Show simple item record

dc.contributor.authorSilva Junior, Walcir Soares da, 1987-pt_BR
dc.contributor.otherGonçalves, Flávio de Oliveira, 1972-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômicopt_BR
dc.date.accessioned2022-09-02T18:59:06Z
dc.date.available2022-09-02T18:59:06Z
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/29983
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Flávio de Oliveira Gonçalvespt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Econômico. Defesa: Curitiba, 14/03/2013pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls. 63-67pt_BR
dc.description.abstractResumo: Este trabalho tem por objetivo estimar o efeito do ensino infantil no desempenho dos alunos no ensino básico no Brasil, utilizando dados do Prova Brasil 2011. Supondo um problema de seleção por observáveis na escolha dos pais entre colocar ou não seus filhos no ensino infantil, será utilizada uma metodologia de pareamento, a saber, Propensity Score Matching, que tem por objetivo encontrar um grupo ideal de comparação. Para estimar o efeito do ensino infantil na nota do 5º e 9º anos controlando para características que estão ligadas ao desempenho, ainda serão estimadas regressões por Mínimos Quadrados Ponderados pelo Propensity Score. Foram encontrados efeitos positivos e significativos nas notas de 5º e 9º anos para os alunos que iniciaram seus estudos no ensino infantil, creche e pré-escola, com ambas as metodologias, atualizando e corroborando as evidências disponíveis de que o ensino infantil pode melhorar a qualidade da educação, quando desenvolve habilidades que impactam no desempenho dos alunos mais tarde. Por fim, um cálculo de retorno econômico mostra um resultado positivo para investimentos no ensino infantil, o que pode ser considerado um resultado subestimado, já que os retornos sociais da educação também podem ser muito altos.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This study aims to estimate the effect of early childhood education on student performance in basic education in Brazil, using data from Brazil Exam 2011. Assuming a selection problem for the observable parental choice between placing or not their children in kindergarten, a methodology will be used for pairing, namely propensity score matching, which aims to find an ideal comparison group. To estimate the effect of early childhood education in the 5th grade and 9th grade controlling for characteristics that are linked to performance, yet be estimated by least squares regressions weighted by propensity score. We found significant positive effects on grades of 5 and 9 years for students who began their studies in early childhood education, child care and preschool, with both methodologies, updating and confirming the available evidence that early childhood education can improve the quality education, while developing skills that impact on student performance later. Finally, a calculation of economic return shows a positive result for investments in early childhood education, which can be considered a result underestimated, since the social returns to education can also be very high.pt_BR
dc.format.extent79f : il., grafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectDesenvolvimento econômico - Efeito da educaçãopt_BR
dc.subjectEducação de crianças - Investimentos de capital - Brasilpt_BR
dc.titleEvidências da relação entre investimentos em educação infantil e a performance do aluno no ensino básico no Brasilpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record