Show simple item record

dc.contributor.authorBaida, André Carvalhopt_BR
dc.contributor.otherVeiga, Luciana Fernandespt_BR
dc.contributor.otherUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Sociologiapt_BR
dc.date.accessioned2020-02-13T14:25:45Z
dc.date.available2020-02-13T14:25:45Z
dc.date.issued2010pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/1884/26347
dc.descriptionOrientadora: Profa. Dra. Luciana Fernandes Veigapt_BR
dc.descriptionDissertaçao (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciencias Humanas, Letras e Artes, Programa de Pós-Graduaçao em Sociologia. Defesa: Curitiba, 04/11/2011pt_BR
dc.descriptionBibliografia: fls. 104-106pt_BR
dc.description.abstractResumo: No Brasil a televisão é a principal via de acesso do eleitor comum à informação, tanto quanto o principal veículo dos partidos e candidatos para a transmissão de suas mensagens, projetos e temas para a agenda de campanha. Essa interação mediada pela TV deve ser levada em consideração nos estudos políticos. Acerca do discurso político é importante ainda examiná-lo tendo em vista sua adaptação ao estilo midiático, ou seja, é relevante a constatação de que há influências da estrutura comunicativa dos meios de comunicação de massa na prática política, em específico nos momentos eleitorais. Três fatores se colocam em evidência quando se volta a atenção aos cenários estaduais para a campanha de 2006 no Paraná e no Rio Grande do Sul. Primeiro, as duas eleições majoritárias eram protagonizadas pelo mesmo partido em situação de reeleição. Em segundo, porém não menos importante; os dois pleitos foram acentuadamente concorridos, o que levou o PMDB à vitória no Paraná em segundo turno e à derrota no primeiro turno no Rio Grande do Sul. Destaca-se ainda o fato de que o referido partido estruturou uma retórica tipicamente de esquerda no Paraná. Tais observações nos remeteram a dúvida de como se configuraram as estratégias de comunicação nessas duas eleições – do PMDB e seus adversários. A destacar; a conjuntura de reeleição que colocava em evidência o jogo entre situação e oposição e a natureza do meio de comunicação que impõe uma estrutura de argumentação e retórica própria. O trabalho tem por objeto de estudo o desenvolvimento das estratégias de comunicação das candidaturas nas campanhas eleitorais para os governos do Paraná e Rio Grande do Sul em 2006. Analisamos comparativamente as estratégias discursivas de campanha - veiculadas pela televisão no Horário Gratuito de Propaganda Eleitoral (HGPE) - em dois estados onde o PMDB protagonizou eleições para os cargos majoritários: Paraná e Rio Grande do Sul.pt_BR
dc.description.abstractAbstract: In Brazil, the television is the main pathway for the common voter information, as well as the main vehicle of parties and candidates for the transmission of your messages, designs and themes for the campaign agenda. This interaction mediated by the TV should be taken into account in political studies. About the political discourse is still important to examine it in order to adapt to the style media, or is relevant to finding that there are structural influences communicative media of mass communication in political practice, in particular during election periods. Three factors stand in evidence when he turns attention to state scenarios for the 2006 campaign in Parana and Rio Grande do Sul First, the two statewide elections were the main characters by the same party in a position to re-election. Second, but not least, the two lawsuits were markedly crowded, which led to the PMDB in Parana victory and defeat in the first round in Rio Grande do Sul Note also the fact that this party has structured a rhetoric typically left in Parana. Such observations remind us of doubt as if shaped communications strategies in these two elections - the PMDB and their opponents. The highlight: the context of re-election that put in evidence the game between government and opposition and the nature of the communication medium that imposes a structure of argument and rhetoric itself. The work's purpose is to study the development of communication strategies in the electoral campaigns of candidates for the governments of Parana and Rio Grande do Sul in 2006. We analyze the discursive strategies of the campaign - broadcast on television in the free television time for Election (HGPE) - in the states where the PMDB starred majoritarian elections for the positions: Parana and Rio Grande do Sul.pt_BR
dc.format.extent106f.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.relationDisponível em formato digitalpt_BR
dc.subjectDissertações - Sociologiapt_BR
dc.subjectSociologia politicapt_BR
dc.subjectEleições - Brasilpt_BR
dc.subjectPropaganda politicapt_BR
dc.subjectCampanha eleitoralpt_BR
dc.subjectRetóricapt_BR
dc.subjectOposição (Ciencia politica)pt_BR
dc.subjectSociologiapt_BR
dc.titleAs estratégias de retórica nas eleições para governador do Paraná e Rio Grande do Sul em 2006 : uma análise comparativa das campanhas do mesmo partido em diferentes panoramas eleitoraispt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record