Show simple item record

dc.contributor.advisorMatias, Jorge Eduardo Foutopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgicapt_BR
dc.creatorRossoni, Marssoni Decontopt_BR
dc.date.accessioned2022-12-19T19:20:43Z
dc.date.available2022-12-19T19:20:43Z
dc.date.issued2012pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/29356
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Jorge Eduardo Fouto Matiaspt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Clínica Cirúrgica. Defesa: Curitiba, 07/12/2012pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls. 56-63pt_BR
dc.description.abstractResumo: Alguns pacientes portadores de adenocarcinoma colorretal, estadio clínico I e II (TNM), apresentam um prognóstico desfavorável, mesmo após a realização da terapia recomendada. Novos fatores estão sendo descritos na literatura como preditores de mau prognóstico, como a presença do fenômeno brotamento tumoral (FBT). O objetivo deste estudo foi estabelecer o desempenho do FBT como fator prognóstico em pacientes portadores de adenocarcinoma colorretal estadio clínico I e II (TNM). Foram avaliados 65 pacientes portadores de adenocarcinoma colorretal, estadio I e II (TNM), submetidos à cirurgia com intenção curativa, no período de 1995 a 2004, e acompanhados por um período de cinco anos. Dados referentes aos parâmetros do estudo anatomopatológico e ao tratamento empregado foram correlacionados com o período de recidiva da doença e com o fenômeno brotamento tumoral (FBT) detectado pelos métodos da hematoxilina-eosina (HE) e imunohistoquímica (IMH). Dos dados avaliados os que apresentaram associação estatisticamente significante com a recidiva da doença foram a infiltração vascular linfática (seis vezes maior, após dois anos de tratamento; p=0,01) e venosa (3,9 vezes e 9,5 vezes maior, após cinco e dois anos, respectivamente; p<0,001). Em relação ao FBT, o que se mostrou estatisticamente significante foi uma maior positividade do FBT (pela técnica HE) nas neoplasias do cólon do que as retais (p=0,03) e uma associação com infiltração vascular venosa e linfática (pelo método IMH) com um risco significativo 7,2 vezes e 2,9 vezes maiores, respectivamente (p=0,02 e p=0,01). O FBT apresentou uma sensibilidade de 35,7% e 71,4%; especificidade de 58,8% e 56,9%; acurácia de 53,8% e 60%; razão de probabilidades positiva de 0,87 e 1,7 e razão de probabilidades negativa de 1,1 e 0,5, pelas técnicas HE e IMH, respectivamente, para o diagnóstico de recidiva de doença. Considerando no modelo de análise discriminante como variável dependente a recidiva, observou-se que a variável selecionada com maior poder de discriminação foi a presença de infiltração vascular venosa com 81,5% de acerto de classificação (p<0,001). Apesar do FBT ser um fator preditor de agressividade tumoral, já que sua positividade está fortemente relacionada à infiltração vascular linfática e venosa por células tumorais, neste estudo, ao avaliar o FBT isoladamente, ele não foi capaz de predizer o risco de recidiva. São necessários outros estudos, com amostras maiores de pacientes, para melhor determinar o significado prognóstico deste parâmetro anatomopatológico.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Some patients at stage I and II (TNM) of colorectal adenocarcinoma feature an unfavorable prognosis, even after the recommended therapy. Certain new factors are being reported in the literature as predictors of poor prognosis, as the presence of tumor budding phenomenon (TBP). The objective of this study was to establish the performance of TBP as prognostic factor in patients at I and II (TNM) clinical stage of colorectal adenocarcinoma. We evaluated 65 patients with colorectal adenocarcinoma, stage I and II (TNM), submitted to colorectal resection with curative intention to treat between 1995 and 2004, and with a follow-up period of five years. Pathological parameters and treatment data, were correlated to the recurrence disease status and tumor budding phenomenon (TBP) detected by hematoxylin-eosin (HE) or immuno-histochemistry (IMH) methods. Pathological parameters with statistically significant association with recurrence of the disease were lymphatic infiltration (six times larger, after two years of treatment; p=0.01) and venous infiltration (3.9 times and 9.5 times higher after five and two years of treatment, respectively; p<0.001). There was a greater presence of TBP (by the technique HE) in colon neoplasms than rectal (p=0.03) and an association with venous and lymphatic vascular infiltration (by IMH method) with a significant risk 7.2 times and 2.9 times greater, respectively (p=0.02 and p=0.01). Concerning the ability to predict recurrence TBP presented sensitivity 35.7% and 71.4%; specificity 58.8% and 56.9%; accuracy of 53.8% and 60%; positive likelihood 0.87 and 1.1 and negative likelihood 1.7 and 0.5, using the techniques HE and IMH, respectively. When recurrence was considered as dependent variable in a discriminant analysis model, the parameter with greater power of discrimination was the presence of venous vascular infiltration with 81.5% hit rating (p<0.001). Despite TBP is considered predictor of tumor aggressiveness, since your positivity is strongly related to venous and lymphatic vascular infiltration by tumor cells, in this study, TBP alone was unable to predict the risk of recurrence. Others studies with larger samples of patients are necessary to better define the prognostic value of this pathologic parameter.pt_BR
dc.format.extent77f. : il. , grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectInvasividade neoplásicapt_BR
dc.subjectAdenocarcinomapt_BR
dc.subjectPrognósticopt_BR
dc.subjectTumores colorretaispt_BR
dc.subjectCirurgiapt_BR
dc.titleFatores prognósticos e recidiva neoplásica em pacientes com adenocarcinoma colorretal estadio I e II (TNM), submetidos a tratamento cirúrgico com intenção curativa : o papel do fenômeno brotamento tumoral avaliado por dois métodos histológicos diferentespt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record