Show simple item record

dc.contributor.authorAnjos,Raquel Predigerpt_BR
dc.contributor.otherPanhoca, Luiz, 1951-pt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Programa de Pós-Graduação em Contabilidadept_BR
dc.date.accessioned2018-06-08T19:14:46Z
dc.date.available2018-06-08T19:14:46Z
dc.date.issued2011pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1884/26927
dc.descriptionOrientador : Prof. Dr. Luiz Panhocapt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Contabilidade. Defesa: Curitiba,2011pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls.105-111pt_BR
dc.descriptionÁrea de concentração : Contabilidade e finançaspt_BR
dc.description.abstractResumo: Esta pesquisa é inspirada no artigo de Kristian D. Allee com Teri Lombardi Yohn, que estudaram características das pequenas empresas dos Estados Unidos que beneficiam maior acesso ao crédito. Na busca por formalizar os empreendimentos, o Governo brasileiro promulgou a Lei do Microempreendedor Individual (MEI), em 2008. Uma das características deste tipo de empresa é seu capital de abertura de R$ 1,00 e nenhum ativo, o que dificulta a obtenção de crédito, pois lhe faltam garantias. Edith Penrose sugere o crédito como estímulo para o crescimento das pequenas empresas e Jodyanne Kirkwood afirma que um empresário escolhe permitir o crescimento do seu negócio. Assim acredita-se que a busca por crédito seja uma decisão gerencial em função do crescimento. O objetivo deste trabalho consiste em investigar características dos fatores gerenciais que influenciem o acesso ao crédito financeiro dos Micro Empreendedores Individuais do município de Três Lagoas - MS. Para fatores gerenciais selecionou-se a pesquisa de Neil C. Churchill e Virginia L. Lewis. Estes fatores são: o foco gerencial, a estrutura funcional, as principais estratégias, a dimensão dos sistemas formais e o envolvimento do proprietário no negócio. Metodologicamente a pesquisa trata-se de um estudo exploratório, ex post facto, em condições de campo, transversal, com características de estudo causal, documental, de caso e estatístico, utilizando-se de coleta de dados por meio de entrevista, com questionário previamente formulado, aplicado aos Microempreendedores Individuais do município de Três Lagoas – MS. A mensuração dos dados da pesquisa foi realizada com o auxilio da estatística descritiva, da técnica do qui-quadrado, de Análise de Correspondência, Escalonamento Multidimensional e do Coeficente de correlação posto-ordem de Spearman. Os resultados revelam que grande maioria destes negócios compra e vende seus produtos ou serviços à vista, no entanto, destaca-se apenas a relação entre a concessão de crédito ao cliente e a tomada de crédito bancário, indicando a importância de maior capital de giro. Percebeu-se que os empreendedores entrevistados são, em sua maioria, empregadores, entretanto, possuir funcionários não foi diferencial do êxito no crédito. Boa parte dos empreendimentos tem características de empresa familiar, e esta característica pouco se mostrou relevante na obtenção de crédito. Foram encontradas como características relevantes para obtenção de crédito: o local selecionado para a atividade, os empreendedores que tomam decisões em grupo, que contam com auxilio de um contador, assim como a elaboração e utilização como ferramenta de controle o modelo apresentado pelo Governo. Nenhuma das formas de dedicação ao negócio pesquisadas puderam ser confirmadas como significantes para obtenção de crédito. Não foi encontrada relação entre o nível de crescimento esperado por eles e a busca por crédito.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: This research is inspired by the Kristian D. Allee with Teri Lombardi Yohn's article, who studied the characteristics of small U.S. companies that benefit from greater access to credit. In seeking to formalize enterprises, the Brazilian government enacted the Law of Individual Microentrepreneur (MEI) in 2008. One of the characteristics of this kind of business is its opening capital of R$ 1.00 and no assets, making it difficult to obtain credit because it lacks collateral. Edith Penrose suggests the credit as a stimulus for the growth of small businesses and Jodyanne Kirkwood states that an employer chooses to allow the growth of its business. Thus, it is believed that the search for credit is a managerial decision as a function of growth. The objective of this study is to investigate the characteristics of managerial factors that influence access to financial credit of Individual Micro Entrepreneurs in the city of Três Lagoas - MS. For managerial factors, we selected the Neil C. Churchill and Virginia L. Lewis' research. These factors are: management style, organizational structure, the main strategic objectives, extent of formal systems and involvement of the business owner. Methodologically, the research is an exploratory study, ex post facto, under field conditions, cross-sectional, with features of causal, documentary, case and statistical study, using data collection through interviews with a questionnaire previously formulated, applied to Individual Microentrepreneurs in the city of Três Lagoas - MS. The measurement of the research data was performed with the aid of descriptive statistics, the chi-square technique of Correspondence Analysis, Multidimensional Scaling and Correlation Coefficient Spearman rank-order. The results reveal that the vast majority of these businesses buy and sell their products or services in cash, however, it only highlights the relationship between the granting of credit to the customer and bank credit taking, indicating the importance of greater working capital. It was noticed that the entrepreneurs interviewed are, in their majority, employers, however, possess officials was not the differential of success in credit. Good part of the enterprises has characteristics of family business, and this feature little proved to be relevant in obtaining credit. It was identified as relevant characteristics to obtaining credit: the site selected for the activity, the entrepreneurs who make decisions in groups, who rely on help from an accountant, as well as the development and use as a tool to monitor, the model presented by the Government. Neither form of dedication to the business surveyed was confirmed as significant for credit. No relationship was found between the level of expected growth for them and their search for credit.pt_BR
dc.format.extent122f. : il., frafs., tabs.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectContabilidade gerencial - Pequenas e médias empresaspt_BR
dc.subjectPequenas e medias empresas - Finançaspt_BR
dc.subjectFinanciamento - Pequenas e médias empresaspt_BR
dc.subjectTesespt_BR
dc.subjectCiências Contábeispt_BR
dc.titleFatores gerenciais que influenciam o acesso ao crédito : um estudo à luz da lei do empreendedor individualpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record