Show simple item record

dc.contributor.authorArocha Barrios, Roberto Argenispt_BR
dc.contributor.otherMitishita, Edson Aparecido, 1956-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias da Terra. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencias Geodésicaspt_BR
dc.date.accessioned2013-09-11T12:18:05Z
dc.date.available2013-09-11T12:18:05Z
dc.date.issued2013-09-11
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/32026
dc.description.abstractResumo: O objetivo principal desta pesquisa foi de realizar estudo que viabilizasse a determinação das exatidões obtidas na interseção fotogramétrica, empregando imagens aéreas provenientes de uma câmara Vexcel XP, parâmetros de orientação exterior determinados diretamente de um sistema GPS/IMU e dois conjuntos de parâmetros de orientação interior, sendo um de fábrica e outro determinado num processo de calibração em serviço. Uma série de experimentos de fototriangulação foi realizada visando a determinação das exatidões obtidas na interseção fotogramétrica, empregando análises das discrepâncias tridimensionais em pontos de verificação. A fototriangulação com a fixação absoluta dos valores de POEs e POI fornecidos no certificado de calibração de fábrica não alcançou as exatidões toleráveis devido a elevados erros sistemáticos nos POEs. Duas metodologias foram empregadas para o refinamento dos valores de POEs na fototriangulação. Na primeira utilizou-se somente pontos fotogramétricos e na segunda foram adicionados pontos de apoio. Diversas configurações de pontos de apoio foram testadas. A calibração da câmara em serviço foi realizada com um bloco tradicional de duas faixas tomadas em sentidos opostos. Os resultados obtidos alcançaram as precisões e exatidões toleráveis. A utilização de POI, determinados na calibração em serviço, melhorou significativamente os resultados da fototriangulação com georreferenciamento direto, mas as exatidões obtidas na determinação tridimensional não alcançaram totalmente as exatidões toleráveis. Somente três experimentos fotogramétricos alcançaram as exatidões toleráveis na determinação tridimensional. Entre esses, a melhor das exatidões foi obtida no experimento de calibração em serviço; em segundo o experimento de fototriangulação que refinou os POEs com os POI da calibração em serviço e três pontos de apoio e por último a fototriangulação que refinou os POEs com o POI de fábrica e cinco pontos de apoio.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectDissertaçõespt_BR
dc.subjectFotogrametriapt_BR
dc.subjectGeorreferenciamentopt_BR
dc.subjectImagens digitaispt_BR
dc.titleInfluência da calibração em serviço da câmara digital Vexcel XP no georreferenciamento direto de imagenspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record