Show simple item record

dc.contributor.advisorNogueira, Antonio Carlos, 1950-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestalpt_BR
dc.creatorFossati, Luiz Claudiopt_BR
dc.date.accessioned2023-08-17T18:08:49Z
dc.date.available2023-08-17T18:08:49Z
dc.date.issued2007pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/14584
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Antonio Carlos Nogueirapt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 10/12/2007pt_BR
dc.descriptionInclui bibliografiapt_BR
dc.descriptionÁrea de concentraçao : Silviculturapt_BR
dc.description.abstractEste trabalho objetivou avaliar a influência da luz, temperatura, substrato e tamanho das sementes na qualidade fisiológica das sementes de Ocotea puberula, Prunus sellowii e Piptocarpha angustifolia; determinar as diferenças entre populações e árvores porta-sementes, quanto a qualidade física e fisiológica das sementes e verificar as correlações existentes com as características fenotípicas das árvores porta-sementes e com as características químicas do solo das populações. Foram selecionadas três populações no planalto norte de Santa Catarina, Brasil, coletando-se sementes de doze árvores porta-sementes por espécie e população. Avaliou-se pureza, teor de água, peso, dimensões, germinação, emergência e vigor das sementes. Os ensaios obedeceram a um delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial de forma hierárquica. As diferenças entre populações e árvores porta-sementes, foram testadas pela Anova e as médias foram submetidas ao teste de Tukey e Scott & Knott, respectivamente. As variáveis também foram avaliadas pela análise de correlação linear simples. Observou-se que quando a finalidade é o melhoramento genético, há a necessidade de selecionar árvores porta-sementes superiores, independente da população para obter maior germinação e vigor de sementes de Ocotea puberula; para Prunus sellowii deve-se selecionar populações e árvores porta-sementes e para Piptocarpha angustifolia não há justificativa para selecionar populações ou árvores porta-sementes, recomendando-se comparar populações e indivíduos desta com as de diferentes regiões ecológicas. Se a finalidade for recuperação de áreas degradadas, recomenda-se coletar sementes de Ocotea puberula de diferentes árvores porta-sementes de uma mesma população para o caráter germinação e vigor, que provavelmente estará se garantindo a diversidade fenotípica, para Prunus sellowii recomenda-se coletar sementes de diferentes árvores porta-sementes e populações e para Piptocarpha angustifolia usá-las sem seleção apenas como colonizadoras iniciais, para não introduzir genótipos exóticos, porque a baixa diversidade é característica da espécie, cujas sementes são dispersas facilmentept_BR
dc.description.abstractThe aimed of this work was evaluate the influence of light, temperature, substrat and seed size in the physiologic quality of the seeds of Ocotea puberula, Prunus sellowii and Piptocarpha angustifolia; determining the differences between populations and seeds-bearer trees, regarding the seeds physical and physiologic quality and verifying the existing correlations between the phenotypic characteristics of the seeds-bearer trees and the soil chemical characteristics of the populations. Three populations were selected in Santa Catarina's north plateau, Brazil, being collected seeds from twelve seeds-bearer trees per species and population. It was evaluated purity, water content, weight, dimensions, germination, emergence and vigor of the seeds. The tests obeyed an full random design in factorial arrangement of hierarchical form. The differences between populations and seed-bearer trees were tested by Anova and averages were submitted to Tukey and Scott & Knott test, respectively. The variables were also evaluated by the analysis of simple lineal correlation. It was observed that when the purpose is the genetic improvement, there is the need to selected superior seeds-bearer trees, regardless of population to obtain greater germination and vigor of Ocotea puberula seeds; for Prunus sellowii populations and seed-bearer trees must be selected and for Piptocarpha angustifolia there is no reason to selected populations or seeds-bearer trees, being recommended to compare these populations and individuals with the ones from different ecological regions. If the purpose is the recovery of degraded areas, it is recommended to collected seeds from different Ocotea puberula seeds-bearer trees of the same population for the germination and vigor character, when the phenotypic diversity will probably be guaranteed, for Prunus sellowii it is recommended to collected different seeds from seeds-bearer trees and populations and as for Piptocarpha angustifolia, they can be used without selection just as initial colonisers, not to introduce foreign genotypes, because the low diversity is a characteristic of the species, whose seeds are dispersed easily.pt_BR
dc.format.extent176f. : il. algumas color., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectLauráceapt_BR
dc.subjectPlantas - Efeito da luzpt_BR
dc.subjectPlantas - Efeito da temperaturapt_BR
dc.subjectSementes - Qualidadept_BR
dc.subjectSementes - Qualidadept_BR
dc.subjectRecursos florestais e engenharia florestalpt_BR
dc.subjectOcoteapt_BR
dc.titleEcofisiologia da germinação das sementes em populaçoes de Ocotea puberula (Rich.) Ness, Prunus sellowii Koehne e Piptocarpha angustifolia Dusen Ex Malmept_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record