Show simple item record

dc.contributor.authorMenezes Junior, Francisco José de, 1994-pt_BR
dc.contributor.otherLeite, Neivapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Educação Físicapt_BR
dc.date.accessioned2019-09-30T14:21:03Z
dc.date.available2019-09-30T14:21:03Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/61871
dc.descriptionOrientadora: Prof(a). Dr(a). Neiva Leitept_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Defesa : Curitiba, 26/02/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p. 94-106pt_BR
dc.description.abstractResumo: O pico máximo do consumo de oxigênio relativo à massa corporal (VO2picoMC) em adolescentes pode ser estimado a partir do teste shuttle run de 20 metros (SR- 20m) por várias equações, porém inexistem equações validadas para predição do VO2picoMC em adolescentes com excesso de peso. O deslocamento durante o teste SR-20m com maior sobrecarga corporal pode acarretar erro intrínseco nas equações existentes, que não consideraram a condição de excesso de peso. Portanto, o objetivo é desenvolver equações para estimar o VO2picoMC por meio do teste SR-20m em adolescentes e validá-los para indivíduos com excesso de peso. Foram avaliados 115 adolescentes, de ambos os sexos, com idade entre 10 e 17 anos. Avaliaram-se medidas antropométricas, a maturação biológica, composição corporal, histórico de atividades físicas e tempo diário de comportamento sedentário. Os participantes foram divididos em três grupos: eutróficos (n=40), sobrepeso (n=38) e obesos (n=37), conforme o índice de massa corporal escore Z (IMC-z). Mensurou-se a aptidão cardiorrespiratória (APCR) por meio do teste SR-20m, sendo medido o VO2pico em valores absolutos (VO2picoL/min) com o analisador metabólico (k4 b², cosmed) e convertido para VO2picoMC e relativo à massa livre de gordura (VO2picoMLG). Os modelos de equação foram desenvolvidos a partir da combinação de variáveis com maior força de prever o VO2picoMC, por meio de regressão linear múltipla. A análise de variância de medidas repetidas foi utilizada para verificar diferenças médias entre o VO2picoMC medido e o calculado pelos novos modelos e das cinco equações previamente publicadas na literatura. As equações também foram avaliadas quanto ao desempenho, precisão de estimativa e concordância com o VO2picoMC medido. Considerou-se significante o p<0,05. O uso do equipamento K4b² não influenciou o desempenho dos adolescentes durante o teste SR-20m. O VO2picoMC foi o que melhor evidenciou as diferenças nas características da amostra. Foram elaborados três modelos de equações, sendo que o modelo A incluiu as variáveis preditoras de número de voltas, IMC-z, estatura, faixa etária e sexo, e apresentou relevante desempenho (r=0,817, EPE=5,15 p<0,001), precisão (Viés =0,426±5,16 ml/kg/min) e concordância (r=0,228, p=0,397) com o VO2picoMC medido. O modelo B identificou como preditores as variáveis de número de voltas, FCmax IMC-z, estatura, faixa etária e sexo, e, também apresentou relevante desempenho (r=0,819, EPE=5,01, p<0,001), precisão (Viés=0,649±5,14 ml/kg/min) e concordância (r=0,267, p=0,317) com o VO2picoMC medido. Enquanto que o modelo C exibiu maior desempenho (r=0,839, EPE=4,85, p<0,001), precisão (Viés=0,952±4,82 ml/kg/min) e concordância (r=0,262, p=0,327) com o VO2picoMC medido, sendo que considerou as variáveis de número de voltas, FCmax IMC-z, estatura, classificação da porcentagem de gordura, faixa etária e sexo. Somente uma equação da literatura demonstrou validade para predizer o VO2picoMC em adolescentes com excesso de peso, entretanto, com menor precisão e desempenho em relação às equações propostas nesta pesquisa. Conclui-se que os modelos propostos apresentaram desempenho, precisão e concordância validos para estimar o VO2picoMC em indivíduos com excesso de peso. Considera-se o modelo A com maior aplicabilidade clínica, por utilizar variáveis de fácil mensuração na prática do profissional da educação física, evidenciando modelo potencial para estudos epidemiológicos ou em grandes amostras. Palavras-chave: Aptidão cardiorrespiratória. Consumo de oxigênio. Teste de esforço. Adolescentes. Obesidade.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The maximum peak oxygen consumption relative to body mass (VO2peakBM) in adolescents can be estimated from the 20-meter shuttle run test (SR-20m) by several equations, but there are no validated equations for prediction of VO2peakBM in adolescents with excess of Weight. During the SR-20m test the higher body overload can lead to an intrinsic error in the existing equations, which did not consider the overweight condition Therefore, the aim is to develop equation models to estimate the VO2peakBM through the SR-20m test for adolescents and to validate the models for who present overweight. A total of 115 adolescents of both sexes, aged between 10 and 17 years, were evaluated. Anthropometric measures, biological maturation, body composition, history of physical activities and daily time of sedentary behavior were evaluated. Participants were divided into three groups: eutrophic (n=40), overweight (n=38) and obese (n=37), according to body mass index Z score (BMI-z). The cardiorespiratory fitness (CRF) was measured using the SR-20m test, VO2peak was measured in absolute values (VO2peakL/min) with the metabolic analyzer (k4b², cosmed) and converted to VO2peakBM and relative to the fat-free mass (VO2peakFFM). The equation models were developed from the combination of variables with greater force to predict the VO2peakBM, through multiple linear regression. The analysis of variance of repeated measures was used to verify mean differences between the VO2peakBM measured and the calculated by the new models and the five equations previously published in the literature. The equations were also evaluated for performance, accuracy of estimation and agreement with the measured VO2peakBM. was considered significance of p<0.05. The use of K4b2 equipment did not influence the performance of adolescents during the SR-20m test. VO2peakBM was the best evidence of the differences in the characteristics of the sample. Three models of equations were elaborated, and model A included predictors of number of lapses, BMIz, height, age and sex, and presented a relevant performance (r=0.817, SEE=5.15 p<0.001), precision (bias=0.426 ± 5.16 ml/kg.min) and agreement (r=0.228, p=0.377) with the measured VO2peakBM. The model B identified as predictors the variables of number of turns, HRmax BMI-z, height, age group and sex, and also presented relevant performance (r=0.819, EPE=5.01, p <0.001), precision (bias=0,649±5.14 ml/kg.min) and agreement (r=0.267, p=0.317) with the measured VO2peakBM. While model C showed a higher performance (r=0.839, EPE=4.85, p<0.001), precision (bias=0.952±4.82 ml/kg.min) and concordance (r=0.262, p=0,317) with the VO2peakBM measured, and considered the variables of lap number, HRmax BMI-z, height, fat percentage, age and sex. Only one equation in the literature demonstrated the validity to predict VO2peakBM in overweight adolescents, however, with less precision and performance in relation to the equations proposed in this research. In conclusion, the models presented valid performance, accuracy and agreement to estimate VO2peakBM in overweight individuals. It is considered the model A with greater clinical applicability, to use variables of easy measurement in the practice of the physical education professional, evidencing a potential model for epidemiological studies or in large samples. Key-words: Cardiorespiratory fitness. Oxygen uptake. Cardiopulmonary Exercise Test. Adolescents. Obesity.pt_BR
dc.format.extent126 p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectConsumo de oxigeniopt_BR
dc.subjectTeste de esforçopt_BR
dc.subjectAdolescentespt_BR
dc.subjectObesidadept_BR
dc.subjectEducação Físicapt_BR
dc.titlePredição de pico de consumo de oxigênio por meio do teste de 20 metros shuttle run em adolescentes com excesso de pesopt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record