Show simple item record

dc.contributor.authorSandini, Itacir Eloipt_BR
dc.contributor.otherMoraes, Anibal de, 1956-pt_BR
dc.contributor.otherLustosa, Sebastião Brasil Campospt_BR
dc.contributor.otherPelissari, Adelino, 1952-pt_BR
dc.contributor.otherCarvalho, Paulo Cesar de Facciopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Agronomiapt_BR
dc.date.accessioned2013-04-26T14:50:49Z
dc.date.available2013-04-26T14:50:49Z
dc.date.issued2013-04-26
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/29974
dc.description.abstractResumo: As pastagens de aveia e/ou azevém no inverno, as culturas do feijão e milho no verão, fertilizadas com nitrogênio, em sistema de produção integração lavoura-pecuária, podem ser alternativas para intensificar o uso e manejo do solo na região Sul do Brasil. O objetivo deste trabalho foi gerar informações para auxiliar na composição de sistemas de produção para a agricultura familiar e empresarial do Sul do Brasil, tendo a integração lavoura-pecuária como base do sistema. Para tanto, foram conduzidos três experimentos, em sucessão, nos anos de 2006 a 2008, com a seguinte rotação: pastagem de azevém - feijão - pastagem de aveia e azevém - milho. Foi avaliado o efeito da adubação nitrogenada (0, 75, 150 e 225 kg ha-1 de N) na pastagem, na produção e na composição botânica, assim como o desempenho de cordeiros de corte mantidos em pastejo contínuo. Verificou-se o efeito residual do nitrogênio (N) da pastagem nas culturas do feijão e do milho cultivado em áreas onde houve a combinação dos fatores (a) doses de N na pastagem e na cultura e, (b) presença ou não de animais pastejando. Na cultura do feijão foram utilizadas as doses de Zero, 60, 120, 180 e 240 kg ha-1 de N e, na cultura do milho, 0, 75, 150, 225 e 300 kg ha-1 de N. Verificou-se que o N aplicado na pastagem de aveia e azevém teve efeito linear sobre a produção de massa de forragem, modificando a composição botânica ao longo do ciclo da pastagem. Não foi observado efeito do N no ganho de peso dos cordeiros, mas verificou-se na produção por hectare, com incremento de 21, 52 e 73% em relação ao controle, para as doses de 75, 150 e 225 kg ha-1 de N, respectivamente. Tanto no milho como no feijão, não houve diferenças na produção de grãos entre as áreas pastejadas e não pastejadas. Constatou-se, para as duas culturas, aumento na produção de grãos, em função do N utilizado na pastagem, evidenciando efeito residual desse elemento, assim como ao N aplicado na cultura. A utilização de N em pastagem de aveia e azevém contribui para aumentar a produção forrageira, a produção de cordeiros e a produção de grãos nas culturas do milho e feijão em sucessão.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectMilho - Efeito do nitrogeniopt_BR
dc.subjectFeijão - Efeito do nitrogeniopt_BR
dc.subjectFertilizantes nitrogenadospt_BR
dc.titleMilho, feijão e nitrogênio no sistema de produção integração lavoura-pecuáriapt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record