Show simple item record

dc.contributor.advisorGalvão, Franklin, 1952-pt_BR
dc.contributor.authorAuer, Ana Marise, 1962-pt_BR
dc.contributor.otherRoderjan, Carlos V. (Carlos Vellozo), 1952-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestalpt_BR
dc.date.accessioned2021-09-06T13:52:45Z
dc.date.available2021-09-06T13:52:45Z
dc.date.issued2010pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/36798
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Franklin Galvãopt_BR
dc.descriptionCo-orientadores : Prof. Dr. Carlos Vellozo Roderjanpt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 29/03/2010pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Manejo florestalpt_BR
dc.description.abstractResumo: Inserida na Região Metropolitana de Curitiba, o objeto de estudo da presente tese é a bacia hidrográfica do rio Barigui, a qual apresenta um conjunto interessante e variado de exemplos de fragilidades ecossistêmicas e excessos na ocupação predatória do espaço, usual nas metrópoles brasileiras. A história ecológica do principal rio dessa bacia, o rio Barigui, revela alterações do espaço físico decorrentes da ocupação humana, demonstradas inicialmente pela imediata supressão da vegetação original componente daquele espaço, demandando ainda obras de engenharia de retificação do leito, originalmente meândrico, e de aprofundamento de sua calha, afetando sua dinâmica hídrica. Tais obras consideradas fundamentais para conter as constantes enchentes que naturalmente atingiam a planície de inundação, favoreceram unicamente a população ali estabelecida - um dilema socioambiental no mínimo equivocado. Ainda, no panorama de rios em espaços urbanos, a água - o recurso natural indispensável à vida -, de uma forma ilógica, fica relegada ao papel de receptor e transportador de resíduos humanos. O presente trabalho utiliza ferramentas espaciais e de avaliação ecológica com métodos de análise de planejamento territorial e impacto ambiental, tendo como ponto de partida a Planta Fitogeográfica de Curitiba e Almirante Tamandaré, propostas por Klein & Hatschbach em 1952, como produto da interpretação das fotografias aéreas do sobrevoo realizado no ano de 1950, na escala de 1:25.000. Para realizar o comparativo histórico do processo de ocupação foram usadas imagens do satélite QuickBird do ano de 2006. O desenvolvimento da pesquisa permitiu concluir que o espaço urbano é o primeiro lugar para o qual devem ser encontradas soluções sustentáveis de ocupação, mesmo que já historicamente desordenadamente estabelecida. Ainda que, no decorrer da série histórica analisada foram aprovadas diversas leis ambientais, claras e abrangentes, protegendo os recursos naturais e dando diretrizes para o ordenamento territorial, a ocupação desordenada da bacia do Barigui incluída as atividades antrópicas mais danosas, como o extrativismo de areia e calcário nas APP, ocorreu mais intensamente e descontrolada após a vigência da legislação, o que demonstra, tanto o desconhecimento como o despreparo dos órgãos públicos para implementá-las, aliado à falta de vontade política para a implementação legal daquelas medidas que teriam impacto negativo nas urnas e que, se forem levadas adiante, teriam efeitos benéficos após muitos anos, sendo usufruídas apenas pelas futuras gerações. Palavras chave: APP, ocupação urbana em APP, bacia rio Barigui.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The object of this thesis is the Barigüi river watershed, located in the Metropolitan Region of Curitiba. This Barigüi river watershed presents an interesting and varied set of examples of frequent ecosystem weaknesses and recurrent predatory land occupation trends fund in Brazilian urban areas. The ecological history of the Barigüi river watershed reveals physical changes in its meandrine layout caused by human encroachment, initially by removing its primeval vegetation, then by engineering rectification works on the river bed, affecting water flow dynamics. Such works, essential to contain flooding into the surrounding plains, favored population encroachment - a socially and environmentally misguided dilemma. Then, as in most urban watercourses, water - the essential resource for life – is illogically relegated to be the receptor and transporter of human wastes. The thesis applies spatial and ecological land use planning evaluation methods and environmental impact assessment tools, starting with the phytogeographic map produced by Klein & Hatschbach in 1952 for the Curitiba and Almirante Tamandaré municipalities, applying ocular interpretation to aerial photographs from 1950 (1:25,000). Comparative studies were produced by processing QuickBird satellite imagery from 2006. The study concluded that sustainable alternatives to human occupation must first being found for urban areas, even if they are already settled in a disorderly manner. Even though throughout the analyzed historical period several environmental laws protecting natural resources and providing guidelines for land use planning were approved, the disorderly occupation of the Barigüi watershed included some of the most harmful human activities, such as sand and limestone instream and environmentally protected floodplains dredging, increased and became more intense after the effective date of the legislation, demonstrating both ignorance and unpreparedness of government agencies responsible for the enforcement of those laws, and lack of political will due to short-term electoral reasons, as positive effects of law enforcement will only being enjoyed by future generations. Keywords: areas under permanent environmental protection, urban occupation of areas under permanent environmental protection, Barigüi river.pt_BR
dc.format.extent156f. : il. algumas color., mapas, grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectMapeamento florestal - Paranápt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectBacias hidrográficaspt_BR
dc.subjectAvaliaçao ecológica (Biologia)pt_BR
dc.subjectRecursos naturais - Conservaçãopt_BR
dc.titleAvaliação dos processos de ocupação antrópica da Bacia do Rio Barigui e suas implicações ecológicaspt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record