Show simple item record

dc.contributor.advisorFávaro, Luis Fernandopt_BR
dc.contributor.authorPossamai, Biancapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservaçãopt_BR
dc.date.accessioned2015-05-26T18:39:12Z
dc.date.available2015-05-26T18:39:12Z
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/37980
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Luis Fernando Fávaropt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação. Defesa: Curitiba, 20/03/2015pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: A maricultura é uma atividade crescente e importante, pois complementa a demanda por recursos pesqueiros marinhos. A instalação das estruturas de cultivos proporciona substrato para que larvas de organismos incrustantes assentem, criando um ambiente novo, assemelhando-se aos recifes coralíneos e rochosos naturais. Desse modo, pequenas espécies de peixes crípticas, naturais de ambientes consolidados, são atraídas e passam a fazer parte da fauna do cultivo, diferindo da fauna original do local. A espécie Hypleurochilus fissicornis é um peixe da família Blenniidae, com hábitos crípticos e de pequeno porte. Habita recifes costeiros coralíneos e rochosos em uma estreita faixa que vai do estado do Espírito Santo (Brasil) até Mar del Plata (Argentina). A espécie é abundante em mariculturas no sul do Brasil e, foi escolhida como alvo do presente estudo por ter se estabelecido nesse ambiente artificial, com maior abundância do que em sistemas naturais. Objetivando entender a utilização de um cultivo de bivalves pela espécie, o estudo abrangeu a reprodução e a alimentação. A análise reprodutiva permitiu verificar uma ovogênese com o mesmo padrão descrito para outros teleósteos, mas com complexidade na espermatogênese, devido à presença da glândula testicular no centro dos testículos. O pico reprodutivo ocorreu no inverno e a desova foi caracterizada do tipo parcelada. Ao término da estação reprodutiva, a espécie abandona o cultivo de bivalves, retornando posteriormente para iniciar um novo ciclo, permitindo assim caracterizar a área de cultivo como sítio reprodutivo da espécie. A espécie apresenta uma dieta especialista tendo os hidrozoários como presa preferencial, entretanto, outros itens alimentares de maior valor energético (como crustáceos) são utilizados para complementar a dieta. Devido a disponibilidade dos itens alimentares complementares no ambiente, o consumo dos mesmos varia temporalmente, com um maior consumo de itens complementares, de maior valor energético, no período reprodutivo. A análise ontogenética revelou que juvenis de H. fissicornis predam uma diversidade de itens, mas com dominância de ostracodas, enquanto os adultos consomem dominantemente hidrozoários e algumas cracas. Assim, constatamos que a estrutura da maricultura permite que a espécie se estabeleça e que a área de cultivo seja utilizada como sítio reprodutivo devido à maior proteção e disponibilidade de conchas vazias para a formação de ninhos, promovendo ainda a manutenção de recursos alimentares, predominantemente incrustantes, os quais não ocorreriam em tamanha abundância na área sem a presença do cultivo. Palavras-chave: cultivo de bivalves, gametogênese, período de desova, hábito alimentar, dieta especialista, peixes recifais.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Mariculture is a growing and important activity because complements the demand of marine fisheries resources. The installation of mariculture structures provides substrate to larvae settlement of incrustants organisms, creating a new environment, resembling to the coral and rock natural reefs. Small species of cryptic fishes natural of consolidated environments are attracted and they become part of the associated fauna that differs from the original local fauna. The species Hypleurochilus fissicornis is a fish of Blenniidae family with cryptic habits and small size. Inhabit coastal coral and rocks reefs in a slight range from Espírito Santo state (Brazil) to Mar del Plata (Argentina). The specie is abundant in mariculture of South of Brazil and is well-established in such artificial environments, being more abundant than in natural systems. In order to understand the utilization of a bivalve culture by this species, the reproduction and feeding habits were analyzed. The reproductive analysis showed that the oogenesis has the same pattern observed in other teleosts, but spermatogenesis showed very complex dynamics due to the testicular gland in center of the testis. The reproductive peak occurred in winter and spawning was fractionated. In the end of the reproductive season the species leaves the bivalve culture, returning again when a new reproductive cycle starts, what lead us to characterize those cultures as a reproductive areas for this specie. The species presents a specialist diet having hydrozoans as preferential prey, however others items with more energetic value (like crustaceans) are used to complement the diet. The consumption of complementary feeding items (with higher energetic value) varies with season, being increased in the reproductive period. Ontogenetic analysis showed that juvenile of H. fissicornis consumes a wide variety of items, with dominance of ostracods, whereas the adults consume mainly hydrozoans and barnacles. We found that the mariculture structure allows the specie establishment and that the culture area is used as a reproductive site since it provide shelter, empty shells for nests and food resources (principally incrustans), whose would not be available in high abundance in this areas without the bivalve culture. Key-words: bivalve culture, gametogenesis, spawning season, feeding habits, specialist diet, reef fishes.pt_BR
dc.format.extent65f. : il., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectEcologiapt_BR
dc.titleBiologia reprodutiva e alimentar de Hypleurochilus fissicornis (Actinopterygii: Blenniidae) em uma maricultura nas adjacências da Baía de Guaratuba, Brasilpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record