Show simple item record

dc.contributor.authorCorreia, Ana Paula Pupopt_BR
dc.contributor.otherBencostta, Marcus Levy Albino, 1936-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2018-04-17T17:09:59Z
dc.date.available2018-04-17T17:09:59Z
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/31819
dc.descriptionOrientador: Prof. Dr. Marcus Levy Bencosttapt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Parana, Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes, Programa de Pós-Graduação em História. Defesa: Curitiba,18/03/2013pt_BR
dc.descriptionInclui Bibliografiapt_BR
dc.description.abstractResumo: A presente pesquisa insere-se no âmbito dos estudos da História das Instituições Escolares. Tem como objetivo investigar os debates acerca da implantação dos projetos que desencadearam as políticas de construção dos edifícios destinados às Escolas Normais do Paraná, implantados nas cidades de Curitiba, Ponta Grossa e Paranaguá. O estudo baseia-se no pressuposto de que o edifício escolar, concebido e construído para fins educativos, incorpora em seu espaço as demandas pedagógicas, sanitárias e os códigos de posturas construtivas vigentes. Uma das questões a ser debatida refere-se às relações existentes entre os projetos arquitetônicos e os projetos políticos/educacionais que se veiculavam no período estudado. O recorte temporal priorizado data do início do século XX até 1927, justifica-se pela construção, em 1904, do prédio que abrigou o Ginásio Paranaense e a Escola Normal de Curitiba, e o ano de 1927, com a construção da Escola Normal de Paranaguá. Priorizou-se a análise dos prédios escolares públicos, considerados estabelecimentos de domínio e controle do poder estadual, pois revelam a intenção política dos governos. Desta forma, esta pesquisa analisa os espaços escolares inseridos na cidade e estruturados a partir dos mecanismos de ocupação, por meio das tendências da arquitetura, da vontade política dos governantes e do simbolismo que se tentava transmitir aos habitantes através dos prédios escolares. As fontes pesquisadas foram: as mensagens governamentais, os programas de ensino, os periódicos da época, as plantas arquitetônicas, imagens e filmes documentários produzidos no período estudado. Os referenciais teóricos utilizados, cujas obras contribuíram para abrir o campo da investigação destacam-se: Anne-Marie Châtelet (1999), Antonio Vinão e Augustín Escolano (1998), Rosa Fátima de Souza (1998), Marcus Levy Bencostta (2005), Silvia Ferreira Santos Wolff (1996), Giulio Carlos Argan (1998), Walter Benjamin (2010), dentre outros. Desta maneira, acredita-se ser possível apresentar explicações históricas sobre a organização da cultura e da arquitetura escolar no período do discurso "modernizador" do estado do Paraná.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This research falls within the scope of the studies of History of Institutions School. Aims to investigate the discussions about the implementation of projects that triggered the political construction of buildings for the Normal Schools of Paraná, deployed in the cities of Curitiba, Ponta Grossa and Paranaguá. The study is based on the assumption that the school building, designed and built for educational purposes, incorporates in its space demands educational, health codes and constructive force postures. One of the issues to be discussed concerns the relationship between the architectural and political projects / educational conveyed that in the period studied. The time frame given priority date of the early twentieth century until 1927, justified by the construction, in 1904, the building that housed the Normal School and Gymnasium Paranaense in Curitiba, and 1927, with the construction of the Normal School of Paranaguá. Prioritized the analysis of public school buildings, premises considered domain and control of state power, because they reveal the political intent of governments. Thus, this research analyzes the school spaces inserted into town and structured according to the mechanisms of occupation, through the architecture of the trends, the political will of governments and symbolism that is trying to convey to people through the school buildings. The search was: posts governmental, educational programs, the periodicals of the time, the architectural plans, images and documentary films produced during the study period. The theoretical framework, whose works helped to open up the field of research stand: Anne-Marie Châtelet (1999), Antonio Vinão and Augustín Escolano (1998), Rosa Fátima de Souza (1998), Marcus Levy Bencostta (2005), Silvia Ferreira Santos Wolff (1996), Giulio Carlos Argan (1998), Walter Benjamin (2010), among others. Thus, it is believed to be possible to present historical explanations about the organization's culture and architecture school during the speech "modernizer" of the state of Paraná.pt_BR
dc.format.extent278f. : il. [algumas color.], grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTeses - Educaçãopt_BR
dc.subjectEducação - História - Paranápt_BR
dc.subjectEscolas - Edificios - Arquiteturapt_BR
dc.subjectHistóriapt_BR
dc.title"Palácios da instrução : história da educação e arquitetura das escolas normais no Estado do Paraná (1904-1927)pt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record