Show simple item record

dc.contributor.authorParapinski, Maria Luisapt_BR
dc.contributor.otherSilva, João Carlos Garzel Leodoro da, 1961-pt_BR
dc.contributor.otherAlmeida, Alexandre Nascimento dept_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2019-02-01T14:40:20Z
dc.date.available2019-02-01T14:40:20Z
dc.date.issued2012pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/30607
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. João Carlos Garzel L. da Silvapt_BR
dc.descriptionCoorientador : Prof. Dr. Alexandre Nascimento de Almeidapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 19/07/2012pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls. 132-143pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Economia e política florestalpt_BR
dc.description.abstractResumo: O setor moveleiro do Brasil apresentou grande crescimento de suas exportações nas duas últimas décadas. No entanto, ainda enfrenta dificuldades para a colocação de seus produtos no mercado internacional. Uma das dificuldades para maior expansão das exportações, visto que esse segmento produtivo tem um grande potencial ainda inexplorado, é devido à falta de informações mais detalhadas e específicas sobre o entendimento do papel das exportações e sobre seus mercados-alvo. Nesse sentido, o objetivo do trabalho foi analisar o desempenho das exportações brasileiras de móveis de madeira no período de 1991 a 2010. Para tal, utilizou-se: análises estatísticas indutivas e descritivas, cálculo da taxa de crescimento das exportações, concentração de mercado (utilizando o CRk) e um modelo de comércio internacional - Constant Market Share (CMS) para identificar as fontes de crescimento das exportações. Os resultados mostraram que as exportações brasileiras de móveis residenciais de madeira são as mais representativas na pauta de exportação do setor, no entanto, esse tipo de móvel recebe menor preço no comércio internacional do que aqueles feitos com outras matérias-primas. Dentro da categoria de móveis de madeira residenciais, os móveis de madeira para uso em dormitório são a maioria nas exportações. Os cinco maiores mercados para os móveis brasileiros foram diferentes quando considerados o quantum ou valor de exportação. O quantum exportado de móveis de madeira cresceu a taxa de 12,6% a.a., o preço de exportação a 4,3% a.a. e o valor cresceu 9,7% a.a. no período analisado. Com relação ao preço unitário de exportação de móveis de madeira, não houve diferença significativa entre os países desenvolvidos, Angola paga preços semelhantes aos preços de países desenvolvidos e nos países sul americanos os móveis brasileiros recebem preços inferiores aos recebidos nos outros mercados. Na maior parte do período analisado, a concentração de mercado das exportações de móveis de madeira foi do tipo concentração moderada. E por fim, os resultados do CMS para o período de 1999 a 2009 mostraram que o efeito crescimento do comércio mundial contribuiu, em média, positivamente para o crescimento das exportações de móveis de madeira, ou seja, o Brasil cresceu porque o mundo cresceu no período. Já, o efeito destino das exportações foi, em média, negativo mostrando que a política de diversificação de mercados não foi bem direcionada e o efeito competitividade contribuiu positivamente para o crescimento do Brasil somente na primeira metade do período de análise.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Brazil's furniture industry has experienced marked growth in exports in the last two decades, however it still faces difficulties in placing products on the international marketplace. One of the challenges of expanding exports, given that the industry is largely underexploited, is due to a lack of more detailed information about the role of exports and their target markets. The objective of this study was to analyze the behavior of Brazilian wood furniture exports between 1991 and 2010. Inductive and descriptive statistics were derived as well as an export growth rate, market concentration metrics (CRk), and finally a model for international commerce, the Constant Market Share model (CMS), was applied to identify the sources of export growth. The results indicate that Brazilian residential wood furniture exports best represent the overall behavior of the exports sector, but of all raw materials used to make furniture wood is the least profitable on the international market. Of all the types of residential wood furniture, bedroom furniture commands the greatest share of exports. The five largest markets for Brazilian-made furniture were different when the quantum was the unit of comparison, versus when export value was the unit of comparison. The furniture quantum exported grew by 12.6% per year, the export price grew by 4.3% per year, and the dollar value grew by 9.7% per year over the analysis period. With respect to export unit price for wood furniture, there were no significant differences between developed countries. Angola paid similar prices to those of developed countries while Brazilian furniture fetched lower prices in South American countries than in other countries. Over the majority of the analysis period, the export market for wood furniture was of moderate concentration type. Finally, the CMS model results revealed that between 1999 and 2009 global growth in commerce had an overall positive effect in stimulating the growth in Brazil's wood furniture exports. In other words, Brazil's market grew because the global market grew during the same period. Meanwhile, the effect of export destination contributed negatively to the growth in exports on average, indicating that market diversification policies were not well-crafted and that competitiveness effect contributed positively to Brazil's growth only in the first half of the analysis period.pt_BR
dc.format.extent151f. : il., tabs., grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.subjectMobiliario - Exportação - Brasilpt_BR
dc.subjectIndustria de moveis - Brasilpt_BR
dc.subjectBrasil - Comércio exteriorpt_BR
dc.subjectIndustria de moveis - Exportaçãopt_BR
dc.titleDesempenho das exportações brasileiras de móveis de madeira - 1991 a 2010pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record