Pearson. Por fim, foram estabelecidas taxas de eclosão e de sucesso para indivíduos. A eficiência no incremento de ninhos artificiais nas áreas em que os ninhos naturais foram perdidos pela ação do tempo e pela descaracterização do ambiente pelo homem, foi comprovada pelos resultados, sendo essa uma importante alternativa de manejo para a espécie. Vulnerabilidades à fatores ambientais foram encontradas para o ninhos artificial de madeira e algumas sugestões de melhoria foram feitas.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.subjectPapagaio (Ave)pt_BR
dc.titleReprodução e conservação do Papagaio-de-cara-roxa Amazona brasiliensis (Linnaeus, 1758) (Aves: Psittacidae) no Litoral Norte do Estado do Paranápt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record