Show simple item record

dc.contributor.authorHorodyski, Graziela Scalisept_BR
dc.contributor.otherGandara, José Manoel Gonçalvespt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Terra. Programa de Pós-Graduação em Geografiapt_BR
dc.date.accessioned2014-08-25T16:35:26Z
dc.date.available2014-08-25T16:35:26Z
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/35864
dc.description.abstractResumo: O mercado de souvenirs está presente na maior parte dos destinos turísticos do mundo, ofertando diversos de produtos para turistas ávidos por consumirem itens como lembranças das experiências vividas em um determinado espaço turístico. A cidade de Curitiba é um destino turístico urbano por onde seus visitantes têm a oportunidade de consumir souvenirs, ofertados em estabelecimentos comerciais no entorno dos seus principais atrativos turísticos. Este estudo se iniciou a partir da seguinte problemática: Como o consumo de souvenirs afeta as experiências turísticas em Curitiba-PR? Para elucidar este problema, a pesquisa foi estruturada com o objetivo de analisar como o consumo de souvenirs afeta as experiências turísticas em Curitiba. Para atingir este objetivo, foi realizada uma pesquisa multidisciplinar, envolvendo geografia, turismo, marketing e design como campos de conhecimento necessários para se compreender o objeto de estudo. Foi realizado um estudo de caso, na cidade de Curitiba, especificamente na porção do espaço urbano que abrange o circuito de ônibus da Linha Turismo, que contempla vinte e quatro pontos de parada para visitação de atrativos turísticos. Este estudo trata de uma pesquisa exploratória, qualitativa e que se utilizou da abordagem do Design Thinking para direcionar o enfoque da investigação para o olhar do turista consumidor de souvenirs que vivencia experiências em Curitiba. A abordagem multidisciplinar propiciou a aplicação de uma metodologia que abrange os quatro campos do conhecimento já citados, obtendo-se assim, a contribuição de cada uma destas áreas nas diferentes etapas da pesquisa. Inicialmente foi realizado um estudo da distribuição espacial da oferta de souvenirs no espaço urbano de Curitiba, resultando em um mapa que demonstra que a localização destes estabelecimentos comerciais se dá em função da conveniência espacial, ou seja, é a oferta destes produtos que se aproxima da demanda, na lógica do mercado turístico. Em seguida, foram realizadas cinco entrevistas com especialistas para se validar a metodologia da pesquisa, denominada de shadowing, que seria aplicada em duas etapas e a elaboração de personas. Primeiramente, em caráter de pré-teste, o shadowing foi realizado em dezessete estabelecimentos comerciais que vendem souvenirs, tanto lojas quanto barracas de feiras livres, resultando em uma análise sobre as experiências turísticas e de consumo nestes estabelecimentos. Depois, o shadowing foi realizado junto aos turistas que utilizavam o serviço da Linha Turismo. Nesta etapa, a pesquisadora acompanhou cada visitante durante todo o circuito de ônibus, descendo nos pontos de parada conforme as suas escolhas, sem que os mesmos conhecessem os objetivos da pesquisa. Ao final de cada shadowing o turista era entrevistado. Assim, esta etapa envolveu a participação de quarenta e cinco turistas. Assim, organizou-se os dados coletados em campo, verificando, especialmente as experiências turísticas (aprendizagem, entretenimento, evasão e estética), as atitudes dos turistas em relação ao espaço urbano (compreensão, crítica, reflexão e análise) e as experiências de consumo (pré-consumo, compra e consumo central). Com base nas quatro dimensões da experiência turística e nas quatro atitudes, a pesquisadora elaborou oito personas, que representam perfis de turistas consumidores de souvenirs, de acordo com o estudo realizado. Para validar os resultados da pesquisa, além de emparelhar os resultados com as discussões efetuadas no marco teórico, foram realizadas duas entrevistas com especialistas e um workshop com sessenta e cinco produtores de souvenirs da cidade de Curitiba. Os principais resultados apontam que o consumo de souvenirs está relacionado com as experiências dos turistas no destino e com as atitudes dos mesmos em relação ao espaço urbano visitado, assim como ao consumo emocional e racional, vinculado às experiências de consumo de cada turista, abrindo-se diversas possibilidades para discussão em torno do consumo experiencial no espaço turístico urbano.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleO consumo na experiência turísticapt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record