Show simple item record

dc.contributor.advisorPontarolo, Roberto, 1954-pt_BR
dc.contributor.authorVenson, Rafaelpt_BR
dc.contributor.otherCorrer, Cassyano Januário, 1977-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticaspt_BR
dc.date.accessioned2020-07-16T19:54:23Z
dc.date.available2020-07-16T19:54:23Z
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/32630
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Roberto Pontarolopt_BR
dc.descriptionCoorientador : Prof. Dr. Cassyano Januário Correrpt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. Defesa: Curitiba,22/09/2011pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls. 79-80pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração: Insumos, medicamentos e correlatospt_BR
dc.description.abstractResumoIntrodução: Foram avaliadas três anticitocinas utilizadas para o tratamento da artrite reumatoide. Essas drogas, chamadas de biológicas, fazem parte do grupo de medicamentos da atenção especializada e são fornecidos à população pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Foi realizada uma avaliação econômica das anticitocinas e seu impacto orçamentário no Paraná, tomando como ano-base o ano de 2008. Objetivo: O objetivo desse trabalho foi definir se as anticitocinas adalimumabe, etanercepte e infliximabe apresentam diferenças de custo-efetividade para tratar da artrite reumatoide nãocontrolada, sob a perspectiva do SUS. Também se buscou determinar qual dessas alternativas terapêuticas apresenta melhor relação custo-utilidade e qual seria o impacto econômico da exclusão de algum(uns) desse(s) medicamento(s) do Programa de Atenção Especializada do Ministério da Saúde ou do crescimento do número de pacientes cadastrados que usam esses medicamentos, considerando as alternativas atualmente padronizadas no sistema. Metodologia: Dados de eficácia, segurança e tolerabilidade do uso das drogas foram obtidos de revisões sistemáticas e metanálises. O custo dos medicamentos foi calculado utilizando-se os preços pagos pelo Centro de Medicamentos do Paraná nas compras realizadas por licitações em 2008; outros custos diretos envolvidos no tratamento, como insumos e monitoração dos tratamentos foram obtidos da tabela do Sistema de Informação Ambulatorial do SUS - SIA/SUS, disponibilizada pelo DATASUS. O modelo de Markov foi utilizado para realizar a avaliação econômica. Valores como o escore de utilidade dos pacientes em cada estágio do tratamento foi calculado a partir dos valores de HAQ (Health Assesment Questionnaire) antes e depois do tratamento obtidos das mesmas revisões sistemáticas. Para o cálculo da relação custo-utilidade foi considerado horizonte temporal de 10 anos e ciclos de seis meses. A taxa de desconto aplicada foi de 5%. Foram realizadas análises de sensibilidade, variando a eficácia e o custo dos tratamentos. O impacto orçamentário das anticitocinas no Paraná foi calculado através da criação de diferentes cenários, considerando a taxa média de novos pacientes com artrite reumatoide incluídos no programa do SUS para receberem anticitocinas. Resultados: A avaliação de custo-utilidade, medida em Reais/Ano de Vida Ajustado por Qualidade (QALY) ganho, gerou os seguintes valores (em R$/QALY): 511.633,00, 437.486,00 e 657.593,00 para o adalimumabe, etanercepte e infliximabe, respectivamente. A análise de custo incremental resultou em 307.793,00 e 259.200,00, para o adalimumabe e para o etanercepte, considerando como comparador-base o infliximabe. As análises de sensibilidade somente levaram a alterações na ordem das relações custo-utilidade para variações da ordem de 15% (custo do adalimumabe, nesse caso). Nas análises de impacto orçamentário, fazendo uma projeção do número de novos pacientes para 2009, baseado no último trimestre de 2008, verificou-se que, considerando os pacientes incluídos para tratamento com anticitocinas, isso geraria um custo adicional de aproximadamente R$ 8.500.000,00, quando comparado ao ano de 2008. Isso representa um aumento anual de 3,3% dos gastos da SESA-PR com medicamentos. Conclusão: Observou-se uma grande discrepância entre os valores de custo-utilidade dos medicamentos; o tratamento com infliximabe custa aproximadamente 70% a mais por QALY, em comparação com o etanercepte. Essas informações devem ser avaliadas pelos tomadores de decisão para melhor alocação dos recursos. É interessante que as três opções de tratamento continuem sendo disponibilizadas por motivos de diferenças nas respostas clínicas dos pacientes, cabendo aos gestores estaduais e aos médicos a decisão do tratamento para cada paciente individualmente.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: Background: Three anticitokines for treating rheumatoid arthritis (RA) were evaluated. These drugs, called biological drugs, are part of a group of medicines known as "specializated care medicines" due to their high costs and are provided by SUS, the Brazilian health system. An economic evaluation of anticitokines ant its budget impact to Paraná, taking as reference the year of 2008. Aims: To define if the anticitokines adalimumab, etanercept and infliximab are different, in terms of cost-utility, to treat noncontrolled rheumatoid arthritis, within SUS's perspective. Also sought to determine which one of these therapeutic alternatives presents the best cost-utility relationship and what is the budget impact of exclusion of one or more of these drugs or of the increasing of number of patients registered to receive them, considering the standardized alternatives. Methodology: Efficacy, safety and tolerability data involved in these drugs using were obtained from actual and high quality systematic reviews and meta-analyses. The costs of the drugs were calculated using the prices payied by CEMEPAR (public organ responsible for medicine management on Paraná); other direct costs involved in treatment, such as insumes used and treatment monitoring were obtained from a public databank (SIA/SUS). Markov modeling was used to do the economic evaluation of the drugs. The utility of patients within each state of treatment was calculated using values of HAQ (Health Assessment Questionnaire) before and after the treatment obtained from the same systematic reviews. For calculus of cost-utility relationship, a time horizon of 10 years was used, with 6 months markov cycles. The discount rate was of 5%. Sensitivity analyses were made varying the effectiveness and cost of each treatment. The budget impact of anticitokines use in Paraná was estimated by creation of different frameworks, considering the mean rate of new RA patients receiving adalimumab, etanercept or infliximab. Results: Cost-effectiveness analysis (in Reais/Quality-Adjusted Life Years, or QALY, gained) led to the following values: 511.633,00, 437.486,00 and 657.593,00 for adalimumab, etanercept and infliximab treatment, respectively. Incremental cost-utility relationship resulted in 307.793,00 and 259.200,00 for adalimumabe and etanercept, respectively). Sensitivity analysis did not impact significantly on final result of cost-utility analyses. In budget impact analysis, making a estimation of the number of new patients for 2009, based on the last trimester of 2008, it was noticed that, considering patients included for treatment with anticitokines, it would increase resource needed of R$ 8.500.000,00, approximately, when compared to 2008. This represents an annual increase of 3.3% of the government spending with medicines. Conclusion: A difference between the cost-utility values of the drugs was noticed; the treatment with infliximab costs almost 70% more per QALY than etanercept. These informations must be analyzed by the decision-makers to better resource allocation in the public health system. It is interesting that the three drug options continue to be disponibilized, since there are different clinical responses among the patients, leading to the gestores and to the physicians the role to decide the treatment for each patient individually.pt_BR
dc.format.extent84f. : il. [algumas color.], grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectArtrite reumatoidept_BR
dc.subjectFarmáciapt_BR
dc.subjectFarmáciapt_BR
dc.titleEstudo custo-utilidade e do impacto orçamentário das anticitocinas Adalimumabe, Etanercepte e Infliximabe no tratamento da artrite reumatoide no Estado do Paranápt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record