Show simple item record

dc.contributor.advisorAlmeida, José Felipe Araujo de, 1979-pt_BR
dc.contributor.authorDantas, Alessandro Valério, 1992-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômicopt_BR
dc.date.accessioned2019-07-08T15:52:50Z
dc.date.available2019-07-08T15:52:50Z
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/61229
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Felipe Almeidapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico. Defesa : Curitiba, 25/02/2019pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p.120-132pt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta dissertação apresenta uma análise histórica e socioeconômica da cultura fitness e das academias. Os objetivos do presente estudo são i) examinar as condições sociais, econômicas e tecnológicas que permitiram e corroboraram com a expansão do consumo de academias e ii) delinear quais os principais atrativos dessa categoria para o consumidor. Para definir o modo de pesquisa foi utilizado uma base teórica estruturada a partir dos escritos de Pierre Bourdieu e expandida com o auxílio de teorias da Economia Institucional, Sociologia do Consumo, Análise de Discursos e Economia Comportamental. A análise é dividida em duas partes. Na primeira, com uma divisão baseada em valores socioculturais, são apresentados os elementos que influenciaram no surgimento da cultura fitness - entre eles o papel instrumental do condicionamento físico no passado, a reestruturação da masculinidade, a relação entre aparência e feminilidade, uma demanda maior pelo esforço individual na manutenção de saúde e a ascensão da cultura do consumo. Na segunda parte, os elementos apresentados anteriormente são conectados ao surgimento das academias e os atrativos desses espaços são examinados a partir do contexto apresentado. Por fim, é oferecido um breve panorama atual das academias e discutido como o fenômeno contemporâneo da internet pode estar influenciando a cultura fitness. Conclui-se que os valores socioculturais, em conjunto com a busca pelo capital físico, são extremamente importantes para que as academias tenham apelo para com o consumidor, mas que uma vez dentro delas, o hábito, a socialização e o auto aprimoramento são peças fundamentais para que haja a incorporação do gosto pelo agente social. Palavras-chave: socioeconomia; consumo; fitness; academia.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This dissertation develops an historical and socioeconomical analysis about fitness culture, health clubs and gyms. The goals of the study are: i) investigate the social, economic, and technological conditions that allowed and borne out the expansion of the consumption of health clubs and gyms, and ii) outline the most important appeals of this category to the consumers. To delineate the research plan a theoretical framework based on the writings of Pierre Bourdieu and expanded with the help of theories from Institutional Economics, Sociology of Consumption, Discourse Analysis and Behavioral Economics was utilized. The analysis is divided in two parts. In the first, with a classification based in sociocultural values, it is presented the most influential elements on the fitness culture emergence - among them, the instrumental value of physical fitness in the past, the restructuration of masculinity, the link between appearance and femininity, the health transition to an individual matter, and the rise of the consumer culture. In the second part, it is stablished the connections between the elements discussed in the first one with the advent of the health clubs and modern gyms and the appeals of these space are investigated under the offered context. Last, it is offered a brief overview about the fitness clubs current frame and it is discussed how the internet phenomenon could be influencing the fitness culture. It is concluded that sociocultural values, together with the pursue of physical capital, are extremely important to the consumer's appeal of health clubs and gyms, but, once inside these spaces, habits, socialization and selfmelioration are key issues to the incorporation of the taste by the social agent.pt_BR
dc.format.extent160 p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectConsumo (Economia) - Aspectos sociaispt_BR
dc.subjectAcademias de ginásticapt_BR
dc.subjectCrescimento e Desenvolvimento Econômicopt_BR
dc.titleCultura do consumo fitness : uma análise socioeconômica das academiaspt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record