Show simple item record

dc.contributor.advisorWeiss, Romildo Romualdo, 1946-pt_BR
dc.contributor.authorAmaral, Monica Correia dopt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciencias Agrárias. Programa de Pós-Graduaçao em Ciencias Veterináriaspt_BR
dc.date.accessioned2012-08-24T15:35:18Z
dc.date.available2012-08-24T15:35:18Z
dc.date.issued2012-08-24
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/27665
dc.description.abstractO objetivo do presente trabalho foi verificar se a dexametasona provoca alterações em determinadas funções sexuais de cães. Para o estudo foram escolhidos 6 cães sem raça definida, da mesma idade e aproximadamente com o mesmo peso, que foram divididos em dois grupos, controle e experimental. O experimento foi dividido em dois períodos, preliminar e experimental, sendo cada um de 63 dias, o que corresponde ao tempo de uma espermatogênese. Após padronização das características sexuais estudadas no período preliminar (n=6), os animais do grupo experimental (n=4) receberam três dosificações de dexametasona sendo doses diárias de 0,5 mg/kg, 0,25 mg/kg e 0,125 mg/kg respectivamente, sendo cada uma no decorrer de uma semana. Após o término do experimento foram analisados e comparados os dados obtidos no período preliminar e experimental, bem como as três se- manas de medicação com a dexametasona no grupo experimental. As investigações proporcionaram os seguintes resultados: 1 - No comportamento sexual e desenvolvimento morfológlco dos órgãos genitais palpáveis não houve diferenças entre os dois grupos; 2 - Não houve alteração no aspecto do sêmen e vigor dos espermatozóides durante o período experimental; 3 - O volume, a concentração espermática e consequentemente o número de espermatozóides por ejaculado diminuiu em todos os animais do grupo experimental em relação ao período preliminar. Nas três semanas de medicação com dexametasona esta diminuição foi altamente significativa; 4 - Não houve alteração no índice de patologia espermática durante o período experimental no grupo medicado com dexametasona; 5 - Houve acentuada redução no nível plasmático de testosterona no grupo experimental durante a medicação com dexametasona, quando comparado com o grupo controlept_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.subjectHormonios sexuais - Cãopt_BR
dc.subjectGlicocorticoidespt_BR
dc.subjectFecundidade - Cãopt_BR
dc.subjectVeterinariapt_BR
dc.subjectAnimais - Mutação (Biologia)pt_BR
dc.titleO efeito da dexametasona na fertilidade do cãopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record