Show simple item record

dc.contributor.authorBertoni, Danisleipt_BR
dc.contributor.otherLuz, Araci Asinelli da, 1948-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.date.accessioned2020-02-21T12:21:19Z
dc.date.available2020-02-21T12:21:19Z
dc.date.issued2012pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/29744
dc.descriptionOrientadora: Profª Drª Araci Asinelli-Luzpt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba,27/02/2012pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls. 237-246pt_BR
dc.description.abstractResumo: O objeto dessa tese é a defesa em torno da possibilidade em delinear o processo histórico de gênese e desenvolvimento do conceito vida. A construção das ideias permite a compreensão de como surgiu o atual conceito de vida e uma das possibilidades se baseia na emergência das concepções de vida que historicamente foram elaboradas e coexistiram no modo de interpretar esse fenômeno. Para compreender a emergência dessas concepções foi necessário estabelecer os estilos de pensamento biológico que predominaram no modo de explicar e, ao mesmo tempo, compreender esse fenômeno com fins à sua aplicabilidade futura no Ensino de Biologia. O estilo de pensamento é entendido nessa tese como um corpo de conhecimento que possui uma linguagem específica, como o uso de determinados termos técnicos; diferentes enfoques entrelaçando elementos teóricos e práticos; significador de conceitos com estrutura teórica definida; sistema fechado de crenças, uma visão de mundo que resiste tenazmente a tudo o que o contradiz; algo que está em progressiva transformação, mas que é estruturador das conexões entre sujeito e objeto; algo que molda o complexo processo de formação e de conceber problemas. Esses estilos estão firmados na epistemologia evolucionária proposta por Ludwik Fleck, no livro Gênese e desenvolvimento de um fato científico e permitem a elaboração de conceitos e teorias biológicas que estruturam e fundamentam a Biologia e o seu ensino. Abordo nesse trabalho as considerações da emergência do conceito vida, identificando concepções abrangentes de vida. Tais concepções coexistiram num movimento não-linear, de predominância contextual, de evolução das ideias e do conhecimento, e perpassaram a história da Biologia, desde a antiguidade até a contemporaneidade, configurando hoje o contexto explicativo em torno da gênese e desenvolvimento do conceito vida.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The object of this thesis is the defense on the possibility of outlining the historical process of genesis and development of the concept of life. The construction of ideas allows the comprehension on how the current concept of life appeared and one of the possibilities is based on the emergence of the concepts of life that have historically been elaborated and coexisted in the way of interpreting this phenomenon. To understand the emergence of those conceptions, it was necessary to establish the biological thinking styles, which predominated in the way of explaining and, at the same time, understanding that phenomenon for the purpose of its future applicability in the Teaching of Biology. The thinking style is understood in this thesis as a body of knowledge that pursues a specific language, such as the use of determined technical terms; different approaches integrating theoretical and practical elements; meaning concepts with defined theoretical structure; a closed beliefs system, a world vision that resists tenaciously to anything which contradicts it; something which is in progressive transformation, but which is the structuring of the connections between the subject and the object; something which frames the complex process of formation and conception of problems. Those styles are firmed in the evolutionary epistemology of Ludwik Fleck, in the book "Genesis and development of a scientific fact" and allow the elaboration of biological concepts and theories that structure and give foundation to Biology and its teaching. This work approaches the considerations of the emergence of the concept of life, identifying broad conceptions of life. Such conceptions coexisted in a non-linear movement, of contextual predominance, of ideas evolution and of knowledge, and surpassed the history of Biology, since antiquity to the contemporaneity, today configuring the explanatory context around the genesis and development of the concept of life.pt_BR
dc.format.extent247 f. : il., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectTeses - Educaçãopt_BR
dc.subjectVida (Biologia) - Conceitospt_BR
dc.subjectEvolução (Biologia)pt_BR
dc.subjectBiologia - Estudo e ensinopt_BR
dc.subjectBiologia - Históriapt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleGênese e desenvolvimento do conceito de vidapt_BR
dc.typeTesept_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record