Show simple item record

dc.contributor.advisorPorsse, Alexandre Alves, 1974-pt_BR
dc.contributor.authorMeneghini, Marcos Santospt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômicopt_BR
dc.date.accessioned2018-06-05T18:54:14Z
dc.date.available2018-06-05T18:54:14Z
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/55797
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Alexandre Alves Porssept_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico. Defesa : Curitiba, 09/03/2018pt_BR
dc.descriptionInclui referências: p.81-89pt_BR
dc.description.abstractResumo: O trabalho investiga as origens de disparidades no desenvolvimento regional no Estado do Paraná e o impacto do desenvolvimento financeiro sobre a renda de seus municípios. Devido à política imperial de divisão espacial através da concessão de Sesmarias, a partir do século XVII, as regiões afetadas pelo ciclo do ouro apresentam atualmente características em comum relacionadas à maior concentração de terra e cujas raízes estão, ao menos parcialmente, na herança colonial portuguesa. Em contraposição, as cidades paranaenses formadas a partir de experiências organizadas de ocupação do solo entre os anos 1920-60 via ação estatal ou de companhias colonizadoras possuem maiores capital social e desenvolvimento financeiro no século XXI. Na média, as prefeituras atingidas pela Política de Sesmarias apresentam pior qualidade na governança municipal, com menores gastos per capita com saúde e saneamento, com educação e cultura e com administração e planejamento, além de maior número de crimes contra a pessoa e maior Índice de Gini da terra. Os municípios oriundos de divisão mais equânime da terra detêm atualmente maior desenvolvimento financeiro (crédito cooperativo per capita) e mais acesso ao mercado de crédito (postos de atendimento cooperativo por 100 mil habitantes). O impacto do crédito cooperativo na renda média domiciliar per capita em 2010 era da ordem de 0,052 em escala logarítmica, e sobre o valor adicionado bruto da agropecuária, de 0,118. Ao trazer o arcabouço histórico-institucional tradicionalmente utilizado na literatura de análise do desenvolvimento entre países para o nível subnacional, o trabalho contribui para a expansão dos limites desta área da ciência econômica no contexto brasileiro, ainda pouco explorado sob o prisma da história como determinante para os resultados socioeconômicos locais. Palavras-chave: Colonização. Instituições. Crédito. Desenvolvimento.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The work investigates the origins of regional development disparities in the State of Paraná and the impact of financial development on the income of its municipalities. Due to the imperial policy of spatial division through the Sesmarias concession, from the 17th century onwards, the regions affected by the gold cycle now have common features related to the greater concentration of land and whose roots are at least partially in the Portuguese colonial heritage. In contrast, the cities of Paraná formed from organized experiences of territorial occupation between the years 1920-60 via state action or colonizing companies have greater social capital and financial development in the XXI century. Municipalities affected by the Sesmarias Policy have on average worse governance quality, with lower per capita spending on health and sanitation, education and culture, and administration and planning, higher number of violent crimes and higher land Gini Index. The municipalities whose origins can be traced back from most equitable division of the land currently have greater financial development (cooperative credit per capita) and more access to the credit market (cooperative service outposts per 100,000 inhabitants). The impact of cooperative credit on average household income per capita in 2010 was of the order of 0.052 in logarithmic scale and on the gross value added of agriculture and livestock of 0.118 log points. By bringing the historical-institutional framework traditionally used in the cross country literature of development analysis to the subnational level the work contributes to the expansion of the limits of this area of economic science in the Brazilian context, still little explored from the prism of history as a determinant for the local socioeconomic results. Keywords: Colonial Rule. Institutions. Credit. Development.pt_BR
dc.format.extent89 p. : il., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDesenvolvimento regional - Paranápt_BR
dc.subjectDesenvolvimento econômicopt_BR
dc.subjectParaná - Colonização - Aspectos econômicospt_BR
dc.subjectParaná - Finançaspt_BR
dc.titleDesenvolvimento econômico no estado do Paraná : uma investigação sobre herança colonial e desenvolvimento financeiropt_BR
dc.typeDissertação Digitalpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record