Show simple item record

dc.contributor.advisorLingnau, Christelpt_BR
dc.contributor.authorMonteiro, André Luiz Silvapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Engenharia Florestalpt_BR
dc.contributor.otherSouza Junior, Carlospt_BR
dc.date.accessioned2013-06-18T19:20:23Z
dc.date.available2013-06-18T19:20:23Z
dc.date.issued2013-06-18
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/2212
dc.description.abstractO objetivo deste estudo foi avaliar o uso de imagens LANDSAT, ASTER e IKONOS (MS e PSM) para monitorar indicadores de manejo florestal relacionados: i) ao planejamento e construção de estradas e pátios de estocagem; ii) ao impacto da exploração no dossel; iii) a exploração florestal na Unidade de Produção Anual (UPA); iv) ao respeito às Áreas de Preservação Permanente (APPs); e v) a proteção florestal contra incêndios. O estudo foi conduzido em áreas de exploração convencional (EC) e exploração manejada (EM) nas regiões de Paragominas - PA e de Sinop - MT. A técnica de segmentação e classificação orientada a objeto foi testada nas imagens LANDSAT, ASTER e IKONOS para extrair informações como pátios e estradas. Além disso, foi aplicada a técnica de modelo linear de mistura espectral na imagem LANDSAT para extrair informações de pátios e estradas, e para avaliar o impacto da exploração no dossel, o respeito às APPs e a proteção florestal contra incêndios. Trabalhos de campo foram conduzidos nas áreas de estudo para verificar os indicadores de manejo e servir de referência para a avaliação da acurácia das informações obtidas nas imagens. Os resultados mostraram que o monitoramento do indicador: i) dimensão dos pátios de estocagem, pode ser feito em imagem IKONOS PSM; ii) largura da estrada principal em IKONOS MS e PSM; iii) largura da estrada secundária em IKONOS PSM; iv) distância entre pátios e entre estradas secundárias em LANDSAT (processadas por segmentação e classificação orientada a objeto e por modelo linear de mistura espectral), ASTER e IKONOS MS e PSM; e v) impacto da exploração no dossel, exploração florestal na UPA, respeito as APPs e proteção florestal contra incêndios em imagem LANDSAT. O método deste estudo mostrou-se eficiente para distinguir EC de EM através da avaliação remota dos indicadores de manejo florestal. Este método contribui para otimizar os programas de fiscalização e monitoramento do manejo florestal na Amazônia pelas agências ambientais e certificadoras, tornando o processo mais eficiente e confiável. Além disso, o mesmo baixa os custos de fiscalização e auditorias realizadas em campo pelas certificadoras.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectManejo florestal - Amazônia (BR)pt_BR
dc.subjectFlorestas - Sensoriamento remotopt_BR
dc.subjectSensoriamento remotopt_BR
dc.subjectSatelites artificiais em sensoriamento remotopt_BR
dc.subjectSatelites artificiaispt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleMonitoramento de indicadores de manejo florestal na Amazônia Legal utilizando sensoriamento remotopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record