Show simple item record

dc.contributor.authorBorn, Jeferson Carlospt_BR
dc.contributor.otherCavalieri, Marco Antonio Ribaspt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômicopt_BR
dc.date.accessioned2015-03-17T18:12:02Z
dc.date.available2015-03-17T18:12:02Z
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/37293
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Marco A. Ribas Cavalieript_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico. Defesa : 02/12/2014pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.description.abstractResumo: Essa pesquisa analisa o nível de ajuste do processo de elaboração do planejamento estratégico da Secretaria Municipal de Trânsito às melhores práticas apontadas pela literatura na área de estratégia. O problema estudado decorre do fato de que os órgãos públicos têm dificuldades em dar continuidade aos projetos que foram planejados. Isso acontece principalmente pelo término de mandato ou pela falta, ou mau uso, de ferramentas de planejamento com qualidade. Para essa pesquisa foi realizado levantamento das estruturas do planejamento estratégico e sua relação com o setor público dos autores Drucker, Ackoff, Ferrari, Thompson e Strickland, Mintzberg, Ahlstrand e Lampel, Certo e Peter, Pfeiffer e Matus. O levantamento conceitual e da estrutura do planejamento serviu de base para a formação de critérios que apresentassem condições de avaliar o nível de ajuste do processo de planejamento estratégico da Secretaria. Na pesquisa verificou-se que os autores estudados apresentam estruturas de planejamento estratégico com etapas comuns na sua elaboração desde a etapa preliminar do projeto até as etapas de controle, medição e revisão. Em relação ao planejamento estratégico público algumas alterações são necessárias pelas características peculiares ao setor público. Algumas críticas ao planejamento estratégico foram levadas em consideração na análise, como: a relação do benefício gerado e os custos na realização do mesmo; se o planejamento realmente motiva boa parte dos envolvidos no processo; e a falta de explicação de como os planejadores devem trabalhar com pressão política e com as dificuldades em medir os resultados das políticas públicas. Trata-se de pesquisa aplicada, de natureza qualitativa, descritiva com uso de pesquisa bibliográfica e documental. A coleta dos dados foi realizada por meio de entrevistas não estruturadas e não dirigidas, realizadas em três etapas. A análise dos dados coletados traz os seguintes resultados: dos vinte e um critérios analisados, apenas cinco critérios foram atingidos de forma satisfatória. Três critérios foram atingidos parcialmente e treze critérios foram considerados como não atingidos. Os problemas que mais chamaram atenção foram a falta de reuniões que antecederam a elaboração do planejamento, a falta de participação de todos os envolvidos e a falta de revisão e formulação constante dos objetivos. Já os pontos positivos estão na preocupação com a capacitação dos envolvidos, o estabelecimento e a divulgação da missão, a definição de objetivos com sentido social e o alinhamento com o planejamento da Prefeitura. Diante da quantidade de critérios avaliados e do baixo atendimento a tais critérios, considera-se que o processo de elaboração do planejamento estratégico da Secretaria Municipal de Trânsito apresenta baixo nível de ajuste às melhores práticas apontadas pelos autores mencionados nesta pesquisa. Independentemente do resultado da análise, os resultados apresentados podem auxiliar a Secretaria na revisão do planejamento, fornecendo referências bibliográficas importantes para o aprofundamento de assuntos considerados essenciais. Palavras-chave: Planejamento estratégico. Administração pública. Melhores práticas.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This research analyzes the level of adjustment on the preparation of the strategic planning process of the City Traffic Department to the best practices defined by the literature in the strategy field. The studied problem stems from the fact that public bodies have difficulties in continuing the projects that were planned. This happens because of the mandate termination, lack, or misuse, of planning quality tools. For this research was conducted survey of the strategic planning structures and their relationship with the public sector of the authors Drucker, Ackoff, Ferrari, Thompson and Strickland, Mintzberg, Ahlstrand and Lampel, Certo and Peter Pfeiffer and Matus. The conceptual survey and planning structure was the basis for the formation of criteria to submit a position to evaluate the adjustment level of the strategic planning process of the Secretariat. In the survey it was found that the studied authors present strategic planning structures with common steps in its development from the preliminary stage of the project up to the steps of control, measurement and review. With regard to the public strategic planning some changes are necessary given the features of the public sector. Some critical to the strategic planning were considered in the analysis, as the ratio of the generated benefits and costs in the realization of it; if planning really motivates people involved in the process; and the lack of explanation of how planners should work with political pressure and the difficulties in measuring the results of public policies. This is applied research, qualitative, descriptive with the use of bibliographic and documentary research. Data collection was performed by means of unstructured and interviews not directed, performed in three steps. The analysis of the collected data gives the following results: from the twenty-one criteria analyzed, only five criteria were met satisfactorily. Three criteria have been met partially and thirteen criteria were considered as not affected. The problems that called more attention were the lack of meetings leading up to the preparation of the planning, lack of participation of all involved and the lack of constant revision and formulation of goals. The positive side is a concern for training people involved, the establishment and dissemination of the mission, setting goals with social meaning and alignment with the City Hall planning. Given the amount of evaluated criteria and low attendance to these criteria, it is considered that the process of developing the strategic planning of the Municipal Transit has a low level of adjustment to the best practices identified by the authors mentioned in this research. Whatever the outcome of the analysis, the results can assist the Secretariat in the planning review, providing important bibliographic references to the deepening of issues considered essential. Key-words: Strategic planning. Public administration. Best practices.pt_BR
dc.format.extent118f. : il., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectCrescimento e desenvolvimento econômicopt_BR
dc.titleAnálise do planejamento estratégico da Setranpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record