Show simple item record

dc.contributor.advisorTeixeira, Rivanda Meira, 1954-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Administraçãopt_BR
dc.creatorStrobino, Marcia Regina de Campospt_BR
dc.date.accessioned2022-12-15T17:45:25Z
dc.date.available2022-12-15T17:45:25Z
dc.date.issued2009pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/18548
dc.descriptionOrientadora: Rivanda Meira Teixeirapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 17/02/2009pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografia e anexospt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Estratégia e organizaçõespt_BR
dc.description.abstractResumo: Os autores que analisam o conflito trabalho-família, entre eles Hall (1972), Herman e Gyllstrom (1977) e Powell e Greenhaus (2006), têm ressaltado a importância da busca do equilíbrio do tempo na dedicação para o trabalho sem que haja detrimento do tempo dedicado à família. Greenhaus e Beutell (1985) destacaram, porém, três dimensões onde se podem encontrar conflitos entre o trabalho e a família: tempo, tensão e comportamento. O presente trabalho procurou investigar quais os conflitos trabalho-família identificados e enfrentados pelas empreendedoras da construção civil da cidade de Curitiba, com base nas três dimensões de Greenhaus e Beutell (1985). Também buscou identificar as ações adotadas por essas empreendedoras para lidar com os conflitos identificados e analisar se essas ações têm dado resultados positivos. É crescente o número de pequenas empresas brasileiras abertas por mulheres, colocando o Brasil como o quarto país com o maior número de empreendedoras do mundo (GEM, 2008). O setor de construção civil escolhido para a realização do estudo, apesar de ser um setor tipicamente masculino, tem se destacado no empreendedorismo feminino (SEBRAE, 2005). O método de pesquisa adotado foi o multicaso e duas empresas do referido setor foram selecionadas. Foram realizadas entrevistas com as empreendedoras e seus maridos, sendo a primeira, proprietária de uma fábrica de portas e janelas de madeira, e a segunda, de empresa prestadora de serviços de desenho e projetos de arquitetura e decoração e maquetes eletrônicas. As evidências obtidas mostram que ambas as empreendedoras enfrentam conflitos trabalho-família em todas as três dimensões apresentadas por Greenhaus e Beutell (1985), mas que praticam ações para minimizar as conseqüências dos conflitos ou mesmo eliminá-los. Tais ações, segundo as entrevistadas, têm surtido efeitos positivos na busca do equilíbrio entre o trabalho e a família. Na tentativa de contribuir teoricamente para estudos futuros sobre o conflito trabalho-família, esta pesquisa apresenta um modelo de identificação dos fatores geradores de conflitos, tanto no trabalho quanto na família, dentro das dimensões tempo, tensão e comportamento.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The authors who analyze the work-family conflict, among them Hall (1972), Herman and Gyllstrom (1977), Powell and Greenhaus (2006), have shown the importance of searching the balance between time in the devotion to the work without detriment of the dedicated time to the family. Greenhaus and Beutell (1985) had detached three dimensions where conflicts between work and family can be found: time, tension and behavior. The present work looked out to investigate which are the conflicts work-family identified and faced by the female entrepreneurs in the sector of civil construction in the city of Curitiba, based on Greenhaus and Beutell's (1985) three dimensions. Intended, also, identify the actions adopted by these entrepreneurs to deal with the identified conflicts and analyze if these actions drove to positive results. The number of small Brazilian companies opened by women is increasing, placing Brazil as the fourth country with the biggest number of female entrepreneurs in the world (GEM, 2008). The chosen of civil construction for the accomplishment of this study, although being a typically masculine sector, has been the detached of the feminine entrepreneurship in the sector (SEBRAE, 2005). The adopted method of research was the multicase. So, two companies of the related sector had been selected. Interviews with the entrepreneurs and their husbands had been carried through. The first one is proprietor of wooden doors and windows plant, and the second, of a company that draws architecture and decoration projects and electronic mockups. The evidences show that both entrepreneurs face work-family conflicts in all three dimensions presented by Greenhaus and Beutell (1985), and that they practice actions to minimize the consequences of the conflicts or even to eliminate them. Such actions, according to the interviews, have occasioned positive effects in the search for the balance between work and family activities. In the attempt to a theoretically contribution for future studies about work-family conflict, this research presents a model for the identification of the generating factors of conflicts between work and family inside the dimensions time, tension and behavior.pt_BR
dc.format.extent133f. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectMulheres executivaspt_BR
dc.subjectEmpreendedorismopt_BR
dc.subjectFamília e trabalhopt_BR
dc.subjectAdministraçãopt_BR
dc.titleO empreendedorismo feminino e o conflito trabalho-família : estudo de multicasos no setor da construção civil da cidade de Curitibapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record