Show simple item record

dc.contributor.advisorManrich, Antonio Salvio, 1939-pt_BR
dc.contributor.authorBudziak, Cristiane Reginapt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Exatas. Programa de Pós-Graduaçao em Químicapt_BR
dc.date.accessioned2013-02-15T16:24:15Z
dc.date.available2013-02-15T16:24:15Z
dc.date.issued2013-02-15
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/29559
dc.description.abstractResumo: No Brasil, um sério problema ambiental são os solos e lençóis freáticos contaminados pela serragem e outros resíduos da exploração das indústrias madeireiras. Por outro lado, grandes áreas utilizadas inadequadamente pela agricultura tornam os solos áridos. A adição de resíduos orgânicos e desperdícios originados de várias atividades humanas no solo vem a ser um procedimento de reforço na recuperação do solo e uma alternativa promissora à administração do desperdício de sólidos. O objetivo desse trabalho foi o de avaliar a maturidade alcançada pelos compostos de um volume 1:1 de mistura de serragem de pinus taeda - lodo de fábrica de papel em um reator de 13 toneladas de capacidade de composto, em sistema de aeração permanente e amostragem em tempos diferentes de compostagem. O AH extraído de cada amostra foi caracterizado por UV-VIS, análise elementar, capacidade de oxidação e determinação de grupos ácidos (COOH e (|)OH). O espectro eletrônico indicou um aumento de ligações conjugadas nas moléculas de AH durante o processo de compostagem. Depois de um aumento inicial no processo de compostagem, a capacidade de oxidação diminui e começa a aumentar novamente nas amostras entre 8 e 15 dias. O mesmo aconteceu com os grupos ácidos COOH e <j)OH. Considerando os espectros de EPR das amostras de AH utilizando o íon Fe(III) como sonda em condições de alto spins, a linha larga (g ~ 2) do Fe(III) em domínios concentrados diminui e as linhas estreitas (g = 4,3) de Fe(III) em domínios diluídos aumenta com o tempo de compostagem. Isto sugere íons metálicos ligados a compostos orgânicos que são formados sobre toda a molécula da matéria orgânica com o decorrer do tempo de compostagem. Esta é uma modificação interessante da matéria orgânica durante o processo de compostagem. A correlação entre a capacidade de oxidação (CO), o teor de <j)-OH e o teor de radical livre orgânico) RLO de semiquinonas (provavelmente derivadas de orto-metoxi-fenoxi dos grupos guaiacilas da estrutura da lignina) nas amostras, durante a compostagem, sugere a presença de orto-difenóis no material compostado, excelentes para a estruturação do solo, através da quelação de ácidos duros como os íons, Al3+ e Fe3+. O processo Kneer, tem sido eficiente para a transformação de resíduos ligno-celulósicos, em curto espaço de tempo (29 dias), em material fertilizante orgânico com perspectivas de aplicação na agricultura.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectÁcido húmicopt_BR
dc.subjectÁcidospt_BR
dc.subjectFertilizantes organicospt_BR
dc.subjectResiduos de madeira - Exploraçãopt_BR
dc.titleGrupos ácidos e capacidade de oxidaçao de ácidos húmicos como método de avaliaçao de processos de compostagempt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record