Show simple item record

dc.contributor.advisorSmidt, Eric de Camargo, 1977-pt_BR
dc.contributor.authorPáez, Michelle Estefania Zavalapt_BR
dc.contributor.otherVieira, Leila do Nascimento, 1987-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservaçãopt_BR
dc.date.accessioned2021-06-29T17:59:23Z
dc.date.available2021-06-29T17:59:23Z
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/71319
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Eric de Camargo Smidtpt_BR
dc.descriptionCoorientadora: Profa. Dra. Leila do Nascimento Vieirapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação. Defesa : Curitiba, 18/02/2020pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 34-41pt_BR
dc.description.abstractResumo: Bulbophyllum é o maior gênero Pantropical de Orchidaceae, com ca. 2.200 espécies, embora sua distribuição não seja homogênea em toda a sua extensão. A região Paleotropical é a mais rica em espécies deste gênero, com centenas ocorrendo na Ásia, seguida pela África e depois pelo Neotrópico com aproximadamente 60 espécies. Na região Neotropical, o gênero possui seis linhagens, duas acima do Equador e quatro principalmente na Mata Atlântica e no Cerrado brasileiro. Embora a filogenia e taxonomia do gênero sejam bem compreendidas nas Américas, alguns complexos de espécies ainda precisam de mais estudos em relação a sua delimitação e portanto, é necessário o desenvolvimento de marcadores moleculares específicos. Pesquisas anteriores sugerem que o genoma plastidial aumenta a resolução filogenética em baixos níveis taxonômicos e é uma ferramenta eficaz para identificar sequencias com alta variação. Diante disso, neste estudo foram sequenciados o genoma plastidial de oito espécies de Bulbophyllum, representando cinco seções neotropicais, usando a plataforma de sequenciamento Illumina MiSeq. Todos os genomas conservaram a típica estrutura dividida em quatro partes e embora a estrutura geral dos genomas foi conservada, foram detectadas diferenças na composição dos genes da família ndh e no comprimento total. O comprimento total foi determinado pela contração e expansão da cópia única menor como resultado da perda independente dos genes ndh presentes nessa região. A análise de seleção positiva indicou que os genes codificadores de proteínas eram geralmente bem conservados. No entanto, foram identificados 95 possíveis sítios sob seleção positiva distribuídos em quatro genes. Além disso, um total de 54 microssatélites foram identificados e iniciadores específicos para o gênero Bulbophyllum foram desenvolvidos. As dez sequências mais variáveis (trnR-atpA, trnM-aptE, ccsA-ndhD, clpP-psbB, trnS-trnG, psbB-psbT, atpH-atpI, psbK-psbI, rpl32-trnL e matK-trnK) foram propostas como potenciais marcadores moleculares para identificar espécies deste gênero e melhorar a resolução filogenética. O presente estudo fornece ótimos recursos moleculares para Bulbophyllum, que inclui um total de 54 microssatélites e marcadores moleculares das dez principais regiões mais variáveis com seus primers específicos.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Bulbophyllum is the largest Pantropical genus of Orchidaceae, with ca. 2,200 species, although its distribution is not homogeneous over its entire range. The Paleotropical region is the richest in species of this genus, with hundreds occurring in Asia, followed by Africa and then the Neotropics that has about 60 spp. In the Neotropics, the genus has six lineages, two above the Equator and four mainly in Brazil Atlantic Rainforest and Cerrado. Although the phylogeny and taxonomy of the genus are well understood in the Americas, some complex - species need more studies in its delimitation. Therefore, the development of specific molecular markers is required. Previous research suggests that the plastid genome increases phylogenetic resolution at low taxonomic levels and considers it an effective tool for detected effective divergence sequences. In this study, we sequenced the complete plastid genome of eight Bulbophyllum species, representing five Neotropical sections, using an Illumina MiSeq Platform. All genomes conserve the typical quadripartite structure and although the general structure of plastid genomes is conserved, differences in ndh genes composition and total length were detected. The total length was determined by the contraction and expansion of the small singlecopy region due to the independent loss of the seven ndh genes present in this region. Positive selection analyses indicated that protein-coding genes were generally well conserved, however, we identified 95 putative sites under positive selection distributed in four genes. Furthermore, a total of 54 polymorphic SSRs were identified and specific primer pairs were developed. In addition, we propose ten sequences (trnR-atpA, trnM-aptE, ccsA-ndhD, clpP-psbB, trnS-trnG, psbB-psbT, atpH-atpI, psbK-psbI, rpl32-trnL, and matK-trnK) as potential molecular markers to identify Bulbophyllum species and improve the phylogenetic resolution of this genus. The present study provides great molecular resources for Bulbophyllum, which includes a total of 54 microsatellites and molecular markers from the ten most variable regions with their specific primers.pt_BR
dc.format.extent1 arquivo (58 p.) : il. (algumas color.).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languageInglêspt_BR
dc.subjectOrquideapt_BR
dc.subjectGenomaspt_BR
dc.subjectCloroplastospt_BR
dc.subjectEvolução molecularpt_BR
dc.subjectEcologiapt_BR
dc.titleAnálise comparativa do genoma plastidial de linhagens neotropicais de Bulbophyllum Thouars (Orchidaceae; Epidendroideae)pt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record