Show simple item record

dc.contributor.advisorAndriguetto, Jose Milton
dc.contributor.authorBrandalize, Vitor Hugo
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias
dc.date.accessioned2015-11-04T18:55:32Z
dc.date.available2015-11-04T18:55:32Z
dc.date.issued1992
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/37225
dc.descriptionOrientador: Jose Milton Andriguetto
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Parana, Setor de Ciencias Agrarias
dc.description.abstractEste trabalho teve como objetivo estudar a influência de diferentes níveis de lisina nas dietas de fêmeas de frango de corte, criados de 1 à 49 dias de idade (abate com 49 dias). Os parâmetros analisados foram consumo de ração, o ganho de peso, a conversão alimentar. a viabilidade. além do índice de eficiência, rendimento de abate e analise econômica. As rações apresentaram os níveis de lisina em relação a proteína bruta da dieta de 6,18 (T1), 5,70% (T2), 5,18% (T3) e 4,80% (T4). As rações foram mantidas isocalóricas e isoprotéicas. A ração foi fornecida, de acordo com o ciclo de vida dos frangos, em ração inicial e acabamento. tanto a água como a ração foram fornecidos a vontade para as aves. Baseados em equação de regressão. o requerimento de lisina para máximo ganho de peso em relação a proteína bruta da dieta foi de 5,5%. O consumo alimentar aumentou à medida que elevaram-se os níveis de lisina da dieta. Não foram constatadas diferenças significativas (p > 0,05), no que se refere a conversão alimentar, a viabilidade, índice de eficiência produtiva e rendimento de abate
dc.description.abstractThis research was run to evaluate the influence of different levels of lysine in diets for broilers females, raised from 1 to 49 days of age. There was evaluated the weight gain, the feed intake, the feed-gain ratio, the viability, as well as the efficiency, slaughter yield and economic analysis. It was suplemented levels in relation the crude protein of 6,18% (T1), 5,70% (T2), 5,18 (T3) and 4,80 (T4). The isocaloric and isoproteics diets were used. The ration was fed according to the life cicle of the animals (start and finishing ration). The water and the rations were fed "ad libitum". Based on the regression equations, the calculated lysine requirement for maximum growth in relation of the crude protein was 5,5%. The feed intake increased as increased the lysine levels. There was not observed statistical (p > 0,05) among treatments for feed-gain ration, viability, efficiency index and slaughter yield
dc.format.extent[xiv], 88 p. : il., tabs. ; 30 cm.
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.languagePortuguês
dc.relationDisponível em formato digital
dc.subject636.085.13
dc.subjectNutrição animal
dc.subjectTeses
dc.subjectFrango de corte - Alimentação e rações
dc.subjectAminoacidos na nutrição animal
dc.titleTeste comparativo entre os diferentes niveis de lisina para femeas de frango de corte
dc.typeDissertação


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record