Show simple item record

dc.contributor.advisorLucchesi, Luiz Antonio Correa, 1959-pt_BR
dc.contributor.authorNishimura, Anne Helen de Paulapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencia do Solopt_BR
dc.date.accessioned2013-09-04T17:17:39Z
dc.date.available2013-09-04T17:17:39Z
dc.date.issued2013-09-04
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/31953
dc.description.abstractResumo: Este estudo procurou registrar o efeito da aplicação do lodo de esgoto estabilizado alcalinamente pelo Processo N-Viro (biossólido alcalinizado) sobre a disponibilidade de P-extraível por Mehlich-1 (HC1 0,05N + H2S04 0,025N), no perfil de um cambissolo háplico, sob plantio direto e alguns parâmetros (pH e Ç) intervenientes com a disponibilização para a planta. A planta-teste utilizada foi o milho (Zea mays L.), em área experimental localizada no município de Palmeira/PR. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com 6 tratamentos e 4 repetições. Os tratamentos foram compostos pela aplicação de diferentes doses de biossólido alcalinizado (0,0, 0,34, 0,68, 1,40, 2,64 e 0,50 Mg ha"1), aliadas à aplicação de 120, 98 e 100 kg ha"1 de uréia, MAP e KC1 para todos os tratamentos, à exceção do último que recebeu 70% daquela dose. Após a colheita do milho, foram coletadas amostras compostas do solo, estratificadas em 7 profundidades, onde foram determinados os teores de P-extraível por Mehlich-1, pH CaCl2 e C-orgânico oxidável. Não foram encontradas diferenças significativas (F<0;os) entre os teores médios de Pextraível na camada de 0-5cm do solo, em função das doses crescentes de biossólido alcalinizado. Os valores de pH e C também não mostraram diferenças significativas (F<O,O5) na camada de 0-5 cm do solo. O fato de não haver diferenças significativas nos teores de P entre os tratamentos pode estar relacionado com os seguintes fatores: i) baixas doses de biossólido; ii) pH da camada superficial do solo, pouco favorável para solubilizar o P; iii) baixa eficiência relativa aliada a aplicação superficial, sem incorporação do biossólido alcalinzado; iv) breve tempo de avaliação. Adicionalmente, não houve correlação significativa entre os teores de P-extraível da camada de 0-5 cm do solo, com o P do limbo foliar do milho. Entretanto foram observadas tendências de aumento dos teores de P-extraível na camada de 0-5 cm em função das doses crescentes de biossólido, constatadas através de correlações significativas (r 0,89).pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectPlantio diretopt_BR
dc.subjectMilho - Adubos e fertilizantept_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.titleConsideraçoes sobre o P num solo cultivado com milho (Zea mays L.) sob plantio direto com a aplicaçao de biossólido alcalinizadopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record