Show simple item record

dc.contributor.advisorInoue, Mário Takao, 1946-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestalpt_BR
dc.creatorMartins, Emerson Gonçalvespt_BR
dc.date.accessioned2023-10-03T19:37:09Z
dc.date.available2023-10-03T19:37:09Z
dc.date.issued2000pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/25429
dc.descriptionOrientador: Mário Takao Inouept_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Data de defesa: 2000.08.30pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Silviculturapt_BR
dc.description.abstractOs objetivos do presente estudo, foram identificar entre as diversas procedências originais de grevílea (Grevillea robusta Cunn), as de maior produtividade no Noroeste e Sudoeste do Estado do Paraná, que possam constituir uma base genética mais promissora para a implementação de um programa de melhoramento. Detectar possíveis diferenças fisiológicas entre quatro procedências de grevulea e suas correlações com variáveis de crescimento estabelecidas no Sudoeste do Estado do Paraná. Quantificar a produção de serapilheira, determinando os teores e conteúdos de nutrientes e caracterizar o estado nutricional das citadas procedências. A seleção genética utilizando o programa SELEGEN, destacou no Noroeste as procedências Mc Phersons, Fine Flower, Paddys Flat e Bottle Creek, no Sudoeste, Fine Flower, Bottle Creek, Mummulgum e Mc Phersons. No Noroeste e sudoeste, os ganhos genéticos estimados para o volume cilíndrico, das procedências australianas com três e quatro anos de idade, foram superiores em 99% e 71% respectivamente, quando comparadas com a testemunha. A transformação de ambas as áreas em Pomar de Sementes por Mudas, resulta um ganho genético estimado para cada Pomar praticamente igual ao ganho genético estimado para a melhor procedência, valores estes que giram em torno de 148% e 117% respectivamente. No caso de instalação de Pomar Clonal, calcula-se que o ganho genético em relação à testemunha, deve ser superior a 187 % e 153% para o noroeste e sudoeste respectivamente. Estes ganhos genéticos confirmam que não existe a necessidade de se retornar à Austrália para se coletar novamente as procedências superiores identificadas para o aumento de volume de madeira. A clorofila b e a relação clorofila alb, foram as variáveis fisiológicas que melhor caracterizaram as diferentes procedências durante as diferentes estações climáticas, correlacionando-se diretamente, (clorofila b) e inversamente (relação clorofila alb), com a velocidade de crescimento em altura durante o ano. Diferenças significativas foram observadas para as variáveis área específica foliar e o peso específico foliar, emtre as procedências de origem australiana e a testemunha. O comportamento das diferentes procedências com relação a concentração dos nutrientes foi semelhante e apresentou a seguinte ordem decrescente; macronutrientes, N> Ca> K> Mg > P e micronutrientes, Mn > Fe > Zn> Cu. A deposição de serapilheira feita pelas diversas procedências de grevílea é positivamente correlacionada com o volume de madeira produzido, sendo a procedência "Fine Flower", a que maior volume de serapilheira depositou durante o ano. A produção em volume de madeira de grevílea é diretamente relacionada com os conteúdos de todos os macronutrientes e micronutrientes, exceto o K e o Zn.pt_BR
dc.description.abstractThe main objectives of this study were: i. to identify the most productive provenances of Grevillea robusta Cunn. for the Northwestern and Southwestern regions of the State of Paraná; ii. to stablish the base populations for future breeding programs; iii. to correlate the growth of the provenance with physiologicai variables; vi. to quantify the deposition of litter, the contents and quantities of macronutrients and micronutrients; v. to characterize the nutritional status of the trees. The genetic selection by means of SELEGEN, pointed out the Northwestern region the foliowing provenances: Mc Phersons, Fine Fiower, Paddys Flat e Bottle Creek for it, and the Southwestem region, Fine Fiower, Bottle Creek, Mummulgum e Mc Phersons for it. The estimates of genetic gains of the best provenance in relation to the local provenance were 99% and 71% for the Northwestern and Southwestern of Paraná respectiveiy. The transformation of both Provenance triais in Seediing Seed Orchards will resuit in genetic gains equal to that obtained for the best provenance (148% and 117% respectively). The estabiishment of Cional Seed Orchards will result in genetic gains of 187% and 153% superior to the control. These estimates prove no need to go back to Australia to collect seeds for the best provenance, for both the Northwestern and Southwestern regions. The chlorophyll b was directly correlated to height growth, while ali the other physiological variables tested did not. The contents of nutrients in the mature leaves were similar in ali provenances. Difference between Australians provenances and local provenance was found in specific area ieaves and specific weight leaves. The concentrations ofmacronutrientes presented the following order N > Ca > K > Mg > P and the micronutrients, Mn > Fe > Zn> Cu. The litter dry weigth was positively correlated with provenances volume. The wood volume production of Grevillea robusta was directly reiated with the amounts of ali litter nutrients, except K and Zn.pt_BR
dc.format.extent126 f. : grafs., tabs. ; 30 cm.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectPlantas - Nutriçãopt_BR
dc.subjectGenetica florestalpt_BR
dc.subjectFisiologia vegetalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectGrevillea robustapt_BR
dc.titleSeleção genética e características fisiológicas e nutricionais de procedências de Grevillea robusta (Cunn.) estabelecidas no Estado do Paranápt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record