Show simple item record

dc.contributor.authorEspejo, Robert Armandopt_BR
dc.contributor.otherClemente, Ademirpt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduaçao em Contabilidadept_BR
dc.date.accessioned2011-07-18T12:42:21Z
dc.date.available2011-07-18T12:42:21Z
dc.date.issued2011-07-18
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/25897
dc.description.abstractResumo: Práticas de responsabilidade social e adoção de mecanismos de governança corporativa para minimizar os problemas de agência são aspectos que algumas organizações apresentam que podem contribuir para atrair e manter investidores. Especialmente em momentos de crise financeira, como a que se passou em 2008, tais práticas podem ser diferenciais no relacionamento empresa-investidor. Nesse contexto, a presente investigação tem como objetivo verificar se o Índice de Sustentabilidade Empresarial e(ou) nível de governança corporativa são fatores de diferenciação do risco das ações das empresas brasileiras de capital aberto negociadas na Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo - BM&FBOVESPA. Metodologicamente, trata-se de um estudo exploratório, quantitativo, ex post facto, com o emprego de técnicas estatísticas e dados secundários. As cotações das ações das empresas pertencentes ou não ao ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) e detentora de mecanismos diferenciados de governança corporativa (Nível 1, Nível 2 e Novo Mercado) ou não (Sem Governança) foram obtidos nos períodos antes da crise (30/06 a 02/09 de 2008) e durante a crise (03/09/2008 a 05/11 de 2008), por meio do banco de dados Economática Softwares para Investimentos Ltda.. Os resultados apontaram que o Índice de Sustentabilidade Empresarial e os mecanismos diferenciados de governança corporativa, tanto investigando o período antes, quanto durante a crise, podem ser apontados como fatores de redução de risco. Contudo, considerando-se a comparação antes versus durante a crise, somente as empresas pertencentes ao Nível 2 de governança corporativa e listadas no ISE tiveram seu risco reduzido.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectMercado de capitaispt_BR
dc.titleAnálise do risco das ações negociadas na BM e FBOVESPA na crise de 2008 segundo o ISE e os NDGC.pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record