Show simple item record

dc.contributor.advisorCarvalho, Newton Sérgio de, 1955-pt_BR
dc.contributor.authorSbalqueiro, Renato Luiz, 1952-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúdept_BR
dc.date.accessioned2019-11-27T18:56:21Z
dc.date.available2019-11-27T18:56:21Z
dc.date.issued2000pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/28987
dc.descriptionOrientador: Newton Sérgio de Carvalhopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúdept_BR
dc.description.abstractResumo: A infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) é uma preocupação mundial nos dias atuais, atingindo as mulheres principalmente em idade reprodutiva e tendo como uma de suas consequências a transmissão vertical. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a prevalência da infecção pelo HIV entre as gestantes atendidas no Pré-Natal da Maternidade do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná no período de junho de 1997 a março de 1998. Participaram deste estudo 436 gestantes que foram submetidas aos testes anti-HIV. Foram encontradas 9 pacientes com o teste positivo para o HIV, correspondendo a 2 % do total. Destas, 7 gestantes tinham sido encaminhadas ao Pré- Natal por terem seu estado sorológico conhecido previamente. Quando excluímos estes encaminhamentos, obtivemos um percentual de 0,4%. Todas as gestantes foram submetidas a um questionário padrão, no qual se procurou observar o seu perfil epidemiológico e de seus companheiros, que pudessem estar relacionados com a positividade para o HIV. As variáveis estudadas incluíam a idade da gestante, o número de gestações, a paridade, sua ocupação, local de procedência, e o número de parceiros sexuais. Também foi argüido sobre antecedentes de DST, transfusão sangüínea ou o uso de drogas injetáveis por elas ou por seus parceiros sexuais. Com referência a estes, ainda questionou-se a possibilidade deles terem tido relações homossexuais ou que fossem positivos para o HIV. Para análise estatística, os dados foram alocados em tabelas de duas entradas: uma relativa ao estado sorológico e outra, às variáveis sócio-demográficas acima descritas. A análise destas possíveis dependências foram testadas através do teste de Qui-quadrado, tendo como nível de significância um p< ou = a 0,05. Os resultados foram significativos, quando associamos a soropositividade para o HIV nestas gestantes e os antecedentes de DST e drogadição nelas e em seus companheiros e também uma positividade relacionada a homossexualismo em seus companheiros e naqueles HIV positivos.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: The infection with the HIV virus is a worldwide concern, afflicting patients during their reproductive life. One of a many consecuenses is the vertical transmission of the HIV virus. The object of this research is to determine the prevalence of HIV positive patients attending the prenatal clinics at the Universidade Federal do Paraná, during the period of June 1997 through March 1998. We tested 436 patients, 9 patients tested positive for a 2% total. But of those, 7 patients were originally referred to the clinics due to a positive HIV status. Excluding those, the incidence dropped to 0,4%. A questionary was submitted that included number of sexual partners, historical STD, historical of blood transfusions or of drug abuse by either her or her sexual partner, also history of homosexual activity by her sexual partner. The data was tabulated base on serologic status as well as sociodemographic information obtained from the questionaire. We analized the data using the Qui- square test, with a level of significance of p< or = 0,05. Significant correlation was found between a positive HIV status and a history of drug addiction by either partner, history of STD and homosexual activity by patient's sexual partners and those HIV positive.pt_BR
dc.format.extent96 f. : grafs., tabs. ; 30cm.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectHIV (Vírus) - Gravidezpt_BR
dc.subjectMulheres grávidaspt_BR
dc.subjectGravidezpt_BR
dc.titleHIV e gestação : estudo da prevalência e aspectos epidemiológicos entre 436 gestantes atendidas no pré-natal do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná no período de junho de 1997 a março de 1998pt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record