Show simple item record

dc.contributor.authorForneck, Sandra Carlapt_BR
dc.contributor.otherCunico, Almir Manoel, 1980-pt_BR
dc.contributor.otherZacarkim, Carlos Eduardopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Palotina, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura e Desenvolvimento Sustentávelpt_BR
dc.date.accessioned2014-10-16T13:13:30Z
dc.date.available2014-10-16T13:13:30Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/36359
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Almir Manoel Cunicopt_BR
dc.descriptionCo-orientador: Prof. Dr. Carlos Eduardo Zacarkimpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Palotina, Programa de Pós-Graduação em Aquicultura e Desenvolvimento Sustentável. Defesa: Palotina, 29/07/2014pt_BR
dc.descriptionInclui referênciaspt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Impactos ambientais da atividade de aquiculturapt_BR
dc.description.abstractResumo: A invasão de espécies não nativas é uma das principais ameaças à biodiversidade e um desafio para a conservação da ictiofauna continental. A aquicultura destaca-se como a principal responsável pela introdução de espécies de peixes causando efeitos adversos sobre os ecossistemas aquáticos. Assim, o presente trabalho objetivou identificar as espécies de peixes cultivadas na microbacia do rio São Camilo, detectar a ocorrência de escapes de espécies não nativas dos tanques de cultivo e avaliar o risco potencial de invasões biológicas por estas espécies. Foram entrevistados piscicultores na área de abrangência da microbacia para a obtenção de informações acerca das espécies cultivadas. Coletas trimestrais foram feitas no rio São Camilo para a caracterização da ictiofauna e as avaliações de risco ecológico foram realizadas através do protocolo Fish Invasiveness Screening Kit - FISK. Nas 59 pisciculturas identificadas são produzidas 19 espécies de peixes, sendo 13 não nativas, dentre elas, Oreochromis niloticus, espécie com maior produção. Os piscicultores relataram escapes de peixes em diferentes situações, prevalecendo escapes acidentais, muitos relacionados à proximidade dos tanques ao rio. Foram coletados 290 exemplares de peixes no rio São Camilo, sendo O. niloticus a segunda espécie mais abundante e com ocorrência em 50% das amostragens. Nas avaliações de risco, 11 espécies foram classificadas com alto potencial invasor e duas com potencial médio. Os resultados mostram a prevalência na utilização de espécies não nativas na atividade de piscicultura com ocorrência de escapes de espécies com alto potencial invasor para o ambiente, fato este observado pela captura de Oreochromis niloticus durante as amostragens no rio São Camilo. Assim, a utilização de espécies não nativas pela piscicultura representa importante vetor para introdução de espécies no ambiente, sendo imprescindível o estabelecimento de normas de biossegurança rígidas e eficazes para que a atividade possa de fato desenvolver-se de maneira sustentável. Palavras-chave: Aquicultura. Escapes. Invasões Biológicas. Introdução de espécies. Oreochromis niloticus.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The invasion of non-native species is one of the biggest threats to biodiversity and a challenge for the conservation of the continental ichthyofauna. The aquaculture stands out as the main responsible for the introduction of fish species, causing adverse effects on the aquatic ecosystems. Thus, the present work aimed to identify the species of fish cultivated in the micro watershed of São Camilo River, to detect the occurrence of escapes of non-native species from the cultivation pools and to evaluate the potential risk of biological invasions by these species. Fish farmers have been interviewed in the area of the micro watershed to obtain information about the cultivated species. Quarterly collects have been carried out at São Camilo River to characterize the ichthyofauna and the evaluations of ecological risks have been carried out through the protocol Fish Invasiveness Screening Kit - FISK. On the 59 fish farms identified, 19 fish species are produced, being 13 non-native, among them, Oreochromis niloticus, species with the highest production. The fish farmers reported fish escapes in different situations, prevailing accidental escapes, many of them related to the pools being close to the river. 290 fish samples have been collected in São Camilo river, being O. niloticus the second more abundant species and with occurrence in 50% of the group of samples. Throughout the risk evaluation, 11 species have been classified with high invasion potential and two with medium potential. The results show the prevalence of the use of non-native species in the activity of fish farming with occurrence of escapes of species with high invasion potential for the environment, fact observed by the capture of the Oreochromis niloticus during the sampling process at São Camilo River. Thus the use of non-native species by fish farming represents important vector for the introduction of species in the environment, being indispensable the establishment of hard and effective biosafety norms so that the activity may truly develop in a sustainable way. Keywords: Aquaculture. Escapes. Biological Invasions. Species Introduction. Oreochromis niloticus.pt_BR
dc.format.extent42f. : il., maps., tabs., grafs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.subjectAquicultura e Desenvolvimento |Sustentávelpt_BR
dc.titleAvaliação do risco potencial de invasões biológicas por espécies de peixes não nativas em um afluente do rio Piquiri, bacia hidrográfica do alto do rio Paranápt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record